Quem Escreveu o Livro de Esdras?

A tradição judaica afirma que quem escreveu o livro de Esdras foi o próprio Esdras. E essa posição foi compartilhada por muitos cristãos ao longo do tempo, mas atualmente a maioria dos estudiosos do Antigo Testamento prefere adotar o ponto vista de que o autor do livro de Esdras, pelo menos em sua forma final, permanece anônimo.

Também é interessante lembrar que o questionamento a respeito de quem escreveu o livro de Esdras precisa considerar o fato de que originalmente o livro de Esdras talvez formasse uma única obra junto com o livro de Neemias. Inclusive, na Bíblia Hebraica Esdras e Neemias são apresentados num único volume na seção de escritos históricos.

Além disso, antigas tradições judaicas vão ainda mais longe e dizem que quem escreveu o livro de Esdras também escreveu o livro de Crônicas — que na Bíblia cristã é dividido em 1 e 2 Crônicas. Se isso estiver correto, então Esdras é o suposto autor dos três livros.

A questão é que estudos mais recentes concluíram que não há evidências suficientes para afirmar com exatidão de que os livros de Crônicas, Esdras e Neemias foram escritos pelo mesmo autor. Sem dúvida os três livros possuem similaridades e alguns interesses em comum; mas parece muito improvável que o autor do livro de Crônicas também tenha escrito Esdras e Neemias.

Receber Estudos da Bíblia

Quem escreveu o livro de Esdras foi mesmo próprio Esdras?

Além de sacerdote, Esdras foi um escriba muito habilidoso e versado na Lei de Deus. Isso significa que muito provavelmente Esdras esteve envolvido na produção de registros que foram utilizados na composição do texto bíblico.

Vale observar que num trecho do livro de Esdras consta uma referência ao próprio Esdras na primeira pessoa (Esdras 7:28). Portanto, obviamente há no livro de Esdras registros que foram escritos originalmente pelo próprio Esdras.

Em outras palavras, o material escrito por Esdras certamente serviu de fonte original para a composição do livro que leva o seu nome. Além disso, o livro de Esdras também traz relatórios e documentos legais emitidos no contexto histórico narrado no livro. Inclusive, alguns desses documentos foram emitidos por autoridades persas.

Para quem não sabe, o pano de fundo histórico dos acontecimentos narrados no livro é o restabelecimento do povo da aliança em Judá após o exílio na Babilônia — especialmente no diz respeito à restauração do culto ao Senhor. Então, o livro de Esdras tinha o propósito de encorajar e orientar o remanescente judeu que havia voltado do cativeiro.

Sem dúvida, Esdras teve uma participação direta muito importante em determinado momento desse período histórico. E considerando sua competência como um dos mais notáveis escribas da história de Israel, obviamente ele participou da produção literária daquele período.

Portanto, diante de tudo isso, a única dificuldade é saber qual foi o nível da participação de Esdras na composição desse livro. Por um lado, pode ser que tenha sido o próprio Esdras quem fez a compilação dos livros de Esdras e Neemias utilizando-se de seus relatórios e outros documentos históricos.

Já por outro lado, pode ser que algum editor anônimo tenha reunido os documentos e as memórias produzidas tanto por Esdras quanto por Neemias, para dar a forma final dos dois livros que fazem parte do Antigo Testamento da Bíblia cristã. Seja como for, o importante é saber que tudo isso aconteceu conforme a ação do Espírito de Deus, o verdadeiro Autor de toda Escritura.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar