O Que Significa Galileu?

Galileu é a pessoa nativa da Galileia, porém o significado do termo galileu não se refere apenas à localização geográfica de nascença ou habitação de alguém, mas também a um tipo de linha cultural. Neste texto vamos entender melhor como esse termo é aplicado na Bíblia.

Quem eram os galileus na Bíblia?

Nos textos bíblicos, os galileus muitas vezes aparecem como sendo pessoas simples, generosas, piedosas, nacionalistas, intempestivas e, em alguns casos, um tanto quanto incultas, embora não possamos generalizar nenhuma dessas características como sendo comum a todos os galileus.

Também é possível que os galileus geralmente fossem mais helenísticos que os judeus. A Galileia ficava separada da Judéia em aproximadamente 100 quilômetros. Saiba mais sobre a Galileia no tempo de Jesus.

Alguns costumes dos galileus eram diferentes dos habitantes da Judéia, bem como suas práticas religiosas também eram mais simples, ou seja, eles não estudavam a Lei com a mesma profundidade com que os judeus a estudavam. Assim, os fariseus usavam a designação “galileu” como um tipo de censura.

Isto é o que podemos notar claramente no Evangelho de João, onde lemos o registro das pessoas que esboçavam certo preconceito para com os galileus, entendendo que não seria possível que um profeta viesse da região da Galileia (Jo 7:41,52).

Receber Estudos da Bíblia

Na verdade, a afirmação dessas pessoas registrada na passagem de João citada acima é bastante falha. Na ocasião, os fariseus desafiaram Nicodemos a examinar as Escrituras e descobrir que não há menção de nenhum profeta galileu.

Entretanto, eles se esqueceram do profeta Jonas que era dessa região (2Rs 14:25; cf. Jn 1:1), além de que existe alguma possibilidade de talvez Oséias e Naum também terem vindo desse mesmo lugar. Seja como for, é claro que essa afirmação era mais um tipo de rejeição sofrida por Cristo.

Diante disso, alguns estudiosos entendem que tal afirmação não significava exatamente que nenhum profeta poderia ser galileu, mas que o Messias não poderia vir da Galileia.

Com base no texto do Novo Testamento que descreve o episódio da prisão de Jesus, podemos perceber que o sotaque dos galileus, mais carregado para o aramaico, podia ser facilmente identificado pelas pessoas. Na ocasião, o apóstolo Pedro negou conhecer Jesus, mas sua pronuncia o denunciou como galileu (Mt 26:73; Mc 14:70).

Com exceção de Judas Iscariotes, os demais apóstolos que formavam o grupo dos doze apóstolos de Jesus eram galileus, sendo que Pedro, consequentemente os demais apóstolos e até mesmo o próprio Jesus, foram chamados explicitamente de galileus em algumas ocasiões (Mt 26:69; Mc 14:70).

Em Atos 2:7, na descrição sobre o que ocorreu no dia de Pentecostes com o derramamento do Espírito Santo e o dom de línguas, o texto bíblico registra que as pessoas ficaram atônitas e admiradas diante daqueles galileus, que como já foi dito, possuíam um grande sotaque ao falar aramaico e grego, porém agora estavam falando sem nenhuma dificuldade várias línguas estrangeiras, de modo que as pessoas de diferentes nacionalidades podiam ouvir o Evangelho cada um em seu idioma natal.

Tag
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close