Qual o Significado de Hosana? O Que Significa “Hosana nas Alturas”?

Hosana significa “salva agora”. Essa expressão foi utilizada por ocasião da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. A Bíblia diz que a multidão exclamava: “Hosana ao Filho de Davi! Bendito Aquele que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!” (Mateus 21:9).

O significado de Hosana

Hosana é a forma grega de uma expressão hebraica que reúne dois termos. O primeiro deles é o hifil imperativo hosha’, que significa “salva”, “ajuda” ou “liberta”. O segundo é a partícula na’, que significa “suplicamos” ou “rogamos”. Por isso a exclamação Hosana pode ser entendido como significando “salva agora”, “ajuda agora” ou “salva, por favor”.

A palavra Hosana aparece no Novo Testamento exclusivamente nas passagens que registram a entrada triunfal de Jesus (Mateus 21:9,15; Marcos 11:9,10; João 12:13). No Antigo Testamento, esse vocábulo hebraico aparece em sua forma imperativa mais longa no Salmo 118:25, hoshi’a na’. Alguns intérpretes sugerem que hosha na’ seria a forma aramaica do hebraico hoshia’a na’, ao invés de um tipo de contração.

Hosana ao Filho de Davi

Quando Jesus entrou em Jerusalém montado em um jumentinho, a multidão começou a exclamar: “Hosana ao Filho de Davi”. A base dessa exclamação estava fundamentada no Salmo 118, um salmo messiânico. Esse salmo faz parte da série de salmos que compõe o que é chamado de Hallel (Salmos 113-118).

O Hallel era recitado especialmente em conexão com a Festa dos Tabernáculos, mas também na Páscoa, no Pentecostes e na Festa da Dedicação. Além disso, em algumas dessas ocasiões enquanto o Hallel era recitado, ramos de árvores eram agitados pelo povo. Assim também ocorreu na entrada triunfal (Mateus 21:8).

Considerando esses detalhes, é possível entender o significado correto da expressão “Hosana” naquele contexto. Evidentemente a multidão reconheceu a reivindicação de Jesus como Messias, e a frase “Hosana ao Filho de Davi” de fato era um clamor messiânico.

Sobre isto, W. Hendriksen, em conexão com o Salmo 118, indica que na exclamação “Hosana!”, dois elementos estão combinados: suplica e adoração, ou em outras palavras, oração e louvor. Por isto ele escreve que atitude do povo ao exclamar “Hosana ao Filho de Davi!”, provavelmente significa algo como: “Nós te suplicamos, ó Senhor, salva agora! Confere a vitória e prosperidade neste tempo, visto que por causa da tua bondade o momento oportuno chegou”. 

Hosana nas alturas

O propósito messiânico de tal exclamação fica ainda mais claro em sua sequência. A multidão continuou citando o salmo messiânico ao dizer: “Bendito Aquele que vem em nome do Senhor” (cf. Salmo 118:26). Saiba mais sobre quem é Jesus Cristo.

Essa frase, combinada ao título Filho de Davi, sem dúvida é uma referência a Jesus como o Messias. O povo também reconhecia que a vinda do Messias era um dom de Deus, o qual é atribuída a glória. Daí se explica a parte final da declaração: “Hosana nas alturas”.

Receber Estudos da Bíblia

A aplicação equivocada de Hosana

Apesar de a multidão se referir a Jesus como o Messias ao ponto de até exclamar “Hosana!”, a maior parte dessa multidão não conseguiu reconhecer o verdadeiro tipo de Messias que Jesus é. As pessoas estavam com suas mentes tomadas por ideias terrenas. Os judeus estavam esperando um Messias com propósitos nacionalistas.

Então ao gritarem “Hosana!”, isto é, “salva agora” ou “salva, por favor”, eles estavam suplicando por uma libertação terrena. Naquele contexto eles esperavam um Messias que os liberta-se da opressão estrangeira de Roma e instituísse Israel como a nação mais poderosa e próspera diante dos homens.

De fato eles estavam certos em reconhecer Jesus como o Messias ao aplicar a Ele as palavras do Salmo 118 dizendo: “Hosana ao Filho de Davi”. Mas por outro lado eles não poderiam estar mais enganados. Eles falharam em interpretar o Salmo 118 à luz de outros textos das Escrituras, como por exemplo, Isaías 53 ou Zacarias 9:9 e 13:1.

Por isto eles não entenderam que o Messias não havia vindo para salvá-los do julgo estrangeiro, mas para salvar seu povo do pecado e da morte eterna. Assim, muitos daqueles que gritaram “Hosana!”, pouco depois também passaram a gritar “Crucifica-o!”, quando perceberam que Jesus não era o tipo de Messias que desejavam. Quanto a nós, a aplicação correta do significado de Hosana deve sempre apontar para a obra redentora de Cristo, o único que verdadeiramente nos trouxe salvação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close