Como Era a Cidade de Antioquia na Bíblia?

Antioquia era o nome de duas cidades mencionadas na Bíblia: Antioquia da Síria e Antioquia da Pisídia. Mas havia outras Antioquias no território greco-romano. Essas cidades foram estabelecidas no tempo do Império Selêucida.

Seleuco Nicátor, filho de Antíoco, constituiu pelo menos dezesseis cidades com esse mesmo nome em homenagem a seu pai. Somente na Síria, por exemplo, havia cinco cidades denominadas como Antioquia. Dentre todas essas cidades, o Novo Testamento fala de duas delas em conexão com a expansão do Evangelho no mundo gentílico.

Antioquia da Síria

Antioquia da Síria, a capital, era a maior e mais importante cidade que levava esse nome. Ela foi fundada em 301 a.C. Já no período do Novo Testamento, no século 1 d.C., Antioquia da Síria era uma das maiores cidades do Império Romano. Sua população cosmopolita estimada em aproximadamente quinhentos mil habitante, fazia dessa cidade uma verdadeira metrópole da época.

A cidade de Antioquia da Síria era muito bem estruturada e tinha uma localização privilegiada. Por conta de suas construções imponentes, Antioquia da Síria era chamada de “a bela e a dourada”; e por conta de sua localização, era conhecida como a “rainha do Oriente”.

Antioquia da Síria ficava aproximadamente vinte e cinco quilômetros do importante porto mediterrâneo de Selêucida. A cidade estava às margens do Rio Orontes, no lado norte. Suas terras bem irrigadas eram muito férteis.

Continuamente Antioquia da Síria recebia caravanas de comerciantes que movimentava sua economia. Era também um dos destinos preferidos dos oficiais aposentados do Império. Ela atraía as pessoas com sua culinária exótica, com atividades esportivas – especialmente as corridas de carruagens que chamava a atenção dos apostadores, e conhecidos banhos públicos. A cidade também tinha vários templos, teatros e importantes avenidas no melhor estilo greco-romano.

Com o crescimento da cidade, a partir de 175 a.C. Antioquia da Síria foi organizada em quatro grandes partes que eram divididas por uma longa sequência de colunas (colunata) que era um símbolo da arquitetura clássica.

A cidade enfrentou muitos terremotos e várias revoltas que com o tempo acabaram deteriorando sua infra-estrutura – apesar dos esforços freqüentes de reconstrução por parte de seus cidadãos. A cidade ficava no atual território da Turquia, na região sudeste. A cidade moderna de Antáquia está estabelecida onde ficava a antiga Antioquia da Síria.

A importância de Antioquia da Síria no Cristianismo

Para o Cristianismo, Antioquia da Síria também é uma cidade importante. A igreja estabelecida naquela cidade foi uma poderosa base missionária que impulsionou a propagação do Evangelho nos lugares mais longínquos do Império. Ali os seguidores de Cristo foram chamados pela primeira vez de “cristãos” (Atos 11:26). Foi também através da igreja de Antioquia que Paulo de Tarso e Barnabé foram enviados em suas viagens missionárias.

Na teologia antiga, Antioquia da Síria é conhecida por seus grandes ensinadores, entre eles: Inácio de Antioquia, discípulo dos apóstolos e bispo da igreja edificada ali; Crisóstomo, Teodoro de Mopsuestia etc.

Curiosamente um cálice encontrado em Antioquia da Síria foi considerado durante algum tempo como sendo o “Santo Gral” usado por Jesus na primeira ceia. Mas na verdade esse cálice data do século 5 d.C.

Receber Estudos da Bíblia

Antioquia da Pisídia

Antioquia da Pisídia era uma cidade da Frígia ao sul da Ásia Menor. Durante o Império Romano, Antioquia da Pisídia foi contada como uma cidade da Galácia e desfrutava da posição de colônia no Império. Em sua região passava a grande estrada que ligava Éfeso à Cilícia. Havia também várias rotas que passavam por ali e que ligavam a cidade de Antioquia da Pisídia a outras colônias romanas.

Em sua primeira viagem missionária, o apóstolo Paulo visitou Antioquia da Pisídia. Na sinagoga da cidade ele pronunciou um grande sermão que chamou a atenção de judeus e gentios. O impacto do Evangelho foi tão grande ali que uma semana depois da pregação de Paulo quase toda a cidade se ajuntou para ouvir a Palavra de Deus (Atos 13:13-52).

A Bíblia diz que a Palavra do Senhor foi divulgada por toda aquela província, “e creram todos quantos estavam ordenados para a vida eterna” (Atos 13:48,49). Mas muitos judeus da cidade reagiram com violenta inveja ao crescimento do Evangelho entre os gentios de Antioquia da Pisídia. Então eles incitaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé e os expulsaram da cidade.

Os missionários partiram para Icônico, mas deixaram em Antioquia da Pisídia uma vigorosa igreja poderosamente usada pelo Espírito Santo. É amplamente aceito que a comunidade cristã de Antioquia da Pisídia era uma das igrejas da Galácia para a qual o apóstolo Paulo escreveu sua Carta aos Gálatas.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar