O Que Significa “Aquietai-vos e Sabei Que Eu Sou Deus”?

O versículo que diz: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”, significa que o povo de Deus não deve ficar aterrorizado, mas deve reconhecer a soberania do Senhor sobre todas as coisas. Conhecer a Deus e admirar Sua providência é motivo de paz para os crentes.

Se por um lado essa declaração serve de consolo e conforto para o povo de Deus, por outro ela também serve de alerta para as nações incrédulas. Por isso o salmista escreve: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra” (Salmo 46:10).

Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus

Perceba que na frase: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”, há duas ordens. A primeira ordem é: “Aquietai-vos”. Essa palavra traduz um termo hebraico que transmite a ideia de “relaxar”, “sossegar”, “se retirar”, “parar de lutar”. A segunda ordem é: “Sabei que eu sou Deus”.

Os comentaristas interpretam essa declaração de duas formas diferentes. Alguns entendem que o salmista direciona essa declaração aos inimigos do povo de Deus. Então nesse caso, a declaração: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus” seria uma advertência aos ímpios para que eles sosseguem e percebam que ao se levantarem contra os santos estão lutando contra o próprio Deus soberano sobre toda terra.

Outros interpretam essa declaração como uma exortação de conforto aos crentes; uma declaração que aponta para o cuidado do Senhor para com seu povo. Deus preserva seus filhos de sucumbir diante dos ataques dos inimigos e revela que a garantia da vitória final não está na força humana, mas na ação divina.

As duas interpretações fazem sentido dentro do contexto do Salmo 46 – embora essa última interpretação seja a mais amplamente utilizada. Contudo, talvez uma não anule a outra. Para o crente, a declaração: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus” é um lembrete de que o sucesso da batalha não depende de suas próprias habilidades; que não faz sentido se desesperar quando ele tem a seu favor o Deus Todo-Poderoso. Cabe a ele apenas não mexer em nada, aquietar e descansar na presença protetora do Senhor.

Já para os ímpios, a mesma declaração pode ser uma advertência sobre quão inútil é atacar o povo que pertence ao Senhor. É melhor parar de lutar, se retirar e reconhecer que o Deus que “quebra o arco e corta a lança; [que] queima os carros no fogo” é invencível (Salmo 46:9). Ninguém é capaz de impedir a exaltação de Deus sobre tudo e sobre todos.

Receber Estudos da Bíblia

Aquietai-vos no Senhor

Nós somos seres impacientes. Gostamos de conduzir nossas vidas a nossa maneira; gostamos da ilusão de que controlamos o tempo, as estações e as ocasiões da vida. Somos imediatistas e sempre queremos que nossos desejos sejam atendidos aqui e agora. Em nossa loucura, muitas vezes achamos que podemos até interferir na agenda de Deus.

Mas Deus é Deus, e nossa alma deve se aquietar diante dessa verdade. Ao invés de entrarmos por um caminho de medo, ansiedade e pânico, devemos abraçar a quietude que há no conforto do refúgio da providência de Deus. Como diz Warren Wiersbe, há um momento certo para agir em obediência a Deus, mas até que essa hora não chegue, devemos deixar que Deus trabalhe livremente, a seu tempo e a seu modo. Se nos dedicarmos a crer em suas promessas, estaremos ocupados demais para interferir.

Além disso, muitas vezes Deus permite que experimentemos certos apertos para que sejamos aperfeiçoados, para que nossa fé cresça e Ele seja exaltado. Não sejamos inquietos, tumultuados ou medrosos, mas sejamos resignados à vontade do Deus soberano que faz o que quer, quanto quer e a quem quer.

A Bíblia ensina que Deus é imutável em sua natureza, propósitos e promessas. Onipotente, Ele tem todo o poder necessário para cuidar e socorrer aqueles que são seus, independentemente das circunstâncias. Concordo com John Gill quando diz que o Deus onisciente conhece seus filhos, bem como os casos e problemas de cada um deles. Ele sabe como e onde escondê-los até que a tempestade acabe. Ele é totalmente sábio, e faz todas as coisas segundo o conselho de sua própria vontade.

Portanto, que ecoe em nosso ser esse maravilhoso conselho: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”. Que encontremos prazer e consolo nesta verdade, porque, afinal, Ele faz com que todas as coisas cooperem para o bem daqueles que O amam e são chamados segundo o seu propósito (Romanos 8:28).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar