Por Que a Bíblia Diz Que o Mundo Jaz no Maligno?

O versículo que diz que “o mundo jaz no Maligno” significa que o mundo todo está, de certa forma, sob o controle de Satanás (1 João 5:19). Isso implica na verdade de que ninguém é capaz de escapar da influência do diabo e da tentação e condenação do pecado sem o socorro de Deus.

É o apóstolo João quem declara que o mundo jaz no Maligno. Essa frase está registrada num texto em que o apóstolo faz um contraste entre os filhos de Deus e os filhos do diabo. Como fica claro, a palavra “maligno” nesse contexto é usada por João como uma referência a Satanás.

Em seu texto o apóstolo fala da fé que vence o mundo. Ele explica que só quem é nascido de Deus é quem possui a fé genuína e crê que Jesus é o Cristo. Em outras palavras, João diz que a fé verdadeira é uma evidência do novo nascimento (1 João 5:1-12).

Consequentemente, o apóstolo ensina que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado. Isso porque é o próprio Cristo quem guarda o seu povo impedindo que o maligno lhe toque.

Então é nesse ponto que o apóstolo indica que na verdade só existem dois grupos de pessoas: os filhos de Deus e os filhos de Satanás. É exatamente essa realidade que João expõe ao dizer: “Sabemos que somos de Deus e que o mundo jaz no Maligno” (1 João 5:19). Perceba que não há uma terceira possibilidade. Ou uma pessoa pertence a Deus, ou ela pertence ao sistema corrupto e iníquo deste mundo que é dominado por Satanás.

Receber Estudos da Bíblia

O mundo jaz no Maligno, mas não pertence a ele

A declaração “o mundo jaz no Maligno” jamais teve ser entendida como se Satanás fosse soberano neste mundo. Na verdade João diz que todo o mundo está sob o controle do Maligno, mas não diz que o mundo pertence a ele.

O que a Bíblia deixa claro é que desde a Queda do Homem Satanás assumiu o controle deste mundo caído através do engano (Gênesis 3:1-19). Ele tem se empenhado em cegar o entendimento dos homens distanciando-os cada vez mais da verdade. Por isso o próprio Jesus chama Satanás de “príncipe deste mundo” (cf. João 12:31; 14:30; 16:11).

Contudo, isso não significa que ele possui plena autonomia para fazer e desfazer como quiser. O correto é entender que Satanás opera dentro da soberania Deus. Ele nunca pode ir além do que Deus lhe permite. A história de Jó é um exemplo claro disso (Jó 2:6).

O episódio da tentação de Jesus também nos ajuda a compreender a declaração de que o mundo jaz no Maligno. O texto bíblico diz que Satanás mostrou ao Senhor Jesus todos os reinos do mundo. Daí ele disse: “Dar-te-ei todo este poder e a glória destes reinos, porque me foram entregues, e dou-os a quem quero” (Lucas 4:6). Perceba que o próprio Satanás diz que a autoridade que ele possui não lhe pertence em origem, mas que lhe foi dada.

Então é considerando tudo isso que o apóstolo João escreve que o mundo jaz no Maligno. No entanto, Satanás sabe que sua atuação é limitada e que seu tempo é curto (cf. Apocalipse 9:1-6; 13:5-7). Ele sabe que Jesus Cristo veio ao mundo para destruir suas obras e lançá-lo fora. Ele já foi derrotado irreversivelmente por Jesus na cruz, e o dia de sua ruína final já está determinado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close