Qual a Diferença Entre Anjo, Arcanjo, Querubim e Serafim?

A diferença entre anjo, arcanjo, querubim e serafim diz respeito às características desses seres espirituais como parte das diferentes classes de anjos. De acordo com a Bíblia, os anjos são seres incorpóreos que servem ao Senhor e executam alguns de seus propósitos.

Mas também é verdade que o texto bíblico ainda indica que há uma hierarquia entre esses seres, e que nem todos são do mesmo tipo (cf. Efésios 3:10). Então é nesse sentido que fica evidente a diferença entre anjo, arcanjo, querubim e serafim. Todos esses são seres espirituais criados por Deus, mas com características e funções distintas.

A diferença entre anjo e arcanjo

A palavra anjo significa literalmente “mensageiro”. De forma geral, essa palavra pode ser usada para designar todos os tipos de seres espirituais a serviço de Deus, pois em algum grau todos são seus mensageiros. Mesmo aqueles que parecem estar dedicados completamente à adoração celestial, servindo diretamente diante do trono de Deus, não deixam de ser mensageiros da glória e da majestade do Senhor.

Muitas vezes os anjos estiverem envolvidos com os assuntos da história da redenção na terra. Os textos bíblicos registram várias ocasiões em que os anjos serviram o povo de Deus como portadores da mensagem divina, ou como agentes de Deus na proteção dos crentes.

Sem dúvida o anjo mais conhecido da Bíblia que foi encarregado de transmitir a vontade de Deus aos homens, foi o anjo Gabriel. Mas Gabriel provavelmente também é um anjo de uma categoria elevada, pois ele é apresentado na Bíblia como um anjo que está constantemente na presença de Deus (Lucas 1:19).

Já a palavra arcanjo significa “anjo principal”. Então é fácil em entender que o arcanjo é um ser celestial que possui o mais elevado grau de autoridade e poder entre os anjos. A Bíblia nunca menciona a palavra arcanjo no plural, e apenas dá nome a um arcanjo: Miguel. Por isso muitos estudiosos defendem que Miguel é o único arcanjo que existe — embora a Bíblia não seja conclusiva sobre isso.

Seja Miguel o único arcanjo ou não, é correto entender que por mais que um arcanjo seja poderoso e influente, seu poder e autoridade provém de Deus. O arcanjo Miguel é descrito na Bíblia como o ser que lidera o exército dos anjos de Deus e também como protetor do povo de Deus, mas ele sempre age sob a soberania do Senhor (Judas 1:9; Apocalipse 12:7-9; cf. Daniel 12:1).

Receber Estudos da Bíblia

A diferença entre querubim e serafim

A categoria mais geral dos anjos frequentemente é relacionada na Bíblia ao serviço que tem a ver com o desenvolvimento da obra de Deus e o cumprimento de seu propósito neste mundo. Até mesmo Miguel, como líder dos anjos do Senhor, é citado no texto bíblico dessa forma.

Já os querubins e os serafins também pertencem à ordem dos anjos. Mas por outro lado, os querubins e os serafins parecem estar mais relacionados à adoração a Deus e ao zelo pela glória divina. Isso explica por que a maioria dos estudiosos acredita que ambas as classes de anjos são muito próximas.

À luz dos textos bíblicos, parece que os querubins possuem uma função protetora mais específica que talvez não seja desempenhada pelos serafins. Os querubins, por exemplo, foram colocados por Deus para guardar o caminho para a árvore da vida depois do pecado do homem (Gênesis 3:24).

Na sequência da história bíblica, os querubins também aparecem relacionados à defesa da santidade e da glória de Deus. Inclusive, na tampa da Arca da Aliança havia a figura de dois querubins.

Já os serafins parecem estar sempre envolvidos com o serviço ao redor do trono de Deus. Eles são mencionados de forma direta apenas pelo profeta Isaías como seres que proclamam de modo incansável a santidade e a majestade de Deus. Sãos os serafins que, de acordo com a Bíblia, cantam sem cessar que Deus, o Senhor dos Exércitos, é Santo, Santo e Santo (Isaías 6:3).

Os querubins e os serafins ainda são descritos na Bíblia com detalhes bem peculiares (Ezequiel 1:5-13; Isaías 6:2). É dito, por exemplo, que os querubins possuem quatro asas, enquanto que os serafins possuem seis asas. Sobre isso, os estudiosos discutem se esses detalhes das aparências dos querubins e dos serafins devem ser interpretados de forma literal ou simbólica.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar