Quem Escreveu o Livro de Lamentações?

Não é possível afirmar com exatidão quem escreveu o livro de Lamentações. A tradição judaica atribui a autoria desse livro ao profeta Jeremias desde muito cedo. Mas dentro do próprio livro não há nenhuma informação direta que identifica Jeremias como seu autor; embora a autoria de Jeremias possa ser possível.

A ideia de que Jeremias foi quem escreveu o livro de Lamentações é realmente muito presente. Inclusive, Septuaginta – versão grega do Antigo Testamento – traz uma nota introdutória antes do primeiro verso do livro afirmando a autoria de Jeremias.

Isso significa que a autoria do livro de Lamentações é atribuída ao profeta Jeremias desde o período intertestamentário ­– quando a Bíblia hebraica foi traduzida para o grego. Portanto, a sugestão de que Jeremias escreveu o livro de Lamentações é sustentado desde pelo menos o século 3 a.C.

A Vulgata ­– tradução da Bíblia em latim – também segue a mesma ideia da Septuaginta. A prova é que até hoje várias traduções da Bíblia em nosso idioma denominam o livro como “Lamentações de Jeremias”.

Provavelmente toda essa tradição em torno da autoria do livro de Lamentações por parte de Jeremias foi derivada, principalmente, da informação registrada pelo cronista que diz que o profeta Jeremias escreveu lamentações por ocasião da morte do rei Josias (2 Crônicas 35:25).

Jeremias pode ter sido o autor do livro de Lamentações?

Curiosamente existem evidências a favor e também contra à ideia de que Jeremias foi quem escreveu o livro de Lamentações. Inclusive, há eruditos que analisam as mesmas evidências e chegam a conclusões diferentes.

No livro de Lamentações há trechos que se assemelham muito ao livro de Jeremias. Em alguns versos o estilo parece muito bem ser o de Jeremias, com expressões que lembram muito o profeta – especialmente em Lamentações 3.

Além disso, o livro de Lamentações pode servir perfeitamente como uma continuação do livro de Jeremias no sentido que o livro traz lamentações descritivas do cumprimento das profecias de Jeremias. Isso significa que o profeta Jeremias profetizou a queda de Jerusalém que seria alvo do juízo de Deus por causa do pecado. Já o livro de Lamentações mostra a dor que o cumprimento dessa profecia trouxe ao povo de Deus. Então sim, Jeremias pode muito bem ter escrito esses lamentos.

Mas o livro de Lamentações é composto por cinco poemas que em alguns pontos apresentam estilos diferentes. Inclusive, há uma variação na ordem alfabética dos poemas acrósticos no livro de Lamentações. Isso poderia indicar que o livro de Lamentações é um compilado de várias fontes, ou seja, pode ser que o livro possua múltiplos autores em vez de um único autor. Nesse sentido, Jeremias pode até ter sido um desses autores, mas não o único. Por exemplo: o terceiro poema pode ser de autoria de Jeremias, enquanto os outros poemas, não.

Alguns intérpretes também têm apontado algumas diferenças entre o ponto de vista de Jeremias sobre determinados assuntos, e o ponto de vista do poeta no livro de Lamentações (Lamentações 4:17 cf. Jeremias 37:5-10; Lamentações 4:20 cf. Jeremias 24:8-10). Outros também alegam que em seu livro Jeremias aparenta ser um pouco mais espontâneo que o autor do livro de Lamentações.

Receber Estudos da Bíblia

O que se sabe sobre quem escreveu o livro de Lamentações?

O que de fato se sabe é que quem escreveu o livro de Lamentações viveu no período do exílio na Babilônia ou no máximo logo após o retorno dos primeiros exilados a Jerusalém. Isso então data o livro entre 586 a.C. e 538 a.C. Talvez, a data mais recente possível para esse livro seja os dias do término da reconstrução do segundo tempo por volta de 516 a.C.

Essa conclusão vem da forma como o conteúdo do livro parece indicar que seu autor foi testemunha ocular das calamidades que sobrevieram sobre Jerusalém por ocasião das ofensivas do exército do rei Nabucodonosor que invadiu a cidade, destruiu o templo e deportou seus habitantes. Já o último poema do livro parece ter sido escrito no decorrer dos dias de exílio, quando a tragédia da destruição de Jerusalém estava consumada.

Então Jeremias pode mesmo ter sido o escritor do livro de Lamentações; como também pode não ter sido ele, mas alguém que presenciou seu ministério, escutou suas profecias e contemplou a destruição de Jerusalém reconhecendo que tudo era devido ao castigo pelo pecado do povo.

Talvez se Jeremias não foi quem escreveu o livro de Lamentações, o seu autor então pode ter sido alguém próximo ao profeta. Algumas pessoas, inclusive, sugerem que esse autor tenha sido Baruque, o escriba de Jeremias; embora também não haja nenhuma evidência a esse respeito.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar