O Que Significa “O Temor do Senhor é o Princípio da Sabedoria”?

Dizer que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria significa que a reverência a Deus é fundamental para que alguém tenha verdadeiramente conhecimento. Esse temor é a própria fonte da sabedoria. O ímpio até pode fazer declarações inteligentes e criar sistemas filosóficos complexos. Mas a menos que ele tenha comunhão com Deus através de um relacionamento redentor, ele jamais terá acesso ao genuíno conhecimento absoluto.

Temer ao Senhor é admirá-lo de forma amorosa, reverente e submissa. O salmista fala sobre o temor do Senhor dizendo: “Arrepia-me a carne com temor a ti, e temo os teus juízos” (Salmo 119:120). O temor é a maneira correta de alguém se aproximar de Deus com reverência e respeito. Esse temor é puro e permanece eternamente (Salmos 19:9).

O rei Davi escreve que no coração do ímpio não há temor de Deus (Salmo 36:1). O ímpio não tem a verdadeira fé que dá origem ao temor do Senhor em resposta à Sua revelação como o Deus Todo-Poderoso, Criador dos céus, da terra e do mar, e tudo que neles há; e que como tal, merece ser reconhecido e glorificado. O temor do Senhor é o princípio da sabedoria porque aqueles que possuem esse temor reconhecem sua total dependência de Deus.

A frase “o temor do Senhor é o princípio da sabedoria” transmite a verdade de que o reconhecimento de Deus como Criador, Senhor e Redentor é o ponto de partida regulador e normativo do verdadeiro conhecimento.

Vários versículos bíblicos trazem o conceito de que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria. Mas são alguns versos dos livros de Salmos e Provérbios que trazem essa declaração de forma específica. Vejamos a seguir:

Versículos que falam que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria

No livro de Salmos, o salmista escreve: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; revelam prudência todos os que o praticam. O seu louvor permanece para sempre” (Salmo 111:10). Isso indica que aquele que teme ao Senhor é sábio e prudente.

O escritor de Provérbios diz: “O temor do Senhor é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino” (Provérbios 1:7). Essa ideia de respeito e reverência a Deus é o princípio controlador da mensagem de Provérbios. Do começo ao fim o livro de Provérbios diz que o temor do Senhor é a única base para o verdadeiro conhecimento.

O escritor bíblico diz que os loucos desprezam a sabedoria e o ensino. Deus derrama de sua graça comum sobre todos; e por isso os incrédulos são capazes de demonstrar conhecimento sobre o mundo. Mas mesmo que eles se esforcem em adquirir mais e mais conhecimento, ainda assim eles acabam desprezando a sabedoria e o ensino; agindo como loucos.

O motivo disto é a falta do temor do Senhor que os impede de entender o que realmente os mistérios desta vida significam (Provérbios 1:29). Não raramente nos deparamos com pessoas que são, ao mesmo tempo, tão inteligentes e tão ignorantes. Isto acontece porque o princípio de seu saber não está fundamentado no temor do Senhor; essas pessoas não conseguem olhar para Deus como o Criador de todas as coisas; e não conseguem enxergar o mundo como obra de Suas mãos para o louvor de Sua glória.

Ainda no livro de Provérbios lemos mais um verso que diz: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é prudência” (Provérbios 9:10). E também: “O temor do Senhor é a instrução da sabedoria, e a humildade precede a honra” (Provérbios 15:33). O escritor de Jó também registra algo semelhante: “Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é o entendimento” (Jó 28:28).

Receber Estudos da Bíblia

Consequências do temor do Senhor

Além de dizer que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria, a Bíblia também diz que:

  • O temor do Senhor é tanto o princípio da sabedoria como também o alvo da sabedoria (Provérbios 2:5). O crente está envolvido num processo contínuo e progressivo onde ele teme e conhece mais e mais o Senhor.
  • O temor do Senhor, juntamente com o galardão do humilde, são riquezas, honra e vida (Provérbios 22:4).
  • O pouco com o temor do Senhor é muito melhor do que um grande tesouro onde há inquietação (Provérbios 15:16).
  • O temor do Senhor é fonte de vida. Através dele os laços da morte são evitados (Provérbios 14:27).
  • O coração do justo jamais deve invejar os pecadores; mas deve permanecer no temor do Senhor todo dia (Provérbios 23:17).
  • Quem teme a Deus odeia o mal. Essa pessoa reprova a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa (Provérbios 8:13).
  • O temor do Senhor encaminha para a vida e faz o temente encontrar plena satisfação (Provérbios 19:23).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close