Leia diariamente estudos bíblicos, devocionais, esboços de pregações, parábolas de Jesus, artigos teológicos, curiosidades bíblicas, escola dominical (EBD) e muito mais!

O Que Significa Elohim na Bíblia?

Elohim é uma palavra hebraica que normalmente significa “Deus”. No entanto, seu significado dependerá do contexto, especialmente por ser uma forma plural, que também pode indicar “deuses”, “anjos” ou “homens poderosos”.

Antes de falarmos sobre o significado de Elohim, é importante entender conhecer sua forma singular, o hebraico Eloah. Apesar de seu significado exato ser incerto, essa palavra hebraica refere-se à Divindade, denotando poder, força e majestade, e é mais frequentemente encontrada no Antigo Testamento nos textos poéticos. O escritor do livro de Jó, por exemplo, emprega a palavra Eloah pelo menos 42 vezes.

Diferentes aplicações e significados de Elohim

Como já foi dito, a palavra Elohim pode assumir diferentes significados dependendo do contexto em que é empregada no Antigo Testamento. Assim como Eloah, a origem exata da palavra Elohim é incerta. Seu sentido principal nas Escrituras significa o único e verdadeiro Deus de Israel (Gênesis 1:1; 3:5; Deuteronômio 4:35,39; Jeremias 10:10).

Além desse significado principal, essa mesma palavra também é utilizada para se referir as divindades das nações pagãs vizinhas de Israel. Nesse caso, seu significado deve ser entendido como sendo “deuses” ou “deusas”. Um exemplo desse tipo de uso da palavra Elohim, é quando ela é aplicada ao deus dos amonitas, Quemos (Juízes 11:24) e a deusa dos sidônios, Astorote (1 Reis 11:5).

A palavra Elohim também pode ser aplicada para designar homens poderosos, por exemplo, “juízes” (Êxodo 21:6; 22:8). Em algumas passagens seu significado exato é bem difícil de ser determinado, como em Gênesis 6:1.

Essa palavra também pode se referir a seres divinos, isto é, “anjos”. Dois exemplos geralmente citados de uma possível aplicação nesse sentido é um salmo de Davi (Salmo 8:5), e um salmo de Asafe (Salmo 82:1). Todavia, esse significado em ambos os salmos é bastante discutido entre os intérpretes.

Elohim é um dos nomes de Deus

O primeiro nome de Deus que aparece na Bíblia é o hebraico Elohim em Gênesis 1:1. Além disso, esse é um dos termos mais utilizado nas Escrituras para se referir ao Deus de Israel, com pelo menos 2.570 ocorrências.

Quando aplicado ao Deus de Israel, a palavra Elohim nunca transmite um sentido simples de pluralidade, ou seja, “Deuses”, como se fosse uma ideia politeísta que defende a existência de mais de um Deus.

Assim, com relação à Javé, Elohim sempre significa o único e verdadeiro Deus, no sentido singular, mas ao mesmo tempo, em sua forma plural, denota toda a plenitude da Divindade. Aqui é importante saber que era comum que os povos de língua semítica usassem a forma plural de um determinado termo para se referir a algo singular em sua plenitude, no sentido de incomparavelmente extraordinário.

Portanto, o plural de Elohim quando aplicado ao Deus verdadeiro, expressa toda sua majestade, grandiosidade e plenitude indescritível, que o fazem ser o único Deus genuíno, isto é, “o Deus dos deuses”. Assim, não há qualquer ideia de politeísmo quando essa palavra refere-se a Deus no Antigo Testamento, pois não há outro Deus (Deuteronômio 4:39; Isaías 40:21; 43:10; João 1:1; Colossenses 1:17).

Também é notável o uso da palavra Elohim em Gênesis 1:26 (“E disse Deus: façamos o homem”), onde a forma plural aparece nitidamente destacada pelo verbo “façamos”. Os estudiosos divergem no que se diz respeito a melhor interpretação dessa passagem.

Alguns defendem simplesmente o seu significado gramatical, isto é, com o plural indicando a plenitude da majestade Divina. Outros sugerem a ocorrência de um plural deliberativo, ou seja, onde Deus direciona uma afirmação a si mesmo. Outros também acreditam que Deus está se dirigindo a sua corte angelical, porém essa interpretação é bem pouco provável.

Por fim, há aqueles que enxergam nessa passagem uma referência a pluralidade de Pessoas dentro da unidade Divina, isto é, a Trindade, revelada muito claramente no Novo Testamento nas Pessoas de Deus o Pai, Filho e Espírito.

É interessante que no versículo seguinte, Gênesis 1:27, os verbos estão no singular, “criou Deus”. Assim, com relação a Deus, Elohim é tanto plural, significando toda sua plenitude, quanto singular, significando sua unidade e a verdade de que Ele é único Deus.

Aplicativo de Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.