O Que Significa “Esforça-te e Tem Bom Ânimo”?

Esforça-te e tem bom ânimo! Esta é uma recomendação bíblica relevante para todos os cristãos verdadeiros de todas as épocas e lugares. A vida cristã não é uma vida de ociosidade, mas de serviço árduo, especialmente na obra de Deus.

Embora saibamos que nossa salvação não é garantida pelos nossos esforços e disposição, tais características devem ser comuns aos servos do Senhor. Somos salvos pela graça mediante a fé em Jesus Cristo. Então, como uma resposta de gratidão, nos empenhamos em agradar ao Senhor em todas as áreas de nossas vidas, com vigor e coragem. Por isso é tão reconfortante quando ouvimos Deus falar conosco através de sua santa Palavra dizendo: “Esforça-te e tem bom ânimo!”.

Esforça-te

Quando Josué foi chamado por Deus para ser o líder que haveria de conduzir Israel na conquista da Terra Prometida, ele foi encorajado pelo Senhor a se esforçar e ter bom ânimo. Ele tinha servido durante os últimos anos como auxiliar de Moisés; mas agora Moisés estava morto e havia chegado o momento de ele desempenhar o propósito para o qual Deus o chamou.

A tarefa não seria nada fácil. Cabia a ele o dever de completar a missão de Moisés à frente de Israel. Porém, isso seria possível porque Deus estava com ele (Josué 1:5). Anteriormente Josué já havia sido fortalecido e animado por Moisés, mas naquela ocasião foi o próprio Deus quem o fortaleceu e o encorajou (cf. Deuteronômio 1:38; 3:28; 31:7).

Josué já havia demonstrado ser uma pessoa corajosa e resoluta. Ele já tinha provado seu valor servindo a Moisés. Seu papel na batalha contra Amaleque é a uma prova disso. Mas como diz John Wesley, ele ainda precisava dessa exortação, pois seu trabalho seria difícil, longo e muito importante.

Qualquer dúvida ou sentimento de temor que Josué pudesse ter, certamente foi superado pelas palavras do Senhor: “Esforça-te e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Tão somente esforça-te e tem mui bom ânimo para teres o cuidado de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares” (Josué 1:6,7).

O verbo esforçar traduz uma raiz hebraica que significa “ser forte”, “fortalecer”, “prevalecer”, “ser firme” e “ser persistente”. Esse era exatamente o comportamento esperado de Josué naquela situação; bem como também é o comportamento esperado de todos os filhos de Deus neste mundo, seja qual for a circunstância.

Receber Estudos da Bíblia

E tem bom ânimo

A expressão “tem bom ânimo” traduz um vocábulo que transmite a ideia de ser corajoso, bravo, resoluto, sólido ou audacioso. Certamente a frase: “Esforça-te e tem bom ânimo” é uma repetição proposital. Com isso podemos aprender que a menos que empreguemos nossos maiores esforços, não estaremos assumindo a postura correta diante dos desafios e tarefas que nos são propostos.

Em nossa própria natureza, nós somos tão falhos e fracos. Por outro lado, a todo tempo Satanás procura nos atacar ferozmente. Concordo com João Calvino quando diz que não há nada com que estejamos mais inclinados do que a relaxar os nossos esforços. Além disso, muitos direcionam seus esforços a coisas sem propósito.

Por isso que a única maneira de cumprir a exortação: “Esforça-te e tem bom ânimo”, é estando sob a orientação constante da Palavra de Deus. Tornamos-nos verdadeiramente invencíveis quando nos esforçamos em obedecer ao Senhor fielmente.

Jamais devemos nos esquecer que a garantia de que podemos enfrentar qualquer situação a qual formos submetidos, vem do triunfo de Cristo. Foi o próprio Senhor Jesus quem disse: “Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33).

John Gill explica que assim como o trabalho de Josué na luta contra os cananeus e na conquista de Canaã, o trabalho de Cristo na redenção de seu povo e na subjugação de seus inimigos exigiu força e coragem; e de fato Ele foi muito forte e corajoso. Sobre isso Matthew Henry diz que nosso Senhor Jesus, assim como Josué, foi sustentado em seus sofrimentos por considerar a vontade de Deus e o mandamento de seu Pai.

Portanto, embora existam tantas coisas que tentam nos levar à fraqueza e ao desânimo no ministério cristão, há muito mais motivos para sermos esforçados, corajosos e audaciosos. Não apenas pelo exemplo de Cristo, mas pela eficácia de sua obra e pelas bênçãos resultantes dela, sabemos que podemos cumprir essa exortação divina. Portanto, essa exortação serve para todos nós. Esforça-te e tem bom ânimo!

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar