O Que Significam “Pastos Verdejantes” e “Águas Tranquilas”?

Os “pastos verdejantes” e as “águas tranquilas” falam do cuidado gracioso do Senhor como Pastor de suas ovelhas. Deus conduz os seus filhos ao que lhes é necessário, providenciando o que eles realmente precisam de modo que nada lhes falta.

É o salmista Davi quem escreve: “Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas tranquilas” (Salmo 23:2). Mas antes de escrever essas palavras, o salmista afirma: O Senhor é o meu Pastor; nada me faltará (Salmo 23:1). Isso quer dizer que os crentes só podem descansar em pastos verdejantes e chegar às águas tranquilas mediante o cuidado ativo do Senhor, nosso Pastor Supremo.

Então essas expressões “pastos verdejantes” e “águas tranquilas” são emprestadas das atividades do pastoreio que Davi emprega de forma figurada para expressar a relação entre Deus e aquele que lhe pertence, especialmente enfatizando a dependência do crente para com o Senhor.

Ele me faz repousar em pastos verdejantes

Na região da Palestina, os pastos ficavam belos e verdejantes após o período das chuvas. Mas durante o restante do ano, os pastos ficavam secos dificultando o pastoreio dos rebanhos. Além disso, o terreno naquela área é bastante acidentado. A presença de animais selvagens e peçonhentos também representava um risco muito grande para o rebanho.

Esse cenário se repete em várias partes do mundo. Uma ovelha sem pastor está sempre em constante perigo e sem orientação. Portanto, as ovelhas são muito dependentes do pastor, até mesmo para se alimentar. Inclusive, as ovelhas não costumam se deitar quanto estão com fome.

A designação “pastos verdejantes” traduz uma expressão hebraica que significa literalmente “pastos de grama nova”. Mas o hebraico neoth, “pastos”, também pode ser traduzido por “habitação”, ou mais especificamente, “habitação de pastor”.

Então pode ser que o salmista tivesse em mente os apriscos erguidos em terrenos férteis não apenas para prover algum alimento para as ovelhas, mas também para protegê-las do calor que muitas vezes é desgastante para o rebanho. Isso parece estar em harmonia com a declaração completa: “Ele me faz repousar [ou literalmente “deitar”] em pastos verdejantes”. Logo, as ovelhas bem apascentadas são aquelas que podem se deitar tranquilas e devidamente alimentadas em verdes pastos.

Se essa tradução estiver correta, então ao falar dos “pastos verdejantes” o salmista aponta tanto para a provisão de Deus – como um pastor que provê alimento para o seu rebanho – como também para a proteção de Deus – como um pastor que protege suas ovelhas ao deixá-las descansar num local seguro e livre do calor escaldante.

Receber Estudos da Bíblia

Leva-me para junto das águas tranquilas

A expressão “águas tranquilas” significa literalmente “águas de descanso”, no sentido de indicar uma água calma que flui suavemente. Do mesmo jeito que as ovelhas precisam de alimento, elas também precisam de água.

Mas hidratar um rebanho nem sempre é uma tarefa simples. As ovelhas não costumam beber água em lugares de correntezas fortes. Muitas vezes o pastor tem que represar as águas de um riacho para que o rebanho consiga se saciar.

Além disso, o salmista diz: “Leva-me para junto das águas tranquilas”. A palavra “leva-me” traduz um vocábulo hebraico que significa “liderar gentilmente” ou “conduzir com cuidado para um lugar de água”. Diferentemente de outros rebanhos de gado, o rebanho de ovelhas é guiado especialmente pela voz conhecida do pastor. As ovelhas ouvem a voz do pastor e o seguem. Inclusive, em muitos rebanhos os pastores dão nomes a cada ovelha e elas atendem quando são chamadas.

Então ao falar das “águas tranquilas”, o salmista fala do Senhor como um cuidadoso pastor que conduz gentilmente suas ovelhas para o lugar onde há águas que fluem suavemente, nas quais elas podem se hidratar. O Senhor não é como um mercenário que pensa apenas em termos próprios, mas Ele é como um bom pastor que meticulosamente pensa em termos do seu rebanho.

Por fim, todas essas coisas se cumprem na pessoa de nosso Senhor Jesus Cristo. Ele é o Bom Pastor que apascenta os redimidos de modo que não lhes falta coisa alguma. Por isso que pelos méritos do Bom Pastor os crentes recebem a promessa de que “jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes das águas da vida; e Deus limpará de seus olhos toda lágrima” (Apocalipse 7:16,17).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar