O Que Significa o Cavaleiro do Cavalo Amarelo do Apocalipse?

O cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse é o último dos quatro cavaleiros citados no livro do Apocalipse por ocasião da abertura do livro selado com sete selos. Inclusive, o cavaleiro do cavalo amarelo é o juízo enviado sobre a terra na abertura do quarto selo. Esse cavalo representa a morte.

O texto bíblico diz que quando o Cordeiro abriu o quarto selo, João — o escritor do livro do Apocalipse — ouviu a voz de um ser vivente dizendo: “Vem!” (Apocalipse 6:7). Em seguida, imediatamente João viu um cavalo amarelo, e o cavaleiro que montava esse cavalo se chamava Morte. Além disso, João ainda acrescentou que o Inferno estava seguindo esse cavaleiro e seu cavalo, e eles receberam autoridade para matar a quarta parte dos homens através da espada, da fome, das pestes e das feras selvagens (Apocalipse 6:8).

Os estudiosos observam que o quadro apresentado no aparecimento do cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse, foi baseado numa profecia veterotestamentária presente no livro de Ezequiel. Através do profeta Ezequiel, o Senhor falou: “Quanto pior será quando eu enviar contra Jerusalém meus quatro terríveis juízos, a espada, a fome, as feras selvagens e a peste, para com eles exterminar seus homens e seus animais” (Ezequiel 14:21).

É interessante notar que as mesmas quatro desgraças são mencionadas em associação ao cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse. Nesse sentido, há alguns pontos interessantes na descrição bíblica desse cavalo e seu cavaleiro.

As características do cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse

Primeiro, a cor desse cavalo é auto identificadora. Nossas traduções da Bíblia em português geralmente traduzem a cor desse cavalo simplesmente pela cor “amarela”. No entanto, no texto grego a cor indicada é uma cor doentia, uma cor amarela verde-acinzentada, ou seja, uma cor pálida característica de um cadáver.

Segundo, dentre todos os cavaleiros, o cavaleiro do cavalo amarelo é o único que recebe um nome. Atendendo pelo nome de Morte, o propósito desse cavaleiro fica mais do que claro: o cavaleiro do cavalo amarelo saiu para matar.

Terceiro, o cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse é seguido de perto pelo Inferno. A palavra “inferno” traduz o termo grego hades. Apesar do grego hades possuir um significado um tanto quanto amplo na Bíblia, o seu significado no livro do Apocalipse geralmente indica o estado de morte, isto é, o estado intermediário de existência desencarnada no qual os santos experimentam o consolo celestial, enquanto que os ímpios experimentam o terror de um lugar de tormento. Então ao dizer que a Morte é acompanhada pelo Hades, a ideia é que enquanto a Morte golpeia, o Hades ajunta os mortos.

Quarto, o cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse e seu acompanhante agem sob limites previamente determinados. Aqui a Morte e o Hades são apresentados de forma personificada, e isso enfatiza a verdade de que eles não são forças incontroláveis que possuem autoridade para fazerem o que querem. Ao contrário disso, eles só podem fazer aquilo que é permitido pela vontade de Deus.

O texto bíblico enfatiza que “foi-lhes dada autoridade” para agirem; para matarem a quarta parte da terra — uma expressão figurada que descreve a extensão do poder destruidor que eles receberam. Portanto, as desgraças que atingem este mundo não estão além do controle divino; as catástrofes que assombram a humanidade não estão à parte do decreto de Deus.

Quinto, o cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse e seu acompanhante cumprem o seu propósito através das mais variadas desgraças. Eles matam por meio da espada, da fome, da peste e das feras da terra.

Receber Estudos da Bíblia

O significado do cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse

Por conta das discussões interpretativas que são comuns na matéria de escatologia bíblica, há diferentes opiniões sobre o significado do cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse.

Algumas pessoas, por exemplo, fazem uma leitura futurista dessa passagem, e entendem que o cavaleiro do cavalo amarelo representa especificamente as desgraças que ocorrerão no período da grande tribulação.

Já outras pessoas não limitam a atuação do cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse apenas a eventos catastróficos futuros. Essas pessoas entendem que o aparecimento desse cavaleiro é uma figura da morte em seu aspecto mais geral e universal que, através de diferentes instrumentos, afetam os homens de todas as épocas e lugares. Em outras palavras, as desgraças que têm assolado a humanidade ao longo dos anos estão ligadas ao cavaleiro do cavalo amarelo e seu acompanhante.

Nesse sentido, as calamidades associadas a esse cavaleiro atingem tanto os incrédulos quanto os crentes. Há certos tipos de tribulações que a Igreja é submetida simplesmente porque está no mundo que é afligido pelo juízo de Deus. Isso faz sentido à luz da descrição dos instrumentos usados pelo cavaleiro do cavalo amarelo.

O texto bíblico diz que esse cavaleiro mata através da espada. Essa é uma referência à violência em geral, incluindo conflitos armados, guerras civis, guerras entre nações, etc. Ele também mata as pessoas através da fome. Inclusive, frequentemente a violência e a escassez de alimentos estão diretamente associadas.

O cavaleiro do cavalo amarelo ainda traz morte através de pestilências. Ao longo dos tempos a humanidade tem sido castigada com grandes epidemias e mortandades, que em algumas ocasiões chegaram a dizimar uma parcela grande da população mundial. Por último, esse cavaleiro também ceifa vidas por meio de ataques de animais.

Então em geral, é amplamente aceito pelos estudiosos que os quatro instrumentos do cavaleiro do cavalo amarelo do Apocalipse são símbolos de todas as desgraças que atingem a humanidade. Portanto, essa descrição foi atual para os primeiros leitores do Apocalipse, e continua atual ainda hoje.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar