Quem Escreveu o Livro de Deuteronômio?

Quem escreveu o livro de Deuteronômio foi Moisés. O conteúdo dessa obra constitui a última parte do Pentateuco, a coleção dos cinco livros de autoria mosaica. Na verdade o próprio livro de Deuteronômio afirma a autoria de Moisés (Deuteronômio 1:1,5; 31:22).

Outros textos no Antigo e no Novo Testamento também testificam que Moisés foi quem escreveu Deuteronômio. Algumas dessas referências apontam para o Pentateuco de forma geral, enquanto outras indicam especificamente a autoria de Deuteronômio (ex.: 2 Reis 14:6). Além dos textos bíblicos, antigas fontes judaicas igualmente confirmam que Moisés é o autor dos cinco primeiros livros da Bíblia.

A crítica sobre a autoria de Deuteronômio por parte de Moisés

Apesar de todas essas evidências, e de a autoria de Moisés ter sido amplamente aceita durante muito tempo, mais recentemente um movimento critico começou a questionar a autoria mosaica do Pentateuco, principalmente a autoria do livro de Deuteronômio.

A principal alegação dos críticos diz que Moisés não poderia ter escrito o livro de Deuteronômio porque esse livro registra a morte do líder hebreu. O capítulo 34 fala sobre a morte e o sepultamento de Moisés.

Os críticos também se atentam para algumas palavras, expressões e nomes de lugares que não poderiam fazer parte de uma obra escrita no tempo de Moisés. Como alternativa a autoria mosaica, os críticos sugerem algumas possibilidades.

Alguns deles dizem que Deuteronômio foi escrito na época do profeta Samuel, poucos séculos depois da morte de Moisés. Outros defendem que o livro foi escrito no século 7 a.C. no tempo do rei Josias. Nesse caso o livro teria sido parte da reforma religiosa promovida pelo monarca. Há ainda aqueles que afirmam que Deuteronômio foi escrito numa data mais recente, como no tempo do exílio na Babilônia.

No entanto, não há nenhuma evidência concreta que comprometa a autoria mosaica de Deuteronômio. Todas as objeções levantadas pela crítica podem ser facilmente refutadas.

Receber Estudos da Bíblia

Moisés foi quem escreveu Deuteronômio

Muitos detalhes reforçam a verdade de que realmente foi Moisés quem escreveu Deuteronômio. Se esse livro tivesse sido escrito numa data mais recente, como no tempo da monarquia ou do exílio, dificilmente o autor teria deixado de citar alguma informação contemporânea sua.

Mas o livro de Deuteronômio não fala de nenhum rei de Israel e ainda se refere ao povo de Israel como uma unidade. Se Deuteronômio tivesse sido escrito depois do tempo de Josias como os críticos afirmam, provavelmente seu autor teria feito alguma alusão à divisão do reino. Nessa data mais recente o povo de Israel já havia sido dividido em duas partes. Israel era o reino do norte, e Judá o reino do sul.

Na verdade a própria estrutura do livro remonta ao estilo literário da época de Moisés. Além do mais, curiosamente algumas resoluções que tiveram lugar no tempo de Josué não aparecem no Deuteronômio. Um exemplo disso são as cidades de refúgio. Deuteronômio cita apenas as cidades designadas na época de Moisés; já sobre as cidades designadas sob a liderança de Josué não há qualquer referência.

Todavia, é bem verdade que realmente o livro traz nomes e trechos que não poderiam ter sido escritos por Moisés. O principal deles, evidentemente, é o último capítulo. Claro que Moisés não poderia ter escrito sobre seu próprio sepultamento.

Então a posição mais equilibrada defende a autoria de Moisés. No entanto, essa posição admite que algumas adições e formatações no texto foram feitas posteriormente por alguém. Talvez o próprio Josué possa ter sido o responsável por adicionar ao livro o conteúdo do capítulo 34, onde há o registro da morte e sepultamento de Moisés. Também é possível que outras pequenas atualizações gramaticais tenham sido feitas num tempo posterior.

Quando Moisés escreveu Deuteronômio?

O livro de Deuteronômio foi escrito em meados do segundo milênio antes de Cristo. Esse foi o período histórico aproximado em que ocorreu o êxodo dos israelitas do Egito. Não é possível afirmar com mais exatidão em que momento de seu ministério como líder dos israelitas Moisés escreveu o livro de Deuteronômio. Tudo o que se sabe é que a narrativa do livro se posiciona num contexto histórico que aponta para uma data pouco antes da conquista de Cannaã sob a liderança de Josué.

Apesar de ser certo que parte do conteúdo de Deuteronômio foi adicionada ou atualizada num tempo depois dos dias de Moisés, nada disso compromete a verdade de que o legislador hebreu foi seu escritor geral. Por isso a tradição judaico-cristã defende que realmente foi Moisés quem escreveu Deuteronômio, de acordo com a revelação e inspiração Divina. Saiba mais sobre quem escreveu a Bíblia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close