Quem Escreveu o Livro de Neemias?

Não se sabe ao certo quem escreveu o livro de Neemias; pelo menos não em sua forma final como consta no Antigo Testamento. Tradicionalmente, o escriba e sacerdote Esdras tem sido relacionado não apenas à autoria do livro de Neemias, mas também à autoria do livro que leva seu nome, e ainda à autoria dos livros de Crônicas.

De fato, desde muito cedo os livros de Esdras e Neemias têm sido considerados como sendo um único livro. Dessa forma, parte da tradição judaico-cristã acredita que quem escreveu o livro de Neemias — ou parte dele — realmente foi o mesmo autor do livro de Esdras. É dessa forma, por exemplo, que o Talmude atribui a Esdras a autoria principal do livro de Neemias; tendo também o próprio Neemias como alguém que completou os registros.

Alguns eruditos, inclusive, defendem que, pela semelhança de estilo, os livros de 1 e 2 Crônicas também pertenciam originalmente a essa mesma obra; e que supostamente teriam sido escritos primeiro; visto que os versos iniciais do livro de Esdras trazem uma repetição dos versos finais do livro de 2 Crônicas. Mas atualmente essa ideia não é muito aceita, e a maioria dos estudiosos pensa que o historiador que compilou Crônicas não foi o autor de Esdras e Neemias.

No entanto, outros estudiosos acreditam que possivelmente o livro de Neemias não formava originalmente um mesmo livro junto ao livro de Esdras. De acordo com eles, é mais provável que Neemias tenha sido escrito como uma obra independente, e permaneceu assim até que foi combinado ao livro de Esdras posteriormente.

Um dos pontos levantados para defender essa hipótese, é o fato de o livro de Neemias repetir algumas informações também presentes no livro de Esdras; o que acaba sendo difícil de justificar se ambos os livros foram escritos originalmente como um único e mesmo livro. Um exemplo disso são as listas dos exilados que retornaram a Judá presentes tanto em Esdras quanto em Neemias.

Receber Estudos da Bíblia

Quem escreveu o livro de Neemias pode ter sido o próprio Neemias?

É certo que Neemias manteve um registro de suas memórias pessoais. Isso quer dizer que, sem dúvida, Neemias escreveu um tipo de diário relatando os acontecimentos em que ele esteve envolvido. Além disso, o livro de Neemias também traz documentos históricos que foram emitidos por autoridades da época — inclusive pelo governo persa.

Então, obviamente parte importante do conteúdo que forma o livro de Neemias teve a assinatura do próprio Neemias em sua composição. O que não se sabe é até que ponto Neemias teve participação na organização do material que deu a forma final ao livro que leva seu nome no Antigo Testamento da Bíblia.

Assim, existe a possibilidade, por exemplo, de alguém como Esdras, que era um habilidoso escriba, ter compilado as memórias registradas por Neemias junto de fontes históricas adicionais, dando ao livro de Neemias o formato que este possui na Bíblia.

Outra possibilidade é de um editor anônimo ter sido o responsável por esse trabalho que incluiu não apenas os registros pessoais de Neemias, mas também os registros de Esdras. Se isso estiver correto, então foi esse editor que concluiu e organizou a obra Esdras/Neemias.

Seja como for, o mais importante é saber que a composição dessa obra contou com a inspiração divina; e teve por objetivo primário encorajar o remanescente que retornou do cativeiro babilônico, em sua tarefa de reconstruir Judá. Esse encorajamento, no entanto, não ficou restrito apenas à comunidade judaica da época, mas tem animado e instruído o povo de Deus ao longo do tempo, sendo preservado até os dias atuais.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar