Por Que Ninguém Sabe o Dia Nem a Hora da Vinda de Cristo?

Quando a Bíblia diz que ninguém sabe o dia nem a hora do retorno de Cristo, isso significa que essa é uma informação que pertence somente a Deus. Qualquer tentativa de predizer a data do fim é inútil e não encontra qualquer base bíblica.

Inclusive, foi o próprio Senhor Jesus Cristo que advertiu que ninguém sabe o dia nem a hora de sua vinda. Falando aos seus discípulos já na semana da crucificação, nosso Senhor declarou: “Mas a respeito daquele dia e hora e ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai” (Mateus 24:36).

Na sequência, Jesus ainda comparou os dias finais da presente era com os dias de Noé. Assim como a humanidade pré-diluviana não percebeu o diluvio até que fosse tarde demais, assim também será com a humanidade nos dias que precederão a volta de Cristo (Mateus 24:37-39).

Ninguém sabe o dia nem a hora, nem mesmo os anjos e o Filho

Para algumas pessoas, o versículo em que Jesus diz que ninguém sabe o dia e nem a hora de seu retorno, tem sido um tanto quanto difícil de entender. Primeiro, Jesus disse que os anjos do céu não sabem quando será esse dia.

Aqui vale lembrar que os santos anjos estão constantemente na presença de Deus (Isaías 6:1-3; Mateus 18:10). Além disso, o ministério dos anjos do Senhor também é diretamente relacionado aos eventos do fim. No dia da segunda vinda de Cristo, os anjos cumprirão um papel importante (cf. Mateus 13:41; 24:31; Apocalipse 14:19). Mesmo assim, não foi dado aos anjos saber o momento exato em que todas essas coisas se darão.

Segundo, Jesus disse que nem mesmo o Filho, isto é, Ele mesmo, tinha conhecimento sobre esse momento. Sem dúvida essa é parte do versículo que mais causa dificuldade nas pessoas. Afinal, como Jesus poderia declarar que nem mesmo Ele sabia o dia de seu próprio retorno?

Obviamente esse versículo precisa ser considerado à luz da doutrina da Encarnação. Quando o Filho de Deus encarnou, Ele assumiu uma natureza humana completa. Ele se tornou verdadeiro homem, ainda que jamais tenha deixado de ser verdadeiro Deus. Então isso implica que, a partir da encarnação, a única pessoa de Cristo existe em duas naturezas: humana e divina.

É errado pensar que durante seu ministério terreno Jesus alternava entre uma natureza e outra. Se tivéssemos falando de duas pessoas, uma divina e outra humana, isso até poderia ser possível. Mas estamos falando de duas naturezas numa só pessoa. Então o entendimento correto é que Jesus sempre agiu na unidade de sua pessoa divino-humana.

Então por mais que tenhamos extrema dificuldade de entender como isso pode ser possível, a verdade é que enquanto pelo prisma de sua natureza divina Cristo jamais deixou de ser onisciente, pelo prisma de sua natureza humana ele demonstrava desconhecimento de certos fatos; pois Ele estava sujeito a todas as limitações comuns aos homens. Como homem, em seu estado de auto humilhação, Jesus de fato podia dizer que também não sabia o dia e a hora de seu retorno.

Receber Estudos da Bíblia

Não podemos cair no erro de tentar marcar o dia e a hora

Apesar de o próprio Senhor Jesus ter ensinado que, de fato, ninguém sabe o dia nem a hora de seu retorno, mesmo assim muita gente se esforça em tentar prever esse momento; e até mesmo a marcar uma data para que isso ocorra.

Ao longo da história do Cristianismo, infelizmente vários grupos chegaram a marcar oficialmente uma data. Inclusive, em algumas dessas vezes várias pessoas correram para os seus telhados para aguardarem a chegada de Cristo na suposta data marcada. É claro que isso tudo não passa de tolice e revela a pecaminosidade da presunção humana.

Também é verdade que muitas vezes esse tipo de atitude é resultante de uma interpretação equivocada dos textos bíblicos que indicam alguns sinais que precederão o Dia do Senhor. O problema é que muitas pessoas confundem os sinais com o fim, mas os sinais não são o fim. De forma simples, podemos pensar no Dia do Senhor como um parto, e os sinais como as contrações. As contrações não são o parto, mas apenas avisam que o parto se aproxima.

Obviamente todos os cristãos verdadeiros desejam que Cristo venha o quanto o antes, mas isso não lhes dá o direito de pensar que podem determinar a agenda de Deus. Devemos ser gratos ao Senhor por Ele ter achado por bem nos revelar através de sua Palavra como será o desfecho final da história. Mas os detalhes sobre como e quando tudo isso acontecerá, pertencem ao campo de sua vontade secreta.

Em resumo, aquilo que Deus nos revelou deve ser alvo do nosso interesse; mas aquilo que Ele não nos revelou não é da nossa conta (Deuteronômio 29:29). Então sabemos com certeza que Cristo voltará porque Deus nos revelou isso Escritura; mas o dia e hora ninguém sabe, porque essa informação pertence somente a Deus.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar