O Que Significa Paraíso? O Que é o Paraíso na Bíblia?

Paraíso significa um lugar de bem-aventurança e plena felicidade. Mas a palavra “paraíso” na Bíblia é usada em vários sentidos, o que torna necessário um exame do contexto para definir seu significado com mais precisão. Obviamente o sentido bíblico mais conhecido para a palavra paraíso é como um sinônimo do céu.

O significado de paraíso no Antigo Testamento

A palavra paraíso no Antigo Testamento vem do hebraico pardes. Dependendo da tradução bíblica, essa palavra foi traduzida como “bosque”, “jardim”, “mata” ou “pomar”. Essa palavra é derivada de uma antiga palavra persa para “jardim cercado”.

Essa palavra hebraica para paraíso aparece originalmente no Antigo Testamento apenas em três ocasiões (Neemias 2:8; Eclesiastes 2:5; Cantares 4:13). Mas em todas elas seu significado indica literalmente um jardim ou pomar.

O Jardim do Éden sempre foi considerado como o primeiro paraíso. Por esse motivo a Septuaginta traduz sua designação hebraica com a palavra grega paradeisos, que literalmente significa “paraíso”. Mas curiosamente a palavra paraíso jamais é aplica no Antigo Testamento no sentido escatológico, isto é, como designação da morada do povo de Deus após a morte (estado intermediário) ou após a ressurreição (estado eterno).

O significado de paraíso no Novo Testamento

No Novo Testamento a palavra paraíso traduz o grego paradeisos. Assim como no Antigo Testamento, essa palavra também ocorre somente três vezes (Lucas 23:43; 2 Coríntios 12:4; Apocalipse 2:7). Mas em todas essas ocorrências a palavra paraíso é usada no sentido escatológico, seja em seu estado intermediário, seja em seu estado final.

O Senhor Jesus Cristo usou essa palavra enquanto estava crucificado (Lucas 23:43). Ele disse ao ladrão que naquele mesmo dia eles estariam juntos no paraíso. Obviamente então o significado de paraíso nesse contexto implica no lugar de bem-aventurança para onde vão as almas dos redimidos imediatamente após a morte.

Essa mesma ideia também está presente na história do rico e Lazaro, apesar de a palavra paraíso não ser empregada literalmente. Nessa história contada por Jesus a expressão “seio de Abraão” carrega o significado de paraíso (Lucas 16:19-31).

A segunda aplicação da palavra paraíso no Novo Testamento foi feita pelo apóstolo Paulo. Falando na terceira pessoa, ele diz ter tido uma experiência de ser arrebatado até o paraíso. Lá ele ouviu palavras inefáveis que não lhe foi permitido repetir (2 Coríntios 12:2-4). Nesse caso novamente a palavra paraíso significa o céu com sua glória. Esse é o local da morada de Deus juntamente com seus anjos e com os santos que já morreram. Na mesma passagem o apóstolo usa a expressão “terceiro céu” como sinônimo de paraíso.

No livro do Apocalipse está a única passagem bíblica em que a palavra paraíso é aplicada como referência principal ao lugar preparado por Deus para o seu povo após a consumação dos séculos (Apocalipse 2:7). Essa passagem traz a maravilhosa promessa de que Cristo dará de comer da árvore da vida que está no meio do paraíso de Deus ao que vencer. Esse texto fala das bênçãos da salvação em toda sua plenitude, quando Deus habitará com seu povo por toda eternidade.

Receber Estudos da Bíblia

O paraíso final

Portanto, o paraíso virá em sua forma final por ocasião da consumação dos séculos com a segunda vinda de Cristo. O apóstolo Pedro escreve que nesse dia surgirão novos céus e nova terra, em que habita a justiça (2 Pedro 3:13).

Essa mesma designação é feita pelo apóstolo João ao descrever em linguagem simbólica a beleza do paraíso vindouro (Apocalipse 21-22). Diferentemente do Jardim do Éden que foi perdido por causa do pecado, o paraíso futuro jamais será destruído. Isso porque ele foi conquistado e garantido pelo próprio Filho de Deus. É a justiça de Cristo que concede ao pecador redimido herdar o paraíso eterno.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar