Por Que “O Espírito Está Pronto Mas a Carne é Fraca”?

A declaração “o espírito está pronto, mas a carne é fraca” significa que a natureza humana é frágil e possui suas debilidades, enquanto o espírito deseja fazer o que é bom. Foi Jesus quem disse essas palavras enquanto estava no Jardim do Getsêmani (Mateus 26:41; Marcos 14:38).

Mas muita gente interpreta essa declaração de Jesus de forma errada. Muitas pessoas até utilizam a expressão “a carne é fraca” como um tipo de justificativa para uma vida de pecados recorrentes. Porém, a declaração de Jesus nada tem a ver com esse tipo de entendimento.

Quando Jesus disse que a carne é fraca?

Jesus disse que a carne é fraca na noite em que Ele foi traído e preso. É importante saber disso porque a declaração “o espírito está pronto, mas a carne é fraca” deve ser considerada à luz de seu contexto.

Naquela noite Jesus estava passando por um momento muito difícil. Ele mesmo declarou que estava enfrentando uma angústia enorme (Mateus 26:38). Tudo isso porque Jesus estava prestes a tomar o cálice amargo que lhe foi proposto. Por esse motivo em sua oração Ele dizia: Pai, se possível, afasta de mim este cálice (Mateus 26:39). Esse cálice era o furor da ira divina que seria derramado sobre Ele por causa do pecado que Ele tomou sobre si.

Então naquele momento decisivo da história da redenção, Jesus foi até o Jardim do Getsêmani orar. Ali Ele convidou seus três discípulos mais próximos para ir a um lugar mais reservado. Então Ele pediu que Pedro, Tiago e João ficassem vigiando e orando com Ele. Em seguida, Jesus se afastou ainda mais um pouco no jardim.

Os três discípulos, porém, não foram capazes de atender ao pedido de Jesus. Tão logo eles pegaram no sono. Quando Jesus voltou, encontrou os três dormindo. Foi então que Ele disse ao apóstolo Pedro: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Marcos 14:38).

O espírito está pronto

Antes de dizer que a carne é fraca, Jesus diz que o espírito está pronto. Evidentemente esse espírito da qual Jesus fala não deve ser confundido com o Espírito Santo. Na verdade Jesus fala do espírito do ser humano em sua relação para com Deus. As traduções bíblicas contribuem com esse entendimento ao registrar a palavra espírito com sua letra inicial minúscula.

Portanto, o espírito que Jesus diz estar pronto deve ser entendido como uma referência ao ser invisível do homem, visto em seu relacionamento com Deus. É através de seu espírito que o homem presta culto a Deus e recebe o favor divino. Certa vez Jesus disse que os verdadeiros adoradores adoram o Pai em espírito e em verdade (João 4:23).

Receber Estudos da Bíblia

A carne é fraca

Jesus diz que a carne é fraca justamente para fazer uma contraposição ao espírito que está pronto. Então nesse contexto em que Jesus declara que a carne é fraca, o significado da palavra “carne” não deve ser confundido com aquele significado tão comum em outras partes do Novo Testamento que denota a natureza humana corrompida e caída, e que é a fonte do desejo pecaminoso (cf. Romanos 7:25; 8:4-9).

W. Hendriksen diz que a palavra “carne”, no sentido que lhe é atribuído na expressão “a carne é fraca”, indica a natureza humana considerada do prisma de sua fragilidade e necessidades, tanto físicas quanto psíquicas (cf. Isaías 40:6-8). J. MacArthur diz que o próprio Cristo também estava familiarizado com o sentimento das fraquezas humanas (Hebreus 4:15). Essas fraquezas, no entanto, devem ser subjugadas à vontade divina.

Então ao dizer que “o espírito está pronto, mas a carne é fraca”, basicamente Jesus estava dizendo que o espírito está sempre disposto, mas a carne, com suas debilidades naturais, não acompanha essa disposição. Isso ficou muito claro no comportamento dos discípulos.

Naquela noite no Getsêmani, os discípulos de Jesus estavam numa verdadeira batalha entre seu espírito pronto e sua carne fraca. O espírito de cada um deles estava disposto a atender ao pedido de Jesus e permanecer alerta em oração; mas a fraca carne estava conduzindo-os ao sono, e assim, de certa forma, tornando-os vulneráveis aos desejos de Satanás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close