Quais São os Livros Históricos da Bíblia?

Os Livros Históricos da Bíblia são: Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias e Ester. Todos esses livros fazem parte do Antigo Testamento. Os estudiosos também consideram o livro de Atos dos Apóstolos como o livro histórico do Novo Testamento.

Os Livros Históricos do Antigo Testamento registram a história do povo de Israel desde a conquista da Terra Prometida sob a liderança de Josué, até a restauração de Jerusalém após o cativeiro babilônico.

Isso significa que a narrativa dos Livros Históricos compreende um período de centenas de anos. Nesse espaço de tempo, os Livros Históricos também relatam o início da monarquia em Israel com o reino unificado, depois o reino dividido, e as quedas do Reino do Norte e do Reino do Sul diante dos impérios assírio e babilônico respectivamente.

Já o livro de Atos dos Apóstolos no Novo Testamento, conta a história do início da Igreja Cristã. Ele se concentra no período apostólico, após a ascensão de Jesus ao Céu.

Diferenças no grupo dos Livros Históricos

Quando comparadas as Bíblias hebraica, protestante, católica e ortodoxa, o grupo denominado como “Livros Históricos” é diferente em cada uma delas. A Bíblia Católica, por exemplo, inclui na categoria dos Livros Históricos os livros de Tobias, Judite e 1 e 2 Macabeus. Esses livros, porém, não são considerados como inspirados pela tradição judaica e pela Igreja Reformada.

Já na Bíblia Hebraica, os Livros Históricos são organizados numa ordem bem diferente em relação às Bíblias cristãs. Além disso, os livros de 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, e Esdras e Neemias, formam, cada par, um único livro.

Então os livros classificados como Livros Históricos nas Bíblias cristãs são organizados da seguinte forma na Bíblia Hebraica:

  • Os livros de Josué, Juízes, Samuel e Reis fazem parte de um grupo denominado como “Profetas Anteriores”; que por sua vez é uma subcategoria da divisão “Profetas” da Bíblia Hebraica.
  • Os livros de Crônicas e Esdras-Neemias fazem parte de um grupo denominado como “Escritos”.
  • Os livros de Rute e Ester também pertencem aos Escritos no cânon judaico; mas são incluídos dentro de uma subdivisão chamada de “Rolos Festivos”.

Apesar das diferenças na organização dos Livros Históricos entre as Bíblias cristãs e a Bíblia Hebraica, o conteúdo deles é exatamente o mesmo. Na verdade a cronologia dos livros do Antigo Testamento conforme apresentada nas Bíblias cristãs, e que dá origem à organização dos livros por assunto e característica, é algo mais recente. Inclusive, ela deriva dos códices da tradução grega do Antigo Testamento hebraico, a Septuaginta. Aqui vale lembrar que a Septuaginta era a versão mais usada pelos cristãos nos primeiros séculos depois de Cristo.

Quem escreveu os Livros Históricos?

Os Livros Históricos foram escritos por diversos autores de diferentes épocas, sob a inspiração do Espírito de Deus. A maioria desses autores é desconhecida. Os estudiosos acreditam que a composição individual de cada um dos Livros Históricos talvez tenha começado muito antes da data de conclusão desses livros. Isso quer dizer que existe a possibilidade de vários autores terem participado da composição de um único livro.

Por exemplo: muitos eruditos consideram que os livros de Josué, Juízes, Samuel, Reis e Rute foram finalizados durante o período do cativeiro babilônico; embora tenham sido iniciados muito antes desse tempo. Os estudiosos também acreditam que os livros de Crônicas, Esdras-Neemias e Ester, foram finalizados após a restauração de Judá do cativeiro na Babilônia.

Alguns nomes são sugeridos como possíveis autores de parte dos Livros Históricos. A tradição judaica, por exemplo, credita a autoria dos livros de Rute, Juízes e Samuel ao profeta Samuel – pelo menos a maior parte do conteúdo desses livros. Da mesma forma, o sacerdote Esdras aparece como possível autor dos livros de Esdras-Neemias e Crônicas. Apesar de serem possibilidades plausíveis, já que estamos falando de dois dos mais notáveis personagens bíblicos, faltam evidências que comprovem essa informação.

Receber Estudos da Bíblia

Qual é a mensagem dos Livros Históricos?

Como já foi explicado, os Livros Históricos contam a história do antigo Israel. Então naturalmente cada livro trata de assuntos e expressa ênfases teológicas que refletem cada período dessa longa história.

Josué, Juízes, Samuel e Reis

Os livros de Josué, Juízes, Samuel e Reis, registram a história dos israelitas a partir da conquista de Canaã sob o comando de Josué (Josué 1); e termina nos tempos do exílio babilônico falando sobre a libertação do rei Jeoaquim da prisão (2 Reis 25:27-30). Como a sequência desses livros parte do conteúdo histórico e teológico de Deuteronômio, ela é chamada pelos eruditos de “História Deuteronomística”.

Então esses livros falam sobre a conquista da Terra Prometida; o período dos juízes de Israel; o estabelecimento da monarquia; a divisão do reino; e os freqüentes pecados de Israel (Reino do Norte) e Judá (Reino do Sul). Esses pecados resultaram no exílio do povo daquela terra; apesar da constante exortação do Senhor ao arrependimento através do ministério profético.

Crônicas, Esdras e Neemias

Os livros de Crônicas, Esdras e Neemias, falam da história do povo de Deus especialmente focando a restauração de Judá. Os livros de Crônicas repetem boa parte do conteúdo dos livros de Samuel e Reis, e destacam o reinado da Casa de Davi. O segundo livro de Crônicas termina registrando a proclamação de Ciro que permitiu o retorno do primeiro grupo de judeus exilados à Terra Prometida.

Os livros de Esdras e Neemias falam da restauração do exílio que é brevemente introduzida em 2 Crônicas. Por isso esses livros avançam até a restauração de Jerusalém em aproximadamente 400 a.C. Assim, eles falam da reconstrução do Templo liderada por Zorobabel; da restauração dos muros de Jerusalém sob a liderança de Neemias; e do trabalho de Esdras na reforma da vida religiosa do remanescente judeu.

Rute e Ester

Os livros de Rute e Ester registram dois eventos particulares, mas não menos importantes. Rute conta a história da família de Noemi, e explica a linhagem do rei Davi através de seus ancestrais Rute e Boaz. O livro de Ester conta a história do grande livramento do povo de Deus enquanto esteve sob o domínio persa.

Mas no geral, cada um dos Livros Históricos registra acontecimentos importantes para a unidade da narrativa bíblica. Os Livros Históricos são fundamentais para o correto entendimento acerca do relacionamento de Deus com o povo da aliança. Além disso, a mensagem dos Livros Históricos aponta diretamente para a vinda do Messias como o verdadeiro Filho de Davi no qual se cumprem todas as esperanças acerca de um reino perfeito, eterno e glorioso.

Quanto aos livros que foram posteriormente contados entre os Livros Históricos pela Igreja Católica, eles se concentram no período intertestamentário, principalmente no século 2 a.C. com a resistência dos judeus aos Selêucidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close