O Que Significa El Shaday e El Elyon?

El Shaday, ou El Shaddai e El Elyon, são nomes utilizados na Bíblia para se referir a Deus. Esses nomes são formados por duas palavras, sendo a primeira delas o termo El, acompanhada de um adjetivo ou substantivo, isto é, Shaday e Elyon. Assim, antes de entendermos o significado de El Shaday e El Elyon, precisamos conhecer um pouco mais sobre a palavra El.

O significado de El

O hebraico El é um dos termos mais antigos para se referir a Deus, sendo também a palavra mais comum, em suas formas cognatas, para designar uma divindade nos povos de língua semita, por exemplo, babilônios, fenícios e os próprios hebreus. No entanto, com aproximadamente 208 ocorrências, esse termo não é o mais usual no Antigo Testamento para se referir a Deus, onde é preferido, por exemplo, o hebraico Elohim.

Apesar de não se saber o significado exato dessa palavra, especialmente pela dificuldade em se determinar com certeza sua origem, é bem provável que ela transmita a ideia de força e poder. Assim, geralmente é aceito que seu significado nas línguas semitas seja “aquele que é forte”, sendo aplicada para designar um ser poderoso em seu sentido mais amplo, seja o Deus verdadeiro ou um deus falso.

Quando aparece em sua forma plural, Elim, geralmente o contexto sugere que sua melhor tradução seja “deuses”, no sentido de ídolos construídos por homens (cf. Isaías 44:10,15,17). Entre os cananeus, El era o nome do deus chefe do panteão cultuado por eles.

No Antigo Testamento, quando aplicado entre os israelitas para se referir ao verdadeiro Deus, El muitas vezes aparece como parte de um nome composto, por exemplo, “El Shaday”. Às vezes, em uma única passagem, El aparece combinado a outras palavras que também são utilizadas para se referir a Deus.

Um exemplo interessante desse tipo de caso pode ser visto em Deuteronômio 5:9, onde se lê: “Não adorarás, nem lhes darás culto; porque eu, o Senhor (Yahweh), teu Deus (Elohim), sou Deus (El) zeloso”.

O significado de El Shaday

Depois de entendermos o significado e aplicação do termo El, agora podemos facilmente entender o significado do nome composto El Shaday. Shaday ou Shaddai, é uma palavra hebraica que significa “Todo-Suficiente” ou “Todo-Poderoso”.

Logo, a combinação El Shaddai é traduzida como “Deus Todo-Poderoso”. Alguns intérpretes acreditam que originalmente El Shaday significava “Deus das montanhas”, uma expressão que denota o sentido de onipotência.

Em Gênesis 17:1, encontramos um dos exemplos mais conhecidos do emprego desse nome nas Escrituras. Quando Deus chamou Abraão, Ele se apresentou como sendo o El Shaday: “Eu sou o Deus (El) Todo-Poderoso (Shaday)”.

Na Septuaginta e no Novo Testamento, El Shaday é traduzido pelo grego Pantokrator, que significa “O Todo-Poderoso” (2 Coríntios 6:18; Apocalipse 1:8). Na Vulgata Latina, o grego Pantokrator geralmente é traduzido como Omnipotens, de onde deriva o português “onipotente”. Saiba mais sobre o significado de onipotência.

O significado de El Elyon

O hebraico Elyon é traduzido como “Altíssimo”, e seu significado possui o sentido de “superior” ou “altamente elevado/exaltado”. O nome composto El Elyon, então pode ser traduzido como “Deus Altíssimo”, e aparece em destaque em Gênesis 14:18-20, como sendo o título do Deus adorado pelo rei e sacerdote Melquisedeque.

Tanto o rei Davi no Salmo 110:4, quando o escritor do livro de Hebreus no Novo Testamento, entenderam que El Elyon, o Deus Altíssimo adorado por Melquisedeque, é um título para o único Deus verdadeiro, o Deus de Israel (Hebreus 7:1-3).

A palavra Elyon, de forma exclusiva, também é encontrada algumas vezes nas Escrituras (cf. Números 24:16). Às vezes ela também aparece combinada com outros nomes, como Javé (cf. Salmos 7:17). Nos textos em aramaico do livro de Daniel, é utilizado o termo Illaya, equivalente aramaico do hebraico Elyon (Daniel 2:4; 4:17; 7:25-28).

No Novo Testamento, apalavra grega que é usada de forma similar ao hebraico Elyon é Hupsistos, que significa “digníssimo” ou “o mais elevado” (cf. Marcos 5:7; Atos 7:48; Hebreus 7:1).

Outros nomes e títulos compostos para Deus com o termo El

Além de El Shaday e El Elyon, outros nomes compostos com o termo El são utilizados para se referir a Deus. De forma geral, esses nomes compostos apontam para os atributos de Deus. Alguns exemplos são:

  • El Olam: significa “o Deus Eterno”, indicando, como fica claro, a eternidade de Deus (Gênesis 21:33; “Senhor Deus Eterno” – Yahweh El Olam).
  • El-Elohe-Yisra’el: expressa o relacionamento especial de Deus com Israel. Esse título descritivo foi pronunciado por Jacó após seu nome ter sido trocado para Israel, e significa “Deus é o Deus de Israel” (Gênesis 33:20).
  • El Roi: significa “o Deus que vê”. Aparece em Gênesis 16:13 quando Agar invocou a Deus no deserto.

Nomes próprios de pessoas que incluem a palavra El

Vários nomes de personagens bíblicos possuem em sua fórmula o termo El. Esses nomes eram frequentemente utilizados por pais religiosos que expressavam sua fé e gratidão a Deus através do nome de seus filhos. Alguns exemplos são: Daniel, “El é meu Juiz”; Natanael, “El deu” (no sentido de dádiva); Ismael, “El ouve”; Misael, “Quem é como El?”; etc.

Concluindo, tanto os nomes El Shaday e El Elyon , assim como os demais nomes e títulos compostos que utilizam o termo El, transmitem em seus significados algumas das qualidades ou perfeições de Deus.

Aplicativo de Estudo Bíblico

Você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.