Qual o Significado de Paracleto na Bíblia?

Paracleto significa literalmente “chamar para o lado”, no sentido de alguém que é chamado para ficar ao lado de outra pessoa com o objetivo de ajudá-la. A palavra paracleto aparece na Bíblia cinco vezes no Novo Testamento – todas nos escritos de João. Quando aplicada ao Espírito Santo, geralmente essa palavra é traduzida como “Consolador”, “Ajudador” ou “Conselheiro”.

Paracleto é uma palavra grega cuja raiz vem do verbo kaleo, “chamar”, junto do prefixo para, “ao lado de”. Na cultura grega, normalmente um paracleto era um advogado de família que era acionado para ajudar uma pessoa que se envolvia em problemas. Então a figura do paracleto era vista principalmente como um defensor legal que cuidava da defesa de uma pessoa.

Cristo como o Paracleto

Sempre quando se usa a palavra paracleto as pessoas se lembram do Espírito Santo. Mas não podemos jamais nos esquecer de que Jesus é também um Paracleto. Quando Jesus Cristo prometeu a vinda do Paracleto – e nesse caso Ele estava se referindo ao Espírito Santo – ele não disse simplesmente que “o Paracleto” seria enviado, mas disse que “outro Paracleto” seria enviado (João 14:16).

Para haver “outro Paracleto” é preciso que haja um primeiro Paracleto. Então isso quer dizer que numa primeira aplicação, a palavra Paracleto se refere ao próprio Jesus Cristo. Além disso, Jesus prometeu que rogaria ao Pai e Ele daria o “outro Paracleto”, e na sequência acrescenta que esse segundo Paracleto é o “Espírito da Verdade” (João 14:17). Então obviamente essa é uma evidência clara da divindade do Senhor Jesus, pois Ele se coloca claramente como igual ao Espírito de Deus.

Mas em que sentido o Senhor Jesus é o nosso Paracleto? O apóstolo João responde: “Se, porém, alguém pecar, temos um Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo” (1 João 2:1). A palavra advogado nesse versículo traduz exatamente o grego paracleto. Algumas traduções trocam “advogado” por “intercessor”.

Isso quer dizer que Jesus é o nosso Paracleto que intercede em nosso favor diante do Pai; Ele é quem pleiteia a nossa causa. Ele nos defende não com base em nossa própria justiça e merecimento, mas com base em Sua justiça e Seus próprios méritos.

Além disso, olhar para Jesus como nosso Paracleto ainda traz um conforto indescritível. Isso porque em Sua exaltação, todo julgamento foi confiado a Ele (João 5:22). Portanto, Ele é tanto o nosso Paracleto quanto o nosso Krites, isto é, tanto o nosso Advogado quanto o nosso Juiz.

Receber Estudos da Bíblia

O Espírito Santo como o outro Paracleto

Se Jesus é o primeiro Paracleto, o Espírito Santo é o outro Paracleto. Claro que essa verdade bíblica aponta de forma inegável para a divindade e pessoalidade do Espírito Santo. Isso quer dizer que se Jesus é Deus, o Espírito Santo também é; se Jesus é uma pessoa, o Espírito Santo igualmente é. Ambos são verdadeiramente Paracletos iguais em poder, glória e majestade, pois juntamente com o Pai são Um em essência, isto é, o único e verdadeiro Deus.

Mas aqui também é preciso dizer que muita gente interpreta errado o ministério do Espírito Santo como Paracleto. Quando perguntamos o que significa dizer que o Espírito Santo é o nosso Paracleto, a maioria das pessoas responde que significa que Ele é o nosso Consolador.

Claro que faz parte do ministério do Espírito Santo trazer consolo, conforto e paz aos crentes aflitos. Mas não devemos enxergar o Espírito Santo como um mero enxugador de lágrimas – que é o primeiro significado que vem em nossa mente quando pensamos na figura de um consolador.

Na verdade Jesus falou do Espírito Santo como o nosso Paracleto num contexto de conflito, de perseguição e de ódio. O Senhor Jesus avisou que Seus seguidores enfrentariam grande oposição por Sua causa (João 15:18-16:4). Ele não estaria mais fisicamente presente com eles, mas enviaria outro Paracleto para assisti-los.

Portanto, o Espírito Santo como Paracleto significa que Ele é o defensor, o fortalecedor o encorajador dos crentes. Os redimidos não estão desamparados neste mundo, eles têm um Advogado presente aqui e agora. Se Cristo é o nosso Paracleto diante do Pai, o Espírito Santo é o nosso Paracleto diante da hostilidade deste mundo.

É pelo poder do Espírito Santo que somos santificados, conduzidos em toda verdade e habilitados a vestir a armadura de Deus através de uma vida de oração (João 14:16,26; 15:26; 16:7; Efésios 6:10-20). E até mesmo quando não sabemos como orar, como um bom Advogado, o Espírito Santo fala por nós com gemidos inexprimíveis (Romanos 8:26).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar