Quem foi Caim? Conheça a História e Biografia de Caim

Caim foi a primeira pessoa a nascer na história da humanidade. Seus pais, Adão e Eva, foram criados pessoalmente pelo próprio Deus. Pouco se sabe sobre quem foi Caim além do que é revelado nos relatos bíblicos dos primeiros capítulos do livro de Gênesis.

Caim foi o filho mais velho do casal Adão e Eva. Ele era irmão de Abel, Sete e de mais outros irmãos que a Bíblia não menciona seus nomes e nem mesmo diz quantos eram. A história de Caim reflete muito bem os terríveis efeitos da Queda do Homem.

Geralmente é aceito que o nome Caim significa “adquirir”, “obter” ou “possuir”, do hebraico gana. Porém ,no original a sua forma exata é qayin, que também pode significar “lança” ou “ferreiro”. A profissão de Caim era lavrador da terra.

A história de Caim e Abel e a oferta recusada

Caim foi a primeira pessoal que mostrou o quão perverso o homem poderia ser após a entrada do pecado no mundo. A Bíblia diz que Caim trouxe uma oferta ao Senhor, oferta esta que era do “fruto da terra”. Seu irmão Abel, que era pastor de ovelhas, ofereceu uma oferta “dos primogênitos das suas ovelhas” (Gênesis 4:3,4).

Deus atentou para a oferta de Abel, porém para Caim e sua oferta, o Senhor não atentou. Então ele ficou fortemente irado, e foi alertado por Deus de que se fizesse o bem ele seria aceito, mas se não fizesse, o pecado já o ameaçava à porta (Gênesis 4:5,7). Caim não conseguiu dominar sua natureza caída. Ele convidou seu irmão Abel para ir ao campo, e lá o atacou e o matou.

Porque a oferta de Caim foi recusada?

A Bíblia não esclarece de forma explicita o motivo exato pelo qual a oferta de Caim foi recusada. Todavia, alguns textos bíblicos nos fornecem alguns detalhes importantes sobre esta questão. Os intérpretes tentam explicar essa recusa divina com pelo menos três possibilidades de interpretação.

  1. A primeira sugestão defende que Abel ofereceu o melhor que possuía, ao contrário de Caim. O texto bíblico diz que ele trouxe uma oferta ao Senhor “do fruto da terra”; enquanto Abel, por sua vez, “trouxe das primícias do seu rebanho e da gordura deste” (Gênesis 4:3,4).
  2. A segunda sugestão é a de que Caim trouxe uma oferta onde não houve um derramamento de sangue. Por causa disso, supostamente ele teria se passado como um homem justo que não necessitava de qualquer sacrifício pelos seus pecados. Esta hipótese assume a condição de que Deus previamente havia instruído o homem sobre o tipo de oferta que deveria ser apresentada para fazer a expiação pelos pecados. Logo, Caim então teria desobedecido essa instrução divina. Gênesis 4:3 parece indicar que a prática de ofertar sacrifícios a Deus já era habitual para eles.
  3. A terceira possibilidade defende que a atitude de Caim estava errada em seu interior, em relação a sua comunhão com Deus. O escritor de Hebreus diz que “foi pela fé” que Abel ofereceu um sacrifício maior que o de Caim, e por sua ira invejosa, Deus o censurou (Hebreus 11:4).

Das três sugestões acima, a segunda é a menos provável. A questão é que a palavra “oferta” em Gênesis 4, traduz o hebraico minhâ, que significa “tributo”. Esse termo é utilizado em todo o Pentateuco (cinco livros escritos por Moisés) para se referir ao sacrifício sem derramamento de sangue, como por exemplo, na oferenda de cereal. Assim, o termo hebraico parece sugerir que o derramamento de sangue não era o foco naquele momento.

Caim era ímpio

Sem dúvida a oferta de Caim foi rejeitada por Deus porque ele era ímpio. Em Gênesis 4:7, lemos sobre como Deus o exortou:

Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo”.
(Gênesis 4:7)

Este versículo revela claramente a inclinação humana de Caim para o pecado. Combinado a isto, está o que é dito pelo escritor do livro de Hebreus, de que a oferta de Abel foi apresentada pela fé, ao contrário da oferta de Caim (Hebreus 11:4).

Além do mais, Gênesis 4:3 realmente parece estabelecer um contraste entre o fato de Abel ter oferecido o melhor que tinha, enquanto Caim ofereceu simplesmente uma oferta “dos frutos da terra”. É possível que o autor de Gênesis tenha procurado revelar com essa expressão que a oferenda o irmão de Abel não partia de suas primícias.

Portanto, considerando todas essas informações, podemos concluir que a oferta de Caim foi rejeitada por causa de sua intensão pecaminosa, ou seja, sua atitude errada. O problema de Caim era a superficialidade com as coisas de Deus.

Em outras palavras, Caim tinha aparência de religioso, mas sua adoração era apenas uma formalidade. Seu coração não era totalmente devotado a Deus, e não havia sinceridade nele. Ao invés de gratidão, ele encarava o culto a Deus como obrigação.

A vida de Caim após o assassinato

Após Caim matar Abel, ele fugiu como um homem amaldiçoado e se mudou para a terra de Node. Ali ele teve filhos com sua esposa e edificou uma cidade. Sugestivamente, Node significa “errante”. Entre os descendentes de Caim estavam pessoas que desenvolveram a pecuária, a construção de habitações em tendas e pavilhões, inventores de instrumentos musicais e da arte de forjar metais. A Bíblia também destaca a história de um de seus descendentes, o tirano Lameque (Gênesis 4:19-24).

O escritor e historiador Flávio Josefo em sua obra Antiguidades Judaicas, afirma que após Caim ter fugido, ele teria ficado ainda mais perverso. Ele teria usado de violência para se apoderar de bens alheios com o objetivo de enriquecer-se. Ele também reuniu um grupo de homens maus do qual foi o líder. Juntamente com esses homens, Caim teria cometido toda espécie de crimes. Josefo atribui ao próprio Caim a condição de ser o primeiro homem a estabelecer limites para a divisão de propriedades e a inventar os pesos e medidas.

Receber Estudos da Bíblia

Qual o sinal que Deus colocou em Caim?

Existe muita especulação sobre este tema. Talvez a posição mais conhecida, inclusive seguida por algumas seitas e muito defendida na idade média, é aquela que supõe que o sinal que Deus colocou em Caim seria a mudança na cor de sua pele, dando-lhe pele escura.

Infelizmente este tipo de interpretação foi defendida por muitas pessoas no passado. Inclusive, essa ideia foi utilizada na tentativa de justificar o racismo e o tráfico de escravos. Sem piedade, muitos afirmaram que as pessoas de pele escura eram amaldiçoadas por serem descendentes de Caim.

Essa interpretação é absurda e antibíblica. A Bíblia não fala nada sobre o tipo de sinal colocado em Caim para identifica-lo. A palavra utilizada no texto em Gênesis é o hebraico owth, e significa “sinal”, “símbolo” ou “marca”. Em nenhum texto bíblico onde essa palavra aparece ela é utilizada para se referir à cor da pele.

O que a Bíblia diz é que simplesmente o sinal foi colocado em Caim. Porém, não há qualquer menção sobre a possibilidade de esse sinal ter passado para sua geração. Isso significa que aquele foi um sinal colocando especificamente sobre ele. Além do mais, o texto bíblico do livro de Gênesis deixa bem claro que a marca que Caim recebeu serviu como um sinal de proteção, para lhe permitir que vivesse o restante de seus dias.

De qualquer forma há um fato que encerra esse debate e acaba com qualquer tipo de especulação sobre uma possível perpetuação da marca de Caim. A descendência de Caim foi extinta no Dilúvio, então afirmações de que os africanos seriam descendentes de Caim é no mínimo antibíblica e preconceituosa. Algumas pessoas já tentaram relacionar uma das esposas dos filhos de Noé com a linhagem de Caim. No entanto, essa suposição é mais uma sem fundamento bíblico algum.

Concluindo, o que pode-se dizer é que Deus colocou em Caim um sinal que o identificasse, apenas isto. Nada mais se sabe sobre que tipo de sinal teria sido esse.

Quem foi a mulher de Caim?

Essa é outra pergunta inevitável quando estudamos sobre quem foi Caim. A Bíblia não esclarece este assunto, simplesmente por não ter qualquer importância para a história bíblica. Certamente a esposa de Caim foi uma de suas irmãs ou sobrinhas. Vale lembrar que naquela época ainda não havia nenhuma proibição sobre casamentos desse tipo. Saiba mais sobre com quem Caim se casou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close