A História da Mulher de Ló Que Virou Estátua de Sal

A mulher de Ló foi a pessoa que ficou conhecida na Bíblia por ter sido transformada numa estátua de sal. A história da mulher de Ló está registrada em Gênesis 19:26. Apesar de a Bíblia não trazer quase nenhuma informação sobre ela, nem mesmo o seu nome, o estudo bíblico mostra que aquela mulher se tornou um exemplo contra a falta de perseverança e a desobediência diante de Deus.

A mulher de Ló aparece na Bíblia já no contexto da destruição das cidades de Sodoma e Gomorra. Ela era a esposa do sobrinho de Abraão, Ló. A Bíblia também diz que Ló tinha duas filhas, o que obviamente parece implicar que aquela mulher era a mãe das moças (Gênesis 19:8).

A mulher de Ló e a destruição de Sodoma e Gomorra

A Bíblia diz que dois anjos do Senhor foram até a cidade de Sodoma. Chegando à cidade eles foram recebidos por Ló com grande hospitalidade. O objetivo dos anjos era avisar Ló sobre a destruição iminente da cidade e tirar sua família dali antes que a destruição tivesse início.

Enquanto os anjos estavam na casa de Ló, os homens da cidade de Sodoma cercaram a casa pedindo que Ló entregasse os dois viajantes a eles. Os sodomitas queriam abusar dos dois anjos que estavam ali em forma humana (Gênesis 19:5). Os anjos do Senhor precisaram ferir todos aqueles homens com cegueira, pois os homens de Sodoma queriam arrombar a porta da casa de Ló.

Foi nesse momento que os anjos instruíram Ló a pegar sua esposa, filhas e genros e sair com toda sua família da cidade o quanto antes. O pecado de Sodoma havia chegado ao limite (Gênesis 20:12,13).

Então logo ao amanhecer, os anjos do Senhor apressaram a Ló para que deixasse logo a cidade, para que não perecessem no castigo de Deus contra aquele lugar. Parece que a família de Ló demonstrou certa hesitação em deixar a cidade – o que se harmoniza com o comportamento da mulher de Ló mais à frente – de modo que os anjos do Senhor precisaram pegá-los pela mão e tirá-los para fora da cidade pela misericórdia do Senhor.

Assim, a mulher de Ló, o próprio e suas duas filhas, foram todos conduzidos para fora da cidade e aconselhados a fugir para o monte. Nesse ponto os anjos do Senhor foram bem específicos. Um deles, inclusive, chegou a avisar que Ló, sua esposa e suas filhas deveriam fugir com determinação para salvar suas vidas. Eles não podiam olhar para trás e nem parar no meio do caminho para que não viessem a perecer (Gênesis 19:17).

Naquele contexto Ló até conseguiu negociar a possibilidade de não precisar ir para as montanhas, mas poder ficar refugiado em outra cidade. Parece que a cidade proposta por Ló estava originalmente destinada também à destruição, mas acabou sendo poupada (Gênesis 19:20-22).

Receber Estudos da Bíblia

A mulher de Ló virou uma estátua de sal

Quando o sol ainda estava saindo, Ló e sua família já estavam chegando à pequena cidade de Zoar. Então o texto bíblico diz que o Senhor fez chover enxofre e fogo sobre Sodoma, Gomorra e toda aquela campina, e tudo o que havia e vivia naquele lugar foi destruído. O que antes era um vale fértil tornou-se um lugar de desolação e esterilidade.

Foi nesse ponto que a Bíblia diz que a mulher de Ló olhou para trás e foi convertida numa estátua de sal (Gênesis 19:26). Ela desobedeceu à ordem expressa do Senhor através de seus mensageiros. Ela preferiu deixar de olhar para frente e contemplar a salvação de sua vida, para olhar para trás e contemplar a destruição e a morte.

A mulher de Ló hesitou e olhou para trás. Parece que ela tinha saído dos limites de Sodoma, mas Sodoma ainda não tinha saído dos limites do seu coração. Então juntamente com toda aquela campina, a mulher de Ló encontrou sua destruição.

Alguns estudiosos sugerem que talvez essa expressão seja uma indicação de que a mulher de Ló foi simplesmente soterrada pelos materiais que choveram durante o juízo de Deus sobre àquela região. Até hoje aquele lugar tem excesso de sal e enxofre – onde está localizado o Mar Morto. Inclusive, formações salinas em forma de pilastras de sal são frequentemente usadas por turistas que visitam a região como lembrança da história da mulher de Ló.

Mas a história da mulher de Ló traz uma lição muito séria. No Novo Testamento o próprio Senhor Jesus usou a mulher de Ló para advertir seus ouvintes sobre a insensatez de reagir com desobediência diante do juízo de Deus. Nesse sentido ele diz: “Lembrai-vos da mulher de Ló” (Lucas 17:32).

Então embora não saibamos muita coisa sobre a mulher de Ló, sabemos que não podemos repetir o seu comportamento. Aqui cabe bem a importante exortação: “Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus” (Lucas 9:62). Na obra de Deus, em nosso compromisso com o Senhor, não há espaço para a hesitação.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar