Estudo Bíblico de Gênesis 20

Gênesis 20 fala sobre a peregrinação de Abraão e Sara em Gerar. O estudo bíblico de Gênesis 20 revela como Deus preservou a família de Abraão apesar do erro do patriarca hebreu. Abraão tentou proteger-se a si mesmo confiando em sua própria astúcia, e acabou usando de engano.

Um esboço de Gênesis 20 pode ser feito da seguinte forma:

  • Abraão se estabelece em Gerar e esconde que Sara é sua esposa (Gênesis 20:1,2).
  • Deus fala com Abimeleque (Gênesis 20:3-7).
  • Abimeleque confronta Abraão (Gênesis 20:8-10).
  • Abraão se explica a Abimeleque e ora por sua casa (Gênesis 20:11-18).

Abraão esconde que Sara é sua esposa (Gênesis 20:1,2)

Gênesis 20 começa dizendo que Abraão partiu para a terra do Neguebe, uma região desértica ao sul de Hebrom. Então Abraão habitou entre Cades e Sur e morou em Gerar. Gerar era uma cidade filístia que ficava na divisa entre a Palestina e o Egito, a cerca de dezesseis quilômetros ao sul de Gaza.

Nesse contexto Abraão teve a ideia de combinar com Sara, sua mulher, que para todas as pessoas em Gerar eles diriam que eram apenas irmãos. Aqui vale lembrar que Sara de fato era irmã de Abraão por parte de pai (Gênesis 20:12). Mas isso não muda o fato de que Abraão estava usando de engano ao esconder que Sara também era sua esposa. Consequentemente, Abimeleque, rei de Gerar, mandou buscar Sara (Gênesis 20:2).

Esse Abimeleque que aparece em Gênesis 20 não deve ser confundido com o Abimeleque que também era rei de Gerar no tempo de Isaque (Gênesis 26). Alguns estudiosos acreditam que talvez o Abimeleque que se encontrou com Abraão era pai ou avô do Abimeleque que se encontrou com Isaque; ou que talvez esse nome, que significa “meu pai é rei”, servia simplesmente como um título real.

Deus fala com Abimeleque (Gênesis 20:3-7)

Após Abimeleque ter levado Sara para sua casa, Deus falou com Abimeleque em sonhos durante a noite. Nos tempos do Antigo Testamento, época em que a auto-revelação de Deus através das Escrituras ainda não estava completa, frequentemente Deus se comunicava com os homens por meio de sonhos.

Geralmente essa comunicação através de sonhos estava restrita a certas pessoas de entre o seu povo escolhido. Mas algumas vezes, excepcionalmente, Deus também falava através de sonhos com pessoas de fora do povo da aliança. Esse foi o caso de Abimeleque (cf. Gênesis 31:24; 40:5; 41:1; Números 22:9,20; Daniel 2:1-45).

Deus avisou a Abimeleque que ele seria punido de morte porque tinha tomado uma mulher casada (Gênesis 20:3). Mas Abimeleque ainda não tinha tido qualquer relação com Sara, e por isso clamou pela misericórdia do Senhor (Gênesis 20:4). Abimeleque argumentou com o Senhor que havia sido o próprio Abraão quem tinha lhe dito que Sara era apenas sua irmã. Ele confiou nessa informação com sinceridade e por esse motivo levou Sara à sua casa.

Realmente Abimeleque nem imaginava que Sara era uma mulher casada, e por isso Deus o impediu de pecar nesse sentido, e não permitiu que ele tocasse nela (Gênesis 20:5,6). Então Deus ordenou a Abimeleque: “Agora, pois, restitui a mulher a seu marido, pois ele é profeta e intercederá por ti, e viverás; se, porém, não lha restituíres, sabe que certamente morrerás, tu e tudo o que é teu” (Gênesis 20:7).

É notável o modo como Deus chamou Abraão de “profeta”. Em Gênesis 20 é a primeira vez que alguém é chamado de profeta na Bíblia. Isso está de acordo com a história de Abraão, um homem que recebia revelações da parte de Deus e intercedia em favor de outras pessoas (cf. Gênesis 12:7; 15:1; 18:17). Apesar de seu erro, Abraão ainda foi identificado como a pessoa certa para servir de intermediário e intercessor da casa de Abimeleque junto a Deus.

Abimeleque confronta Abraão (Gênesis 20:8-10)

Logo após o sonho, Abimeleque levantou-se ainda de madrugada e contou a seus servos tudo o que Deus havia lhe falado. A Bíblia diz que os homens de Abimeleque ficaram muito atemorizados (Gênesis 20:8).

O rei de Gerar convocou Abraão e lhe confrontou por seu comportamento. Ele questionou: “Que é isso que nos fizeste? Em que pequei eu contra ti, para trazeres tamanho pecado sobre mim e sobre o meu reino? Tu me fizeste o que não se deve fazer” (Gênesis 20:9). Abimeleque ainda disse mais: “Que estavas pensando para fazeres tal coisa?” (Gênesis 20:10).

Receber Estudos da Bíblia

Abraão se explica a Abimeleque e ora por sua casa

Abraão respondeu aos questionamentos de Abimeleque dizendo que temeu por sua vida e por isso tomou tal atitude. Ele pensou que os homens de Gerar lhe matariam para poder tomar sua mulher (Gênesis 20:11).

Abraão também explicou que a informação de que Sara era sua irmã tinha uma parte de verdade; e que desde que ele saiu da casa de seu pai ele havia combinado com Sara de juntos esconderem a relação matrimonial que tinham (Gênesis 20:12,13).

Então Abimeleque restituiu Sara a Abraão e ainda lhe deu ovelhas e bois, servos e servas. Através de Abraão, o monarca também deu a Sara mil siclos de prata como compensação por tudo o que havia acontecido. O rei de Gerar ainda fez questão de dizer que Sara estava justificada perante todos. Isso significa que em nenhum momento sua honra de mulher casada foi violada (Gênesis 20:14-16).

Depois disso Abraão orou a Deus e as mulheres da casa de Abimeleque voltaram a poder ter filhos. Isso porque Deus havia tornado estéreis aquelas mulheres por causa do episódio envolvendo Sara.

Curiosamente a história registrada em Gênesis 20 não foi a primeira do tipo em que Abraão esteve envolvido. Ele era reincidente nesse erro, pois anteriormente já havia feito a mesma coisa no Egito. Inclusive, ele também foi repreendido por Faraó (Gênesis 12).

Portanto, o evento de Gerar mostra que infelizmente Abraão não tinha aprendido nada com a experiência semelhante que viveu no Egito vinte e cinco anos antes. Ele tinha provado da proteção misericordiosa de Deus no Egito, mesmo diante de seu erro, e depois repetiu a mesma atitude de desconfiança em Gerar.

Além disso, o erro de Abraão em Gerar ocorreu pouco antes da concepção de Isaque, colocando em risco o plano da redenção através de sua descendência. Contudo, esse episódio narrado em Gênesis 20 também mostra que a salvação é obra soberana de Deus e está fundamentada em Sua fidelidade. Então apesar da infidelidade de Abraão, Deus zelou por sua palavra e protegeu a linhagem da promessa.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar