Últimos Posts
Casa / Perguntas e Respostas Bíblicas / O Que São Principados e Potestades?

O Que São Principados e Potestades?

Principados e potestades são termos utilizados na Bíblia para se referir tanto a reis e governantes que estão em posição de autoridade como a anjos e demônios, isto dependendo do contexto de cada passagem. Neste estudo bíblico entenderemos um pouco mais sobre o que significa “principados e potestades” e sua aplicação no texto bíblico.

O significado de principados e potestades na Bíblia

A expressão “principados e potestades” é utilizada em diferentes contextos no Novo Testamento. Escrevendo a Tito, o apóstolo Paulo utilizou essa expressão para se referir aos reis e governantes que os cristãos devem se submeter devido à autoridade que exercem (Tt 3:1). O mesmo conceito também aparece na Carta de Paulo aos Romanos, quando mais uma vez o apóstolo se referiu à importância do cristão respeitar as autoridades (Rm 13:1-7).

No entanto, o apóstolo Paulo também utilizou a expressão “principados e potestades” para se referir a anjos (Ef 3:10; Cl 1:16; cf. 1Pe 3:22) e demônios (Ef 6:12; Cl 2:15).

Em Efésios 6:12 somos alertados que nossa luta, em primeiro lugar, não é contra os homens que são movidos e dominados pelo pecado, mas contra “os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais”.

Já em Colossenses 2:15 temos a maravilhosa notícia de que nossa vitória está garantida porque Cristo despojou os principados e potestades e publicamente os expôs ao desprezo, triunfando sobre esses poderes malignos na cruz. O resultado disto é que nada poderá nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus (Rm 8:38).

Antes, no mesmo capítulo 3 de Colossenses, Paulo ensina que por estarmos unidos com Cristo, n’Ele estamos aperfeiçoados, ou seja, não precisamos de mais nada para nos completar pois Cristo é a fonte que fornece tudo o que precisamos para esta vida e para a vida futura na eternidade, e que seria uma enorme tolice recorrer a principados e potestades, pois encontramos a plenitude naquele que é “o cabeça de todo o principado e potestade”.

A melhor interpretação para essa última colocação de Paulo sugere que à parte de Cristo os anjos bons nada podem fazer para auxiliar os crentes, e principalmente por causa d’Ele o mal não pode fazer dano ao verdadeiro cristão. Cristo é o supremo Soberano sobre tudo e sobre todos.

Ainda em Colossenses 1:16, Paulo escreveu dizendo que em Cristo “foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por Ele e para Ele”. Com isto o apóstolo estava enfatizando que Cristo é o Senhor sobre tudo o que existe, inclusive sobre a hierarquia angélica que os cristãos de Colossos pensavam que precisavam adorar devido ao ensino de falsos mestres.

Receber Estudos da Bíblia

Em outras palavras Paulo está dizendo que nenhum ser angelical tem poder fora de Cristo, nem mesmo podem existir sem Ele, e com relação a nossa salvação toda suficiência está em Cristo.

Em Efésios 3:10 o significado de “principados e potestades” é bastante discutido, sendo que alguns comentaristas entendem que essa é uma expressão neutra que se refere aqui principalmente aos anjos de Deus, mas não exclui os anjos caídos, enquanto outros entendem que se trata exclusivamente de anjos bons. Por fim, há outros que defendem que se trata apenas de anjos maus. Particularmente penso que o contexto favorece a interpretação de que a expressão “principados e potestades” neste caso se refere aos anjos de Deus, diferente de Efésios 6:12 onde a referência é claramente aos anjos caídos.

Já em Efésios 2:2 a expressão “príncipe da potestade do ar” é aplicada para se referir a Satanás. Em 1 Coríntios 15:24 Paulo faz menção à profecia messiânica em Sl 110:1 ao enfatizar que a obra da redenção alcançará sua plena realização quando Cristo tiver “destruído todo principado, bem como com toda potestade e poder”.

Em 1 Pedro 3:22 encontramos uma expressão semelhante quando o apóstolo Pedro enfatiza a posição exaltada de Cristo à destra de Deus, “ficando-lhe subordinados anjos, e potestades, e poderes”.

Assim, de forma geral podemos concluir que a expressão “principados e potestades” geralmente é aplicada no Novo Testamento para se referir à hierarquia e ao poder que existe entre esses seres espirituais, tanto os bons quanto os maus, sendo que o contexto indicará qual a melhor designação.

Sobre Daniel Conegero

Daniel Conegero
Daniel Conegero é o líder do Projeto Estilo Adoração. Começou a pregar a Palavra de Deus com apenas 3 anos de idade. Aos nove anos começou a compor e liderar o louvor na igreja. É professor de Teologia e também da Escola Bíblica Dominical na igreja em que congrega. É formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Além disso, verifique

Ósculo Santo

O Que é Ósculo Santo?

Ósculo santo era um tipo de saudação comum na Igreja Primitiva, onde os cristãos cumprimentavam ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *