Qual é a Função dos Anjos?

A principal função dos anjos diz respeito à adoração a Deus. Mas além dessa função principal, embora conectada a ela, os anjos também desempenham certas tarefas relacionadas ao povo do Senhor.

Os estudiosos geralmente classificam as funções dos anjos em dois aspectos. O primeiro deles é o serviço comum dos anjos. Já o segundo é o serviço extraordinário que os anjos levaram a cabo ao longo da história da redenção.

Os anjos louvam a Deus

Falamos que a função principal dos anjos é adorar a Deus. Eles louvam o Criador sem cessar (Jó 38:7; Salmo 103:20; 148:2). O profeta Isaías, por exemplo, contemplou os Serafins que cantavam incansavelmente sobre a santidade de Deus (Isaías 6:3). O apóstolo João também viu os anjos adorando diante do trono de Deus (Apocalipse 5:11).

Não é possível dizer com exatidão como os anjos se comunicam, isto é, que tipo de linguagem ou forma eles usam. Todas as vezes que eles aparecem nos textos bíblicos se comunicando com alguém, eles o fazem de forma inteligível.

Além disso, quando os escritores bíblicos registraram os anjos em sua função de adoração, eles puderam entender as canções ou palavras que os anjos utilizavam. Então parece que os anjos louvam a Deus de forma audível. Eles adoram ao Senhor por todos os seus feitos. Isso inclui, obviamente, a obra da redenção. Quando Jesus nasceu, os anjos cantaram (Lucas 2:13,14). A Bíblia também diz que os anjos se alegram quando um pecador é convertido (Lucas 15:10).

A função dos anjos relacionada à Igreja

A Bíblia diz que uma das funções dos anjos é vigiar o povo de Deus e proteger os crentes, especialmente os pequeninos (cf. Salmo 34:7; 91:11; Mateus 18:10). Os anjos também observam constantemente tudo o que ocorre na Igreja. Assim, mediante a Igreja, eles recebem mais e mais conhecimento da multiforme sabedoria de Deus (Efésios 3:10; 1 Pedro 1:12).

As funções dos anjos também se estendem até a hora da morte dos crentes. A Bíblia não esclarece muito bem esse ponto, mas diz que eles conduzem a alma dos redimidos para a bem-aventurança de Deus (Lucas 16:22).

Receber Estudos da Bíblia

A função extraordinária dos anjos

Ao longo da história da redenção os anjos se envolveram em certas funções específicas que podem ser identificadas como parte de um serviço extraordinário. Dessa maneira eles serviram como parte importante da revelação especial de Deus ao homem.

Por isso os anjos aparecem na Bíblia como intermediários das revelações de Deus em determinadas ocasiões. Eles tanto serviram para comunicar as bênçãos de Deus ao seu povo, quanto serviram como instrumento de execução do juízo de Deus sobre os ímpios.

Esse tipo de serviço extraordinário ocorreu principalmente em momentos decisivos da história da redenção. Assim eles são citados na Bíblia na época dos patriarcas; no tempo do êxodo; momento histórico em que os israelitas receberam a Lei de Deus; no período em que os profetas exerceram seus ministérios; nos dias do cativeiro e restauração; e principalmente em conexão com o nascimento, ressurreição e ascensão do Senhor Jesus Cristo.

Atualmente os anjos não executam mais essas funções extraordinárias. Isso porque o período da revelação especial de Deus já cessou. Cristo já veio e as Escrituras estão completas. Mas os anjos novamente estarão em proeminência nesse sentido extraordinário na ocasião da segunda vinda de Cristo (Mateus 25:31; Marcos 8:38). Saiba mais sobre quem são os anjos.

Close