O Que Significa “Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida”?

Jesus disse “eu sou o caminho, a verdade e a vida” ao responder uma pergunta de seus discípulos na noite em foi traído. Essa frase faz parte do último discurso de Jesus com instruções aos seus discípulos antes de ser crucificado (João 14).

A frase “eu sou o caminho, a verdade e a vida” também é um dos chamados “sete grandes Eu sou” do Evangelho de João, ou seja, uma das sete expressões em que Jesus diz “Eu sou…” (João 6:48; 8:12; 10:9; 10:11; 11:25; 14:6; 15:1).

Por que Jesus disse “eu sou o caminho, a verdade e a vida”?

Jesus disse “eu sou o caminho a verdade e a vida” enquanto estava confortando seus discípulos acerca de sua partida iminente. Os discípulos estavam tristes, preocupados e perplexos com a informação de que Jesus estava de partida para um lugar que naquele momento eles não poderiam acompanhá-lo.

Jesus então lhes disse que deixassem de estar preocupados e turbados de coração, pois Ele estava indo para a casa do Pai, e aquela separação não seria definitiva, ao contrário, seria necessária para que em breve eles também pudessem estar na casa do Pai juntamente com Ele. Saiba mais sobre o significado de “na casa de meu Pai há muitas moradas”.

Após dizer que haveria lugar na casa do Pai para eles também, Jesus disse: “E vocês conhecem o caminho para onde eu estou indo” (João 14:4). Jesus disse isto pois anteriormente, durante três anos, Ele já havia se revelado como sendo o caminho para o Pai (João 8:19; 10:1-38; 12:26-50).

Receber Estudos da Bíblia

No entanto, o apóstolo Tomé, talvez representando também os demais discípulos, diz a Jesus que eles não sabiam nem para onde Ele estava indo e, muito menos, qual era o caminho para lá (João 14:5).

Essa pergunta de Tomé se harmoniza com o fato de que frequentemente os discípulos demoravam a entender o ensino de Jesus, ou mesmo interpretavam mal suas palavras. Todavia, Jesus responde a pergunta de Tomé de forma bastante clara e direta: “Eu sou o caminho, a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14:6).

Eu sou o caminho

Ao dizer “eu sou o caminho, a verdade, e a vida”, Jesus não apenas indica qual é o caminho para a casa do Pai, mas se revela explicitamente como sendo Ele próprio esse caminho. A expressão “eu sou o caminho” significa que Ele, Cristo, é o único Mediador entre Deus e o seu povo.

Jesus tanto é o caminho do homem para Deus, como fica claro nesse próprio texto de João 14, como também é o caminho de Deus para o homem, no sentido de que as bênçãos que procedem do Pai alcançam os redimidos por meio do Filho (cf. Mateus 11:27,28).

Eu sou a verdade

Jesus não é apenas o caminho, mas é também a verdade, ou seja, Ele é a verdade em pessoa no sentido de que Ele é o único que revela o Pai, Ele é a perfeita revelação da obra redentora de Deus para o homem caído em seus pecados (Mateus 11:27). Jesus é a verdade que liberta, santifica e conduz os santos a casa do Pai (João 8:32; 17:17).

Eu sou a vida

Ao dizer “eu sou a vida”, Jesus se coloca como sendo a fonte da vida que se opõe a morte. Ele tem a vida em si mesmo, e assim somente Ele pode ser o doador da vida para os que são seus (cf. João 3:16; 5:26; 6:33; 10:28; 11:25).

Quando Jesus diz ser a vida, Ele indica que somente nele o homem, morto em delitos e pecados, poderá encontrar verdadeira vida. Nesse contexto, em quanto a morte significa a separação de Deus, a vida significa comunhão com Ele, ou seja, somente em Jesus o homem pode ser reconciliado com Deus e desfrutar da bem-aventurança da vida eterna ao seu lado.

Ninguém vem ao Pai senão por mim

Após dizer “eu sou o caminho a verdade e a vida”, Jesus conclui dizendo: “Ninguém vem ao Pai senão por mim”. Essa declaração é o resultado natural da frase anterior, e indica o quão os homens são absolutamente dependentes de Cristo com relação à comunhão com Deus.

Em outras palavras, não existe nenhuma verdade redentora a parte de Cristo, nenhuma esperança de vida eterna longe dele, e nenhum caminho capaz de levar o homem a casa do Pai. Não há outro Cordeiro de Deus que tira o pecado, não há outro sacrifício que apazígua a santa ira de Deus, e também não há outro nome pelo qual importa que sejamos salvos. Jesus é, absolutamente, o caminho, e a verdade, e a vida, e definitivamente ninguém chegará ao Pai senão através dele.

Explicando o significado da frase “eu sou o caminho, a verdade, e a vida”, W. Hendriksen diz que o caminho leva a Deus; a verdade torna o homem livre; e a vida produz comunhão. Assim, quando Jesus revela a verdade redentora de Deus que liberta os homens da escravidão do pecado, e quando concede a vida que produz comunhão com o Pai, então, como sendo o caminho, Ele próprio é quem leva os redimidos para junto do Pai.

Tag
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close