Quem Eram os Bereanos? O Significado dos Bereanos na Bíblia

Os bereanos eram os habitantes da antiga cidade de Bereia, na Macedônia. Mas popularmente o significado dos bereanos entre os cristãos passou a indicar aquelas pessoas que têm zelo pelo ensino correto da Palavra de Deus. Esse significado foi emprestado do comportamento dos bereanos diante da pregação do apóstolo Paulo em Bereia.

A cidade dos bereanos, Bereia, era um centro populoso do sudoeste da Macedônia nos tempos bíblicos do Novo Testamento. No entanto, a história da cidade começou muito antes, em pelo menos no quinto século antes de Cristo. Mas do ponto de vista histórico, a cidade de Bereia e seus habitantes não desempenharam qualquer papel relevante.

A cidade ficava no sopé das montanhas do Olimpo, e a cerca de 80 quilômetros de Bereia estava a importante cidade de Tessalônica. Também em aproximadamente 50 quilômetros, ficava a cidade de Pella onde Alexandre, o Grande, nasceu. Bereia ainda possuía fácil acesso, pois a principal estrada que ligava a Itália e a Ásia passava próxima a ela.

Então no tempo do Novo Testamento, os bereanos viviam numa cidade próspera e com boa estrutura. Entre os habitantes de Bereia havia também uma comunidade judaica, assim como em muitas outras cidades do Império Romano. Mais tarde, durante o governo de Diocleciano, Bereia foi uma das capitais da Macedônia. Bereia ficava onde atualmente está a moderna cidade grega de Véria.

Paulo e os bereanos

O encontro do apóstolo Paulo com os bereanos ocorreu após a sua passagem por Tessalônica. O texto bíblico registra que certos judeus, movidos por inveja, incitaram um motim contra Paulo e Silas. Então os cristãos tessalonicenses enviaram Paulo e Silas para fora da cidade. E foi assim que depois de uma jornada noturna, os missionários foram parar em Bereia.

Aparentemente, a estadia de Paulo e Silas em Bereia foi curta — embora seja impossível determinar um período exato. Alguns comentaristas até sugerem que essa visita pode ter durado semanas ou até mesmo meses.

O que realmente se sabe é que em Bereia, Paulo e Silas rapidamente foram à sinagoga dos judeus na cidade. Essa, inclusive, era uma estratégia de evangelização que o apóstolo Paulo utilizava.

Mas os bereanos foram muito mais receptivos que os tessalonicenses. O escritor do livro de Atos relata que enquanto o apóstolo Paulo pregava, os bereanos ouviam atentamente a mensagem e conferiam à luz da Escritura se o que ele estava anunciando era mesmo verdadeiro (Atos 17:11).

Isso significa que diferentemente da comunidade judaica de Tessalônica, a comunidade judaica bereana estava mais disposta a ouvir, a estudar e a aprender. Assim, o Evangelho foi proclamado entre os bereanos com grande progresso, alcançando muitas pessoas, não apenas entre a comunidade judaica, mas também mulheres gregas de alta classe social.

Mas quando os judeus de Tessalônica souberam que o apóstolo Paulo estava pregando aos bereanos, eles foram até Bereia para agitar as multidões contra Paulo. Por causa disso, os cristãos enviaram Paulo para o litoral, e em seguida o levaram para Atenas, enquanto Silas e Timóteo permaneceram em Bereia até que também pudessem se encontrar com Paulo em Atenas.

Depois, numa breve passagem, o texto bíblico informa que Sópatro, um dos companheiros de viagem de Paulo, era um bereano (Atos 20:4). Mas além dessa referência, a Bíblia não faz mais menção ao povo de Bereia.

Receber Estudos da Bíblia

O exemplo dos bereanos

Sem dúvida os bereanos citados no livro de Atos dos Apóstolos servem de um bom exemplo para a Igreja. Eles mostraram ter ouvidos abertos para o ensino. No entanto, eles não eram apenas ouvintes dispostos a receber qualquer coisa. Eles compararam a mensagem anunciada com a Palavra de Deus escrita.

Além disso, ao demonstrar tanto zelo pela Escritura e, mesmo assim receber a mensagem anunciada por Paulo, os bereanos foram mais uma prova de que o Evangelho não consistia numa nova doutrina inventada pelos apóstolos, mas, sim, num cumprimento real e genuíno da Palavra de Deus.

Infelizmente na atualidade falta a muitos cristãos a integridade de discernimento demonstrada pelos bereanos. Falta a muitos crentes o compromisso com a pureza da Palavra de Deus e a consciência de que apenas o Evangelho verdadeiro pode conduzir as pessoas à fé em Jesus Cristo.

Assim como os bereanos que não estavam dispostos a abrir mão da fidelidade à Palavra de Deus nos tempos de Paulo, os cristãos precisam manter em mente que qualquer falso ensino, por mais inofensivo que pareça ser, já é suficiente para adulterar o verdadeiro Evangelho.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar