Como Foi a Criação do Homem?

A criação do homem é claramente registrada na Bíblia Sagrada que ensina que toda a humanidade veio a partir de Adão, o primeiro homem criado por Deus. Isso significa que à luz das Escrituras a origem do homem não está numa sequência de processos aleatórios que resultaram num processo evolutivo, mas está no ato criativo de Deus conforme o conselho de Sua vontade soberana.

Portanto, a história bíblica da criação do homem não começa apenas em Adão, o primeiro homem criado, mas começa em Deus – Aquele que livremente, conscientemente e propositalmente resolveu criar o homem. Antes do homem ser criado, houve o conselho divino: “Façamos o homem […]” (Gênesis 1:26).

Diferentemente de Deus que é eterno e auto-existente, o homem jamais existiria se não tivesse sido criado por Deus; bem como jamais poderia continuar existindo se não fosse pela atividade sustentadora de Deus para com Sua criação. Deus tem o poder de ser em Si mesmo; o homem não. A área da teologia cristã que estuda essa disciplina é chamada de “antropologia bíblica”.

O relato bíblico da criação do homem

A Bíblia apresenta o relato da criação de uma forma simples e objetiva. Em nenhum momento o texto bíblico se propõe a oferecer uma descrição cientifica da origem do homem, mas concentra-se em oferecer um relato muito bem ordenado capaz de ser entendido com clareza por pessoas de diferentes lugares e épocas.

Em resumo, a história bíblica da criação do homem diz que o Deus Todo-Poderoso que é totalmente sábio e bom, pelo conselho de Sua vontade criou a raça humana para glorificá-lo, amá-lo e servi-lo.

O livro de Gênesis organiza a criação do homem em dois relatos principais: Gênesis 1:26-28 e Gênesis 2:7ss. Em sua teologia sistemática, o teólogo Millard Erickson observa que o primeiro relato simplesmente registra a decisão divina de fazer os seres humanos à Sua própria imagem e semelhança, e a ação divina concretizando essa decisão. Nesse primeiro relato nada é dito sobre os materiais ou o método utilizado na criação do homem. Mas é dito que os homens deveriam ser frutíferos, se multiplicar e dominar a terra.

Já o segundo relato da criação, no capítulo 2 de Gênesis, enfatiza a maneira pela qual Deus criou o homem. O texto bíblico diz: “Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego da vida, e o homem passou a ser alma vivente” (Gênesis 2:7). Mais a frente o mesmo texto ainda esclarece como Eva, a primeira mulher, foi criada por Deus a partir de Adão, o primeiro homem (Gênesis 2:21,22).

O objetivo da criação do homem

Quando estudamos sobre a origem do homem, é inevitável que surja a seguinte pergunta: Por que a humanidade existe? Enquanto muitas pessoas se esforçam para responder esta pergunta com grandes ensaios científicos ou complexas reflexões filosóficas, a Bíblia responde de uma maneira bem didática.

Logo no primeiro capítulo da Bíblia, lemos: “Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Deus os abençoou, e lhes disse: Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra” (Gênesis 1:27,28).

Com base nesses dois pequenos versículos – que são confirmados pelo restante de todo o ensino bíblico sobre este tema – podemos entender alguns pontos principais acerca do objetivo da criação do homem.

  • Deus criou a humanidade para sua própria glória. Perceba que o versículo bíblico diz que o homem é criatura de Deus feito à Sua imagem e semelhança (Gênesis 1:26). Então o homem originalmente foi criado para ser um refletor da imagem de Deus na criação. O grande objetivo da criação do homem é a glória de Deus (cf. Isaías 43:7; 1 Coríntios 10:31; Efésios 1:11,12).
  • Deus criou a humanidade para desfrutar de um relacionamento com Ele. A verdade de que Deus criou o homem à Sua imagem e semelhança também ensina isto. Por ser, de certo modo, semelhante a Deus, o homem pode se relacionar com Ele como nenhuma outra criatura em aspectos mentais, espirituais e morais.
  • Consequentemente, Deus criou o homem para ser seu representante sobre toda a criação, servindo como seu vice-regente. Isso fica claro quanto o texto bíblico diz que Deus abençoou o homem e lhe ordenou que se multiplicasse e dominasse sobre a terra.
Receber Estudos da Bíblia

O primeiro homem foi um ser criado ou evoluído?

Contrapondo ao ensino bíblico, historicamente os homens têm buscado outras supostas explicações acerca da origem da humanidade. Foi assim que nas civilizações antigas surgiram várias mitologias que contavam, cada qual a seu modo, como foi que o homem surgiu neste mundo.

Mais recentemente, teorias cientificas foram propostas para satisfazer a curiosidade no que diz respeito à origem do homem. As teorias evolucionistas orgânicas da criação tentam afirmar que a origem do homem surgiu de um acidente cósmico.

Já as teorias evolucionistas teístas tentam compatibilizar os pressupostos científicos com o registro bíblico da criação do homem. No geral, a maioria dessas teorias evolucionistas teístas defende que Deus criou o primeiro organismo e depois atuou na criação através do processo evolutivo. Então nesse caso, Adão, o primeiro homem, teria sido, na verdade, o primeiro representante de uma forma de vida pré-humana a alcançar tal status dentro do processo de evolução de sua espécie.

Mas é claro que tudo isso não encontra qualquer fundamentação bíblica e ainda relativiza ou mesmo ataca a autoridade e a inerrância das Escrituras. A Bíblia mostra Adão, o primeiro homem, sendo criado desde o início como um ser completamente desenvolvido e moralmente consciente.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar