Quem Foi o Jovem Êutico na Bíblia?

O jovem Êutico foi um cristão do primeiro século que ficou conhecido na Bíblia por ter caído de uma janela enquanto o apóstolo Paulo pregava. A história de Êutico está registrada no capítulo 20 do livro de Atos dos Apóstolos, no Novo Testamento (Atos 20:7-12). O nome Êutico provavelmente significa “afortunado”.

O estudo bíblico revela que Êutico vivia em Trôade. A cidade de Trôade, na região noroeste da província da Ásia Menor, era um porto marítimo na costa do mar Egeu que ficava a poucos quilômetros da antiga cidade de Tróia. Nos registros bíblicos, o apóstolo Paulo visitou essa cidade em suas viagens missionárias. O episódio envolvendo o jovem Êutico ocorreu durante a terceira viagem missionária de Paulo.

A queda de Êutico da janela

A Bíblia diz que após o período da Páscoa, Paulo e seus companheiros navegaram de Filipos ao porto de Trôade. Em Trôade, os missionários permaneceram uma semana. Então no domingo, quando os cristãos estavam reunidos para a adoração e também para a celebração da Ceia do Senhor, o apóstolo Paulo aproveitou para pregar ao povo (Atos 20:5-7).

De acordo com o texto bíblico, Paulo pretendia seguir viagem no dia seguinte, então o seu discurso se estendeu até a meia-noite (Atos 20:7). O relato bíblico informa que os crentes estavam reunidos no cenáculo, que basicamente era um quarto que ficava nos pisos superiores de uma residência.

Naquele cômodo havia também muitas candeias. As candeias eram lâmpadas feitas com uma vasilha de barro que guardava uma porção de óleo que servia de combustível para um pavio que queimava.

É nesse contexto que Êutico é citado repentinamente no texto bíblico, mas não há nenhuma informação pessoal a respeito de quem foi Êutico — exceto que ele era um jovem. A palavra grega utilizada para designá-lo, sugere não um jovem adulto, mas um garoto que tinha entre 7 e 14 anos de idade. Êutico estava sentado numa janela, mas o problema foi que ele adormeceu durante o longo discurso de Paulo, e caiu do terceiro andar.

Êutico morreu ou apenas desmaiou?

Nesse ponto, algumas pessoas discutem se Êutico morreu com a queda ou apenas desmaiou. Consequentemente, a discussão central é se houve ou não um milagre de ressurreição naquela ocasião.

Mas sem dúvida o milagre ocorreu, e não há espaço no texto bíblico para qualquer discussão nesse sentido. De fato, quando o apóstolo Paulo abraçou o jovem Êutico, ele disse para ninguém se desesperar, pois a vida estava nele (Atos 20:10).

Isso, no entanto, não significava que Êutico estivesse apenas desmaiado, mas significava que milagrosamente a vida havia lhe sido restaurada. Além disso, aqui vale lembrar que o escritor do livro de Atos dos Apóstolos presenciou esse acontecimento pessoalmente e descreveu o estado de Êutico como tendo sido “levantado morto” (Atos 20:9). Em nenhuma parte o texto sugere que Êutico parecia estar morto, mas simplesmente que ele estava morto.

Além disso, para quem não sabe, o escritor do livro de Atos é o evangelista Lucas, que era um médio de profissão. Como médico, obviamente Lucas estava qualificado para diferenciar uma pessoa morta de uma pessoa desmaiada.

Então depois de a vida de Êutico ter sido milagrosamente restaurada, a Bíblia diz que os crentes ficaram muito animados. Eles subiram novamente ao cenáculo, participaram do partir do pão, e escutaram o discurso de Paulo que continuou falando até o amanhecer (Atos 20:10,11).

Receber Estudos da Bíblia

Quais as lições da vida de Êutico?

Muitos pregadores se esforçam para extrair da vida de Êutico supostas lições. O problema é que, dependendo do caso, esse tipo de exercício, além de não passar de conjectura, pode acabar tirando o texto bíblico fora do seu contexto.

Nesse sentido, é comum ouvir pessoas dizendo que Êutico serve como símbolo daquele tipo de crente descompromissado com as coisas do Senhor; daquele crente que não dá valor à pregação da Palavra; ou daquele crente que esta na Igreja, mas pensando no mundo. Alguns pregadores vão ainda mais além e dizem que Êutico chegou a desprezar Paulo e supostamente caiu no sono por não aguentar mais sua pregação tediosa.

Mas definitivamente o texto bíblico não diz nada sobre isso. Como foi explicado, Êutico podia ser até mesmo uma criança com seus pouco mais de sete anos de idade. O texto bíblico também enfatiza que naquele espaço havia muitas lâmpadas. Isso significa que embora o ambiente estivesse muito iluminado, as lâmpadas também produziam muita fumaça, e isso talvez possa ter contribuído para que Êutico adormecesse.

Seja como for, a pouca idade de Êutico, o horário avançado e a fumaça das muitas lâmpadas que havia no cenáculo, tudo isso deve ter acabado contribuindo para que Êutico fosse vencido pelo sono. Mas em momento algum o texto bíblico questiona a fidelidade de Êutico, seu interesse pela pregação do Evangelho, ou seu compromisso com as coisas do Senhor. O texto nem mesmo se propõe a questionar a atitude de quem deixou que Êutico, naquela idade, ficasse sentado num lugar tão perigoso.

Na verdade, o texto bíblico simplesmente se concentra em registrar que enquanto o Evangelho estava sendo pregado, algo ruim aconteceu. O jovem Êutico dormiu, caiu e morreu. No entanto, o relato bíblico alcança o seu clímax mostrando como o poder de Deus foi manifestado de forma sobrenatural naquela ocasião ao restaurar a vida no garoto e consolar todos os que estavam presentes ali.

Além disso, aqueles eram os primeiros anos da Igreja Primitiva; um tempo em que a revelação de Deus na Escritura ainda não estava completa, e a pregação do Evangelho muitas vezes era validada por operações de maravilhas. Então a ressurreição de Êutico em Trôade provavelmente deve ter tido um impacto muito positivo na propagação das boas novas de Cristo entre os gentios daquela região.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar