O Que Significa “Eis Que Diante de Ti Pus Uma Porta Aberta”?

“Eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar” é a promessa que os crentes da cidade de Filadélfia escutaram da parte do Senhor Jesus (Apocalipse 3:8). Essa promessa tinha a ver com o privilégio da entrada no Reino de Deus concedido soberanamente por Cristo; bem como a oportunidade de serviço em favor desse mesmo reino.

Apesar das dificuldades enfrentadas por aquela comunidade cristã, a fé daqueles crentes era genuína; e seu empenho na obra de Deus, verdadeiro. Então na carta que o apóstolo João registrou endereçada àquela Igreja, o próprio Senhor Jesus diz: “Eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome” (Apocalipse 3:8).

Eis que diante de ti pus uma porta aberta

A Igreja em Filadélfia sofreu grande perseguição promovida pelos judeus daquela cidade. Eles faziam oposição à admissão dos gentios como parte do verdadeiro povo de Deus. Eles não aceitavam a ideia de que o Senhor estava recendendo na comunhão de sua família aquelas pessoas que não eram descendentes sanguíneos de Abraão.

A oposição dos judeus naquela cidade era tão grande que eles são chamados por Cristo de “os da sinagoga de Satanás. Aquelas pessoas faziam de tudo para atrapalhar a pregação do Evangelho e prejudicar a Igreja do Senhor. Embora eles se considerassem o povo eleito de Deus, na verdade eles estavam do lado de fora do Reino de Deus (Apocalipse 3:9; cf. Mateus 8:12).

É nesse contexto que Cristo diz que havia posto diante de Sua Igreja uma porta que ninguém é capaz de fechar. Além disso, Ele também diz conhecer muito bem as obras daqueles crentes. Mas o que significa essa porta aberta? Alguns estudiosos dizem que a porta aberta significa a admissão no Reino de Deus. Outros preferem dizer que a porta aberta significa uma oportunidade de serviço.

Mas é possível que os dois sentidos estejam pretendidos na declaração: “Eis que diante de ti pus uma porta aberta”. Nesse sentido, o teólogo do Novo Testamento Willian Hendriksen explica que a porta aberta significa, em primeiro lugar, uma oportunidade maravilhosa de pregar o Evangelho. Em segundo lugar, a porta aberta também significa a operação da graça de Deus criando ouvidos para ouvir, ansiosos para receber a mensagem do Evangelho (cf. Atos 14:27; 1 Coríntios 16:9; 2 Coríntios 2:12; Colossenses 4:3).

Receber Estudos da Bíblia

E ninguém a pode fechar

No grego, a frase: “Eis que diante de ti pus uma porta aberta”, enfatiza fortemente a ideia de que a porta já tinha sido aberta num tempo passado, e permanecia aberta no tempo presente. Então Cristo não iria abrir uma porta diante daquela Igreja; mas Ele já havia aberto aquela porta e continuava mantendo-a aberta.

Além disso, Ele assegura que ninguém seria capaz de fechar aquela porta. Somente o Senhor é quem pode abrir a porta da fé e tornar possível o sucesso da tarefa de proclamação do Evangelho (cf. Atos 14:27); bem como também é verdade que mais ninguém pode fechar essa maravilhosa porta que Ele abre.

Em outras palavras, a eficácia da obra da evangelização não dependia da limitada comunidade cristã de Filadélfia, mas dependia da autoridade soberana do Senhor. Concordo com Simon Kistemaker quando diz que Deus é soberano na obra da salvação; pois Ele abre ou fecha as portas do serviço de proclamação do Evangelho (cf. Isaías 45:1). Inclusive, aqueles mesmos crentes também ouviram que Cristo é quem tem a chave de Davi, que abre e ninguém fecha, e fecha e ninguém abre (Apocalipse 3:7).

A igreja em Filadélfia podia ser insignificante aos olhos de seus opositores, mas era gigante aos olhos do Senhor. Apesar das perseguições, aqueles crentes guardaram a palavra do Senhor e não negaram o Seu nome. Embora tivesse pouca força, aquela igreja era guardada por Deus (Apocalipse 3:10; cf. 1 Coríntios 1:8).

A boa notícia é que essa mesma promessa continua valida até hoje para a verdadeira Igreja de Cristo. Aquela pequena comunidade cristã local de Filadélfia passou, mas o Evangelho continuou triunfando e a Igreja se espalhou até os confins da terra. A porta continuou aberta, e ninguém pôde fechá-la.

Hoje essa porta está aberta diante de nós, e temos em nossas mãos o maravilhoso privilégio de participar do serviço na obra do Senhor. “Eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém pode fechar”. Não sejamos negligentes a esse chamado divino!

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar