O Que é o Escudo da Fé na Bíblia?

O escudo da fé é parte da armadura de Deus que todo cristão verdadeiro deve vestir. O significado do escudo da fé fala acerca da confiança inabalável do crente em Deus e em Sua Palavra. O escudo da fé protege os redimidos contra as mentiras e o engano de Satanás.

Foi o apóstolo Paulo quem escreveu sobre o escudo da fé em sua carta aos crentes da cidade de Éfeso. Ele destaca o papel fundamental desse escudo na vida cristã. O apóstolo diz que os seguidores de Cristo devem estar sempre empunhando o escudo da fé com o qual poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno (Efésios 6:16).

Por que “escudo da fé”?

Quando Paulo falou sobre o escudo da fé, muito provavelmente ele tinha em mente um escudo de grande porte que integrava as armas de guerra de um soldado romano de sua época. Havia dois tipos de escudos: um menor com formato arredondado e outro maior com formato oval e retangular.

A palavra grega que o apóstolo emprega indica que ele faz referência ao escudo maior. Tratava-se de um escudo com medidas aproximadas de 75 centímetros de largura e mais de 1,20 metros de altura. Esse tamanho era suficiente para proteger todo o corpo do soldado. Além disso, as tropas se posicionavam estrategicamente no campo de batalha permitindo que os soldados pudessem juntar seus escudos e formar um tipo de muro ou casco de proteção.

O principal objetivo disso era prover proteção contra os dardos inflamados que eram amplamente utilizados naquele tempo. Uma das armas mais letais da época era justamente as flechas incendiárias. Soldados inimigos mergulhavam suas flechas geralmente em uma mistura de piche altamente inflamável e ateavam fogo nelas antes de lançá-las.

Então esses grandes escudos tinham um papel muito importante nesse aspecto. Eles eram feitos de madeira dura e eram cobertos de couro de animal. Alguns escudos contavam ainda com um revestimento de metal que ficava entre a madeira e o couro.

Quando corretamente utilizados, esses escudos eram eficazes em evitar que qualquer dano fosse causado ao seu portador diante das flechas inimigas. Inclusive, as flechas em chamas cravavam na superfície resistente do escudo e facilmente o fogo era extinto.

Receber Estudos da Bíblia

A importância do escudo da fé

Como fica claro no estudo bíblico de Efésios 6, o escudo da fé é primordial contra as setas inflamadas do Maligno. O apóstolo Paulo diz que somente através do uso do escudo da fé o crente pode apagar os dardos incendiários do diabo. Esses dardos simbolizam toda espécie de investidas malignas que Satanás lança contra os redimidos.

Persistentemente o diabo atira contra os crentes tentações, angústias, dificuldades, perseguições, maus pensamentos, sentimentos ruins de ódio etc. Essas coisas são como setas inflamadas que tentam incendiar a vida do crente com dúvidas e desejos contrários à Palavra de Deus. A intenção de Satanás é fazer com que os cristãos acreditem em suas mentiras, desconfiem das promessas de Deus e desobedeçam à Sua vontade.

A velha natureza humana corrompida pelo pecado é um alvo altamente inflamável para a prática pecaminosa. Se as setas malignas não forem rapidamente apagadas pela fé genuína em Deus, fatalmente elas causarão grandes danos à vida cristã. Por isto o escudo da fé é essencial, pois o crente fica protegido contra esses ataques do inimigo.

Usando o escudo da fé

O escudo da fé é o próprio exercício da fé verdadeira dada por Deus ao seu povo que capacita o crente a apagar todas as setas inflamadas do diabo. Nenhum dardo maligno é capaz de atingir a vida daquele que empunha o escudo da fé; isto é, daquele que deposita toda confiança no poder de Deus e possuí a certeza inabalável em Suas promessas.

Como Satanás não desiste de seus ataques contra o povo de Deus, não há um único momento em que o crente possa deixar o escudo da fé de lado. A autêntica fé em ação deve caracterizar toda a vida cristã neste mundo.

Além disso, tal como os soldados romanos agrupavam seus escudos numa ação coletiva, o exercício da fé também deve estar alinhado com a verdade de que fazemos parte de um só Corpo. Sim, o escudo da fé não possui um propósito apenas individual, mas também coletivo. Nenhum crente está sozinho na batalha espiritual. Isso significa que os cristãos são unidos pela fé; são alinhados no mesmo propósito em prol da obra de Deus; e devem orar e encorajar uns aos outros nessa batalha (Efésios 6:18; Hebreus 3:13,14). É através de uma vida de oração que vestimos e usamos não somente o escudo da fé, mas toda a armadura de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close