Últimos Posts
Casa / Estudos Bíblicos / Geografia Bíblica / A Região de Decápolis na Bíblia

A Região de Decápolis na Bíblia

Decápolis era um território mencionado na narrativa bíblica que compreendia um grupo de dez cidades. A palavra “Decápolis” vem do grego deka, “dez”, e polis, que significa “cidade”. Logo, Decápolis significa “dez cidades”.

Esse território era consideravelmente extenso, e ficava ao sul do mar da Galiléia se estendendo para o leste do rio Jordão, avançando até o lado oriental, incluindo a região concedida à meia tribo de Manassés quando a terra foi dividida (Nm 32:33-42).

Quais eram as cidades de Decápolis?

As dez cidades originais que formavam a região de Decápolis eram: Citópolis, Pella, Diom, Gerasa, Filadélfia, Gadara, Rafana, Canata, Hipos e Damasco.

Dissemos que essas cidades eram as “dez cidades originais” pois mais tarde, por volta do século 2 d.C., outras cidades (aldeias) ao sul de Damasco foram anexadas à lista de cidades dentro desse território totalizando então 18 cidades.

Diante desta lista, algumas considerações precisam ser feitas:

  • Citópolis no Antigo Testamento era conhecida como Bete-Seã, e aparece mencionada nos livros de Josué, Juízes, 1 Reis e 1 Crônicas.
  • Canata é a mesma Quenate do Antigo Testamento, uma cidade cananéia em Gileade, que também foi chamada durante certo tempo de Noba, conforme o nome de um de seus conquistadores (Nm 32:42; 1Cr 2:23).
  • A Filadélfia citada nessa lista não é a mesma Filadélfia a qual possuía uma comunidade cristã e que foi uma das sete igrejas do Apocalipse. A Filadélfia citada no livro do Apocalipse era uma cidade de Lídia, e ficava na Ásia Menor, e hoje é a atual Alasehir, na Turquia. Essa Filadélfia que pertencia ao território de Decápolis era a antiga Rabate-Amom, situada 32 quilômetros a leste do Jordão e atual cidade de Amã, na Jordânia.
  • Damasco é a única das cidades de Decápolis que permanece como uma cidade oficial até os dias atuais. Damasco é amplamente citada na Bíblia, desde o livro de Gênesis no episódio em que é resgatado por Abraão, até relatos de eventos que ocorreram durante o ministério do apóstolo Paulo (At 9:25; 2Co 11:33; Gl 1:17)
  • Na região de Gadara atualmente existem extensas ruínas conhecidas atualmente como “Um Qeis”.

Boa parte do território de Decápolis está localizado onde atualmente é o país da Jordânia. As dez cidades eram envolvidas numa cooperação que visava vantagens comerciais e, possivelmente, algum tipo de defesa mútua, apesar de não sabermos exatamente como funcionava essa liga de dez cidades.

Não se sabe se de alguma forma possuíam um tipo de unidade administrativa e política ou se aparecem agrupadas apenas como uma identificação geográfica e por fatores com relação à cultura helenística.

A maioria dessas cidades-estados foi construída, ou, em alguns casos, reconstruída por seguidores de Alexandre, o Grande, e, depois, em alguns aspectos pelos romanos em aproximadamente 65 e 63 a.C. Assim, essas cidades receberam liberdade municipal, tendo o privilégio de cunhar moedas, possuir uma corte e manter um exército.

Receber Estudos da Bíblia

Decápolis durante o ministério de Jesus

Os Evangelhos relatam que durante seu ministério terreno, Jesus teve alguns contados com o território de Decápolis. O Evangelho de Mateus nos informa que multidões vindas de Decápolis seguiam Jesus (Mt 4:25), e Marcos descreve que Jesus viajou por esse território gentio em muitas ocasiões.

Obviamente o episódio mais conhecido do ministério de Jesus envolvendo a região de Decápolis foi a libertação de um homem endemoninhado que vivia atormentado por uma legião de demônios.

Na verdade esse evento nos apresenta um difícil problema textual com relação à exata localização onde ocorreu tal incidente, isto porque em alguns manuscritos aparece o termo “gadarenos” (Mt 8:28) enquanto em outros aparece o termo “gerasenos” (Mc 5:1; Lc 8:26-37).

Considerando as características geográficas dessa região em comparação com o texto bíblico, Gerasa parece ser a melhor hipótese. É possível também que Gerasa tenha sido governada pela cidade maior de Gadara, o que pode explicar a variante textual. O que realmente fica claro é que esse episódio ocorreu numa região amplamente gentílica e pagã, devido à presença da manada de porcos.

Sobre Daniel Conegero

Daniel Conegero
Daniel Conegero é o líder do Projeto Estilo Adoração. Começou a pregar a Palavra de Deus com apenas 3 anos de idade. Aos nove anos começou a compor e liderar o louvor na igreja. É professor de Teologia e também da Escola Bíblica Dominical na igreja em que congrega. É formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Além disso, verifique

Monte Moriá

O Monte Moriá

O Monte Moriá é bastante conhecido entre os cristãos como sendo o nome do local ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *