O Que Significa Ação de Graças na Bíblia?

A expressão “ação de graças” significa um agradecimento a Deus. Geralmente essa expressão é usada na Bíblia para indicar uma atitude de alguém em reconhecimento ao favor do Senhor derramado sobre sua vida.

Mas apesar de “ação de graças” ser uma expressão muito popular no mundo inteiro, não são todas as pessoas que compreendem o seu verdadeiro significado. As pessoas até podem se mostrar agradecidas em diversas situações, mas para que haja uma verdadeira ação de graças, as pessoas precisam ter uma compressão apropriada do ser de Deus e de sua obra conforme revelados na Escritura.

A verdade é que todos deveriam dar ação de graças ao Senhor. Porém, os homens caídos rejeitam a verdade de Deus pela mentira; eles trocam a glória que pertence a Deus por “imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis” (Romanos 1:23). Por isso Deus os entregou aos seus próprios desejos pecaminosos.

Diante dessa realidade, é fácil perceber que somente o cristão verdadeiro é que pode expressar sua gratidão ao Senhor da maneira correta. Primeiro, ele reconhece que Deus é o único Criador de todas as coisas (Gênesis 1). Segundo, ele entende que Deus não somente é o Criador, mas também o Sustentador da criação. Todo ser que existe neste mundo deve sua existência ao Deus Todo-Poderoso (cf. Atos 17:28). Terceiro, ele enxerga Deus como o Provedor da salvação, e recebe o dom da vida eterna mediante a fé na pessoa e obra de Cristo.

A ação de graças na Bíblia

Na Bíblia, há várias ocorrências de ações de graças ao Senhor. Inclusive, nos tempos do Antigo Testamento havia uma oferta especial de ação de graças na liturgia do povo de Israel — geralmente identificada como uma oferta pacífica (Levítico 7:12-15). Além disso, no calendário religioso de Israel, também havia certas festividades que expressavam a gratidão do povo de Deus pelas bênçãos e provisões divinas (cf. Êxodo 23; 34:22,23; Levítico 23; Números 29; Deuteronômio 16; etc.).

No Antigo Testamento ainda podemos encontrar diversos salmos de ações de graças (Salmos 18; 66; 138; etc.). Esses salmos registram a gratidão do salmista por ter sido ouvido pelo Senhor e socorrido com benevolência e misericórdia no tempo de sua angústia. Inclusive, esse tipo de salmo de ação de graças serve de modelo para o cristão de hoje expressar o seu agradecimento a Deus.

Já no Novo Testamento, os crentes são chamados a uma vida caracterizada pela ação de graças ao Senhor. A maioria das pessoas possui uma habilidade natural para pedir, e nem todas elas se atentam à importância de agradecer. Mas os redimidos devem se ocupar em agradecer ao Senhor continuamente.

Receber Estudos da Bíblia

O cristão deve dar ação de graças ao Senhor

O povo de Deus é conclamado a em tudo dar graças, porque essa é a vontade de Deus em Cristo Jesus (1 Tessalonicenses 5:18). Essa é uma recomendação muito séria, porque implica no fato de que quando o cristão é negligente em render ação de graças, ele acaba desobedecendo a vontade de Deus.

Nesse sentido, as orações dos crentes devem sempre expressar sua gratidão ao Senhor (Filipenses 4:6; Colossenses 4:2). Inclusive, o apóstolo Paulo explica que as bênçãos da salvação e a resposta de Deus às nossas orações, possuem o propósito de transbordar as ações de graças para a glória de Deus (2 Coríntios 4:15; cf. Efésios 1:12). O mesmo apóstolo ainda ensina que até mesmo pela ministração dos nossos recursos em favor de outros necessitados, Deus é glorificado através de ações de graças (2 Coríntios 9:11,12).

Por fim, as ações de graças não caracterizam somente a vida da Igreja nesta terra. Na verdade, a vida eterna ao lado de Deus na bem-aventurança celestial, será uma vida marcada pela adoração e pelo agradecimento ao Senhor por suas grandes obras e seus atos redentores (cf. Apocalipse 4:11; 7:12; 11:17).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar