O Que Significa Provação na Bíblia? Como Suportar as Provações?

Uma provação significa um teste de fé através de uma dificuldade ou circunstância adversa. Por meio de provações, Deus testa os fieis colocando-os em determinadas situações que revelam a qualidade de sua fé e o tamanho de sua devoção.

As provações ocorrem de acordo com a providência divina. Isso implica no entendimento de que Deus utiliza acontecimentos da vida diária para provar a fé e o caráter do crente. Algumas provações são mais difíceis que outras; na verdade há até provações severas. Essas provações podem consistir tanto de tormentos físicos quanto espirituais.

Exemplos de provações na Bíblia

Os exemplos bíblicos de pessoas que passaram por provações são importantes para que possamos entender essa questão. Uma das provações mais conhecidas e significativas registradas na Bíblia foi aquela a qual o patriarca Abraão foi submetido. Deus lhe pediu que ele oferecesse seu querido filho em holocausto. Mas antes que Abraão imolasse Isaque, o anjo do Senhor lhe disse que aquilo havia sido um teste (Gênesis 22).

Abraão foi provado e aprovado no teste de Deus. Mais tarde o escritor de Hebreus escreve que sobre como a fé de Abraão foi qualificada através daquela provação. Ele diz que Abraão tinha tanta certeza na fidelidade de Deus à sua promessa, que sabia que Deus poderia ressuscitar Isaque dos mortos (Hebreus 11:19).

O rei Ezequias foi outro personagem bíblico que foi provado por Deus. O escritor de Crônicas diz que num dado momento Deus provou o rei com o objetivo de revelar tudo o que havia no seu coração (2 Crônicas 32:31).

O povo de Israel, de forma geral, diversas vezes também foi provado pelo Senhor (cf. Êxodo 15:25; 16:4). Para provar a fidelidade de seu povo, Deus usou fenômenos naturais, opressão dos povos inimigos e dificuldades diversas (cf. Êxodo 20:18-20; Deuteronômio 8:2; Juízes 2:21,22). A história de Jó também é outro grande exemplo de alguém que teve sua fé em Deus provada.

O Novo Testamento também revela muitos crentes passando por provações. Todos os apóstolos, por exemplo, foram provados por Deus de alguma forma. Quem descreve mais detalhadamente as provações que enfrentou durante sua vida cristã, foi o apóstolo Paulo. Ele realmente passou por muitas dificuldades e sofrimentos que serviram para provar sua fé e aperfeiçoar seu compromisso com o Evangelho de Cristo. Mas no fim de uma vida de provação, o apóstolo pôde declarar: Combati o bom combate, terminei a carreira e guardei a fé (2 Timóteo 4:7).

Na galeria dos heróis da fé o escritor de Hebreus fala de crentes que tiveram de enfrentar terríveis provações. Ele fala de santos que experimentaram escárnios, açoites, prisões, maus-tratos, aflições e até a morte violenta (Hebreus 11:36,37).

Por que Deus nos prova?

É natural que algumas vezes fiquemos entristecidos durante uma provação, pois de fato na maioria das vezes as provações se expressam em momentos de dificuldade (1 Pedro 1:6). Mas temos que entender que as provações não são resultado do abandono de Deus, mas do seu amor por nós.

O apóstolo Pedro escreve que as provações acontecem para que fique comprovado que a fé dos crentes é genuína. Tudo isso resultará em louvor, glória e honra, quando Jesus Cristo for revelado (1 Pedro 1:7).

Quando Deus prova os crentes, Ele os purifica das impurezas e os conduz a uma certeza ainda maior acerca do cuidado e do amor divino por eles. As provações fazem com que os fiéis permanecem ainda mais constantes.

Por isso o salmista escreve: “Pois tu, ó Deus, nos provaste; tu nos refinaste como se refina a prata” (Salmo 66:10). Através do profeta Isaías, Deus diz que prova o seu povo na fornalha da aflição (Isaías 48:10; cf. Zacarias 13:9).

O rei Davi foi alguém que entendeu o propósito de Deus através das provações. Em vários de seus salmos ele admite que a provação é algo essencial na vida do crente. No Salmo 139, por exemplo, ele declara: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos” (Salmo 139:23; cf. Salmo 26:2).

Receber Estudos da Bíblia

Como suportar as provações?

De fato os cristãos jamais devem pensar que terão ausência de provações em suas vidas. Como já foi dito, as provações é parte essencial da vida cristã. Tiago escreve que a prova da fé do cristão produz perseverança (Tiago 1:3). Pedro diz que após os sofrimentos, Deus aperfeiçoa, confirma, fortifica e estabelece o crente (1 Pedro 5:10). É através da fidelidade em tempos de provação que os crentes se tornam aprovados aos olhos de Deus (1 Coríntios 11:19).

Por mais que pareça estranho, o conselho bíblico é o de que os cristãos devem passar pelas provações e sofrimentos com alegria (1 Pedro 4:12,13). Alguém pode perguntar como uma pessoa é capaz de ser provada e permanecer alegre? A resposta a essa questão aponta para a providência divina. Essa é a única maneira de entender como alguém pode estar “entristecido, mas sempre alegre” (2 Coríntios 6:10).

Deus não abandona aqueles que são seus à sua própria sorte em meio às provações. Deus não nos prova além de nossa capacidade. Não há um único exemplo bíblico de alguém que sucumbiu às provações por culpa de Deus.

Em cada provação o Pai celestial concede aos seus filhos graça suficiente para que eles possam suportar todas as coisas. Por isso a declaração de alguém que passou por todo tipo de provação não podia ser diferente: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close