Quem Escreveu o Livro de Ester?

Não é possível saber quem escreveu o livro de Ester na Bíblia. A pessoa que escreveu esse livro faz parte do grupo de autores bíblicos desconhecidos do Antigo Testamento. Na verdade, em sua obra ele não deixou qualquer detalhe que pudesse contribuir com a sua identificação pessoal.

É comum entre alguns leitores da Bíblia, a ideia de que quem escreveu o livro de Ester foi a própria personagem que dá nome ao livro, isto é, a rainha Ester. No entanto, nada na composição do livro aponta para essa possibilidade. Além disso, o livro de Ester foi escrito num contexto histórico em que a autoria feminina de uma obra era altamente improvável.

Outra possibilidade frequentemente levantada, é a de que Mardoqueu, o primo de Ester, foi quem escreveu esse livro. De fato, é possível que Mardoqueu tenha escrito esse livro, da mesma forma como também é possível que ele não tenha escrito. Isso quer dizer que afirmar a autoria de Mardoqueu não passa de uma especulação sem qualquer evidência que possa fundamentá-la.

As características de quem escreveu o livro de Ester

No entanto, apesar de anônimo, é possível conhecer algumas características a respeito do autor do livro de Ester.

Em primeiro lugar, em sua obra o autor revela ser um profundo conhecedor da geografia do Império Persa e também da cultura e dos costumes dos persas. Inclusive, ele mostra ter conhecimento até mesmo das práticas internas da corte persa. Portanto, parece seguro supor que ele foi uma pessoa que viveu em Susã, a capital persa.

Em segundo lugar, quem escreveu o livro de Ester claramente tinha uma grande preocupação nacionalista no que dizia respeito aos interesses do povo judeu. Além de que, ele foi o autor que registrou a origem e a importância da observância da festa de Purim, uma festividade que integrava o calendário religioso judaico já nos tempos bíblicos posteriores ao tempo de Ester. Tudo isso significa que provavelmente o autor desse livro era um judeu.

Algumas pessoas, no entanto, argumentam que o fato de o escritor do livro de Ester não mencionar nenhuma vez em seu livro o nome de Deus, deva ser visto como uma indicação de que ele não era judeu. Porém, esse argumento não faz qualquer sentido à luz do propósito e do conteúdo do livro.

Na verdade, embora o nome de Deus não seja citado no livro de Ester, esse mesmo livro registra uma história em que a mão de Deus esteve presente do início ao fim, controlando todas coisas de forma providencial; mesmo que isso não tenha acontecido de forma sobrenatural, mas através das ações de suas criaturas.

Em terceiro lugar, quem escreveu o livro de Ester tinha um domínio muito grande das técnicas de escrita. Sua habilidade literária refinada é facilmente percebida em sua obra. Ele registrou com maestria eventos históricos através de uma organização brilhante de seu conteúdo. Nesse sentido, ele trabalhou de forma impecável os contrastes dos eventos relatados, e soube explorar muito bem os elementos de suspense da história, de modo a gerar expectativa no leitor do começo ou fim de seu livro.

Receber Estudos da Bíblia

Quando o escritor do livro de Ester escreveu sua obra?

Considerando que o livro de Ester narra uma história que aconteceu no final do século 5 a.C., obviamente ele foi escrito após essa época. Então, muitos estudiosos acreditam que o autor escreveu esse livro pouco tempo depois dos acontecimentos registrados nele. Essa hipótese se ajusta bem às características linguísticas da obra, bem como poderia servir para explicar o nível de detalhes a que teve acesso o autor, e também a sua descrição, de certa forma favorável, ao rei persa Assuero.

Outros estudiosos, por sua vez, preferem sugerir uma data um pouco mais recente para a composição do livro. Dessa forma, eles acreditam que o autor do livro de Ester talvez tenha vivido cerca de um século depois da época da história que ele registrou, ou seja, entre o final do século 4 e o início do século 3 a.C.

Portanto, em resumo quem escreveu o livro de Ester foi um judeu anônimo muito habilidoso na área da escrita, que viveu entre os séculos 5 e 4 a.C. na cidade de Susã, capital do Império Persa naquela época.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar