Quem Eram Janes e Jambres?

Janes e Jambres foram dois mágicos egípcios que fizeram oposição a Moisés. Esses nomes são citados na Bíblia apenas pelo apóstolo Paulo no Novo Testamento (2 Timóteo 3:8). Muito provavelmente nessa passagem o apóstolo se refere aos incidentes relatados no livro de Êxodo (Êxodo 7:11,12; 8:7-19; 9:11).

Janes e Jambres na Bíblia

Curiosamente nas passagens bíblicas que descrevem os acontecimentos em que provavelmente Janes e Jambres estavam envolvidos, seus nomes não são citados. Essas passagens apenas falam da ação de certos mágicos egípcios, mas não dizem quem eram ou quantos eram.

Mas apesar desses nomes não estarem presentes no Antigo Testamento, fontes extra-bíblicas indicam que Janes e Jambres eram os nomes dos feiticeiros egípcio do livro de Êxodo (capítulos 7-8).

Na verdade estes dois nomes aparecem sob diferentes formas em importantes escritos antigos, como o Talmude Babilônico, o Targum, vários escritos rabínicos, em obras pagãs e até mesmo na literatura cristã primitiva. Mas como já foi dito, 2 Timóteo 3:8 é a única vez em que são designados nominalmente nas Escrituras.

Receber Estudos da Bíblia

A história de Janes e Jambres nas antigas tradições

Os maiores detalhes e especulações sobre quem foram Janes e Jambres vêm de antigas tradições judaicas. Sobre essas especulações, é impossível saber até que ponto vai a verdade e quando começam as lendas.

Algumas tradições judaicas, por exemplo, afirmam que Janes e Jambres eram filhos do profeta Balaão. Outras tradições dizem que Janes e Jambres até se tornaram prosélitos da religião judaica, fingindo uma falsa conversão ao Deus de Israel.

O objetivo deles era impedir o êxodo dos israelitas do Egito. Porém, quando eles perceberam que não conseguiriam isto, resolveram se juntar à multidão dos hebreus. Dessa forma eles teriam seguido com os israelitas ao deserto. Ainda de acordo com essas antigas tradições, foram esses dois homens que induziram o povo de Israel a fazer um bezerro de ouro para adorá-lo.

Contudo, não há nenhuma evidência realmente concreta sobre a veracidade dessas histórias. Dessa forma, talvez o que realmente pode ser dito sobre quem foram Janes e Jambres é que eles eram dois líderes entre os magos de Faraó. Certamente eles eram enganadores, hipócritas e perigosos, e se opuseram a Moisés, o representante de Deus diante do povo naquele momento histórico. Conheça a história de Moisés.

Talvez seus nomes nem tenham sido esses, mas foi assim que eles ficaram conhecidos na história judaica. Não se sabe com exatidão a origem e o significado de cada um desses nomes. Alguns estudiosos acreditam Janes e Jambres vem do aramaico e significa “o que seduz e o que provoca rebelião”.

Por que Paulo mencionou Janes e Jambres?

Paulo utilizou as figuras de Janes e Jambres simplesmente para se referir a falsos mestres de seu tempo. W. Hendriksen diz que da mesma forma como Janes e Jambres resistiram a Moisés, os falsos mestres de seu tempo se opunham à verdade de Deus conforme revelada em sua Palavra e proclamada por Paulo, Timóteo e outros. Leia também a biografia de Timóteo.

Moisés demonstrou a Faraó que estava comissionado pelo próprio Deus através da realização de milagres extraordinários. Mas esses magos de Faraó também trataram de realizar milagres que imitavam os milagres genuínos da parte de Deus (Êxodo 7:11-22; 8:7).

Por esse motivo o apóstolo Paulo citou os nomes de Janes e Jambres, cujo exemplo já era bem conhecido entre os judeus e até mesmo entre os cristãos do século 1 d.C. O objetivo principal da narrativa do apóstolo era o de advertir Timóteo contra enganadores semelhantes à Janes e Jambres.

Essas pessoas “tinham a mente corrupta”, semeavam falsas doutrinas e simulavam ser genuinamente cristãos. Essas pessoas não ficaram restritas apenas ao período da Igreja Primitiva. Pessoas semelhantes a falsos mestres como Janes e Jambres existem até hoje, e seu objetivo ainda permanece o mesmo: ser inimigo da Palavra de Deus. Mas a boa notícia é que eles “não irão muito longe, porque sua loucura será óbvia a todos, como também se deu com aqueles”, isto é, com Janes e Jambres (2 Timóteo 2:9).

Tag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close