Qual é o Lugar Onde Deus Habita?

As Escrituras falam do céu como o lugar da habitação de Deus; apesar de qualquer lugar ser limitado demais para conter Sua presença (2 Crônicas 6:21). Porém, do começo ao fim a Bíblia mostra claramente o propósito de Deus em habitar com o seu povo. No Antigo Testamento, quando Deus deu instruções acerca de como deveria ser a adoração em Israel, lemos sobre o Tabernáculo como um lugar da habitação de Deus no meio dos israelitas.

A finalidade do Tabernáculo em ser um lugar da habitação de Deus é claramente afirmada na própria ordem do Senhor a Moisés: “E me farão um santuário, e habitarei no meio deles” (Êxodo 25:8). O próprio significado do termo Tabernáculo, “habitação”, revela esse propósito.

  • Veja também: Quer melhorar o aproveitamento de suas aulas da EBD? Conheça um curso completo de formação para professores e líderes da Escola Bíblica Dominical. Conheça aqui! (Vagas Limitadas)

A habitação de Deus no Tabernáculo e no Templo

Foi Deus quem ordenou a construção do Tabernáculo para ser o lugar de Sua habitação em Israel. Todas as instruções acerca de como ele deveria ser feito partiram do próprio Senhor. Cada uma de suas partes, seu mobiliário e seus detalhes, foram especificados por Deus. Tudo foi construído com as ofertas voluntários dos israelitas (Êxodo 25:2).

O Tabernáculo basicamente era uma cabana com proporções imponentes. O santuário, especificamente, era particionado em duas salas que ficavam separadas por uma cortina. A primeira sala era chamada de Santo Lugar. Nessa sala ficavam o altar de incenso, a mesa dos pães e o candeeiro de ouro. Os sacerdotes entravam regularmente no Santo Lugar para cumprirem parte de suas obrigações.

A segunda sala era o Santo dos Santos que abrigava a Arca da Aliança. Essa sala era o lugar mais reservado do Tabernáculo. Somente o sumo sacerdote é quem tinha permissão de entrar nela uma vez por ano no Dia da Expiação. Era justamente no Santo dos Santos que a presença de Deus habitava de forma especial, tendo a Arca da Aliança como o símbolo máximo dessa habitação.

O Tabernáculo era um santuário móvel que acabou sendo substituído pelo Templo construído em Jerusalém pelo rei Salomão. Portanto, o Templo simplesmente sucedeu o Tabernáculo e tinha a mesma finalidade que ele.

Em que sentido o Tabernáculo era um lugar da habitação de Deus?

Como fica claro nos textos bíblicos, a construção do santuário foi ordenada por Deus para servir como sua habitação no meio do povo da aliança. Mas isso não significa que a presença de Deus estaria restringida ou confinada ao Tabernáculo e depois no Templo.

O próprio rei Salomão, na ocasião da dedicação do Templo, explicou esse conceito dizendo: “Mas, de fato, habitaria Deus na terra? Eis que os céus e até o céu dos céus não podem te conter; quanto menos esta casa que eu edifiquei” (1 Reis 8:27). Contudo, Salomão também sabia que Deus havia prometido que o Seu nome habitaria no santuário (1 Reis 8:30).

Então quando a Bíblia fala que o Tabernáculo era um lugar da habitação de Deus, isso significa que era ali que a presença de Deus se manifestava de forma especial ao seu povo. Naquele lugar Deus era adorado, obedecido e Seus olhos e ouvidos estavam atentos à suplica de seus adoradores (cf. 1 Reis 8:30). Portanto, jamais a habitação de Deus no Tabernáculo, e depois no Templo, poderia ser entendida no sentido de transformar o Senhor Todo-Poderoso numa divindade local (cf. Atos 7:49; 17:24).

Receber Estudos da Bíblia

A habitação de Deus na Igreja pela pessoa de Cristo através do Espírito

Quando olhamos para o Tabernáculo à luz do Novo Testamento, percebemos que ele apontava para uma realidade muito superior da habitação de Deus com seu povo que se cumpre na Igreja através de Cristo. Portanto, o Tabernáculo, e posteriormente o Templo, prefiguravam a habitação de Deus com os homens na pessoa de Jesus Cristo.

O Tabernáculo terreno era um lembrete da promessa da graciosa presença de Deus com seu povo. Então enquanto o Tabernáculo provia um acesso temporário e imperfeito ao santuário celeste através dos sacrifícios que eram oferecidos ali, Cristo proveu um acesso perfeito e permanente ao Tabernáculo celestial (Hebreus 7-10). Ele próprio é o acesso que nos conduz ao trono da graça.

Por esse motivo o Novo Testamento fala da Igreja como sendo o lugar da habitação de Deus no Espírito (Efésios 2:22). O apóstolo Paulo ensina que a Igreja é o santuário de Deus e que o Espírito Santo habita nela (1 Coríntios 3:16). Saiba por que a Igreja é o Templo do Espírito.

1 comentário em “Qual é o Lugar Onde Deus Habita?”

  1. A paz do senhor Jesus Cristo irmãos, é muito maravilhoso o estudo transmitido pelo estilo adoração está parte que está escrito em azul, poderia também deixar assim com os versículos para ficar mais fácil de lelos fica aqui a minha opinião amém?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close