O Que Significa Sião na Bíblia? O Que é o Monte Sião?

Sião possui um significado bastante amplo na Bíblia. Apesar de seu significado etimológico ser incerto, a palavra Sião aparece várias vezes nas Escrituras assumindo diversas aplicações. Alguns intérpretes sugerem que talvez esse nome possa significar “eminência”, mas não há nada de conclusivo nesse sentido.

A Bíblia fala do “monte Sião”, da “fortaleza de Sião”, das “portas de Sião” e da(s) “filha(s) de Sião”. Por conta disto muita gente fica curiosa em saber o que significa Sião na Bíblia. Para entendermos corretamente seu significado bíblico, vamos começar pelo monte Sião.

O monte Sião na Bíblia

O nome “Sião” originalmente designava um monte fortificado localizado no sudeste de Jerusalém. Tratava-se de uma fortaleza jebusita na extremidade da montanha que foi tomada pelo rei Davi. Saiba quem foi Davi.

Segundo estudiosos, essa fortaleza de Sião tinha cerca de um quilômetro e meio de diâmetro e era guardada por um muro muito bem estruturado. Além disso, ela contava com vales íngremes ao seu redor e um abastecimento de água seguro da fonte de Giom. Por tudo isso, Sião era uma fortaleza muito difícil de ser conquistada.

No entanto, segundo o propósito de Deus, essa fortaleza foi tomada por Davi. Após a conquista, esse local foi renomeado como “Cidade de Davi” (2 Samuel 5:6-9). Davi mudou a capital de seu reino para aquele local e começou a expandi-lo, construindo seu palácio ali e uma nova cidadela.

Toda essa área passou a ser designada como Sião. Mais tarde, nos dias do rei Salomão, o Templo foi edificado numa colina um pouco além desses limites iniciais, no monte Moriá. Dessa forma, a palavra Sião também passou a designar toda área que abrangia o monte em que estava o Templo. Por isso “monte Sião” tornou-se um título poético para se referir à montanha onde ficava o Templo em algumas profecias bíblicas. Nesse último caso, o destaque dessa montanha como “monte de Sião” não estava relacionado ao seu tamanho ou imponência.

Essa designação indica especialmente o fato de que o Templo estava localizado ali. Isso significava que aquele era o lugar que Deus havia escolhido para manifestar a sua presença ao seu povo. Sob esse aspecto, Sião significava um símbolo físico da morada espiritual de Deus.

Receber Estudos da Bíblia

Diferentes significados de Sião na Bíblia

Com o passar do tempo, o nome Sião começou a ser utilizado num sentido bastante ampliado. Por exemplo: Sião pode designar na Bíblia especificamente a cidade de Jerusalém, sendo assim um sinônimo do nome dessa cidade. Em outras ocasiões essa palavra pode se referir a toda Judá ou mesmo a nação de Israel em sua totalidade (cf. 2 Reis 19:21; Salmo 149:2; Isaías 2:3; 46:13; etc.).

Além disso, a palavra “Sião” frequentemente aparece na literatura poética e profética do Antigo Testamento de forma metafórica indicando um tipo de quartel general de Deus. Nesses casos, a palavra Sião estende seu significado para transmitir o sentido de ser o local dos atos divinos de salvação e julgamento (cf. Salmo 14:7; Isaías 2:3; 4:4; 8:18; Miqueias 4:1-5; Lamentações 4:11).

O significado simbólico de Sião aparece inclusive no Novo Testamento. O escritor de Hebreus, escrevendo sobre a peregrinação terrena dos redimidos, diz que por causa de Jesus, o mediador da Nova Aliança, eles têm chegado “ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial” (Hebreus 12:22,23).

O significado espiritual de Sião também fica evidente no livro do Apocalipse. João escreve que viu, no alto do monte Sião, o Cordeiro acompanhado de seu povo (Apocalipse 14:1; cf. 21:10). Ele não viu mais o Templo terreno sob o monte Sião terreno, mas viu a habitação de Deus com seu povo sob o Sião celestial.

Isso está de acordo com o que o salmista escreve, ao dizer: “Os que confiam no Senhor são como o monte de Sião, que não se abala, firme para sempre” (Salmo 125:1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close