Onde Fica o Mar Vermelho? Como Israel Atravessou o Mar Vermelho?

O Mar Vermelho é uma grande baía do oceano Índico localizada entre a Arábia e a África. O Mar Vermelho na Bíblia é conhecido especialmente por causa da milagrosa abertura de suas águas. A travessia do Mar Vermelho pelo povo de Israel sob a liderança de Moisés é uma das histórias bíblicas mais conhecidas.

O significado do nome do Mar Vermelho é bastante discutido. O Antigo Testamento emprega o hebraico yam suph que significa “Mar de Juncos” ou “Mar do Fim” para designar, provavelmente, toda a extensão do Mar Vermelho; incluindo seus golfos e até a região dos lagos além dele. Por isto é difícil de explicar a designação “Mar Vermelho”.

Alguns estudiosos acreditam que talvez o nome Mar Vermelho faça referência ao reflexo das montanhas avermelhadas de granito nas águas. Outros sugerem que talvez o nome tenha origem nos corais vermelhos que podem ser encontrados nas praias do mar. Há ainda quem considere que o nome Mar Vermelho tenha alguma conexão com a cor da pele avermelhada dos povos que habitavam aquela região na Antiguidade, como por exemplo, os edomitas.

Como é o Mar Vermelho? Qual é a sua localização?

O Mar Vermelho é um golfo que tem cerca de 2.400 quilômetros de comprimento e aproximadamente 240 quilômetros de largura. Ao norte, o Mar Vermelho termina numa bifurcação (Y). Cada uma de suas pontas formam pequenos golfos.

A ponta oriental é chamada de Golfo de Ácaba, e possui em torno de 160 quilômetros de extensão. O Golfo de Ácaba faz fronteira com a Arábia Saudita a leste, e com a Península do Sinai a oeste; e se junta ao vale que se estende até o Mar Morto. Em uma de suas margens estão algumas ruínas que acredita-se ser dos portos do rei Salomão (cf. 1 Reis 9:26).

A ponta ocidental é chamada de Golfo de Suez. Essa ponta possui aproximadamente 300 quilômetros de comprimento por 32 quilômetros de largura. Provavelmente nos tempos bíblicos do Antigo Testamento, o Golfo de Suez se estendia ainda mais ao norte, incluindo uma região de lagos. Nessa região estão os chamados Lagos Amargos e o Lago Menzaleh. As praias desses lagos são repletas de juntos, e talvez possam servir para explicar o antigo nome “Mar de Juncos”.

Receber Estudos da Bíblia

A travessia do Mar Vermelho

A Bíblia diz que o Mar Vermelho foi atravessado pelos israelitas durante o êxodo do Egito. Sob a liderança de Moisés, o povo de Israel partiu do Egito após as dez pragas. Mas tão logo os israelitas foram perseguidos pelo exército de faraó. Quando eles chegaram à margem do Mar Vermelho, eles pensaram que morreriam e começaram a reclamar muito (Êxodo 14:11,12).

Moisés acalmou o povo dizendo que Deus lhes daria o livramento. Então o Senhor ordenou a Moisés que dissesse aos israelitas que seguissem avante. Foi aí que Deus falou a Moisés que ele deveria erguer sua vara e estender sua mão sobre o mar, e as águas seriam divididas.

Moisés fez conforme Deus lhe falou. De um modo sobrenatural, Deus abriu as águas do mar com um forte vento oriental que soprou a noite toda. Assim os israelitas atravessaram o Mar Vermelho em terra seca. Quando o povo de Israel terminou de passar pelo mar, as águas se fecharam e os egípcios que vinham logo atrás foram destruídos (Êxodo 14:21-29).

A travessia do Mar Vermelho sempre foi alvo de muitos debates e especulação, sobretudo pela identificação do lugar em que as águas se abriram. De acordo com a passagem bíblica, obviamente os israelitas não atravessaram o centro do Mar Vermelho em si, pois a travessia durou apenas uma noite. Além disso, essa possibilidade também seria impossível geograficamente, pois não se harmoniza com a rota do êxodo.

Então provavelmente os israelitas atravessaram um dos braços do Mar Vermelho. A maior parte dos estudiosos acredita que os israelitas atravessaram o Golfo de Suez que possivelmente se unia ao norte aos Lagos Amargos.

Seja como for, mais importante do que saber onde foi a travessia do Mar Vermelho é saber que esse milagre de fato ocorreu. De forma sobrenatural Deus revelou ser soberano sobre as forças da natureza e dividiu as águas num lugar onde havia profundidade suficiente para que todo o exército de faraó fosse afogado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close