Quem Escreveu o Livro de Samuel?

Não é possível afirmar com exatidão quem escreveu o livro de Samuel. Para quem não sabe, apesar de no Antigo Testamento da Bíblia cristã haver dois livros de Samuel (1 Samuel e 2 Samuel), originalmente esses dois livros eram parte da mesma obra.

Nos manuscritos hebraicos, 1 e 2 Samuel formavam um livro único denominado simplesmente como “Samuel”. A divisão desse livro em mais partes, ocorreu a partir da Septuaginta, que era a tradução da Bíblia hebraica para o grego. É claro que o nome “Samuel” foi dado em referência ao profeta Samuel — que é uma das figuras principais da história registrada no livro. Por causa disso, muitas pessoas acabam pensando que o profeta Samuel foi quem escreveu os dois livros de Samuel no Antigo Testamento.

Mas esse tipo de pensamento de que o profeta que inaugurou a escola profética de Israel escreveu o livro de Samuel, não é algo novo. Muito pelo contrário! Antigas tradições judaicas acreditavam que essa obra realmente havia sido escrita por Samuel. Inclusive, essa era a posição defendida até pelo menos o século 6 d.C. Porém, dizer que o profeta Samuel foi quem escreveu os livros de Samuel como os temos hoje no Antigo Testamento, de fato é uma afirmação equivocada.

O profeta Samuel pode ser autor do livro?

Em primeiro lugar, é importante explicar por que é impossível atribuir a autoria dos livros ao profeta Samuel. Na verdade, um estudo dos livros de Samuel esclarece bem esse ponto. O livro de 1 Samuel realmente fala muito sobre a vida do profeta Samuel. Mas a morte do profeta é registrada no final desse primeiro livro (1 Samuel 25:1; 28:3).

Consequentemente, todo o conteúdo de 2 Samuel diz respeito a eventos que aconteceram após a morte de Samuel. Como originalmente os dois livros eram um livro único, obviamente Samuel não poderia ter escrito sobre as coisas que sucederam em Israel após a sua morte.

Em segundo lugar, a dúvida em saber quem escreveu o livro de Samuel é algo que está relacionada à dificuldade de estabelecer uma data para a composição do livro original. Sobre isso, basicamente há duas possibilidades de datas gerais para a composição do livro de Samuel.

Numa possibilidade de data mais recuada, o livro de Samuel pode ter sido escrito durante o período do reino divido (entre 931 e 722 a.C.). Isso porque a parte final de 2 Samuel registra as últimas palavras oficias do rei Davi (2 Samuel 23:1). Além disso, o livro de Samuel fala de Israel e Judá como domínios diferentes (cf. 1 Samuel 27:6). Essa divisão, no entanto, ocorreu apenas após a morte do rei Salomão.

Já numa possibilidade de data mais recente, o livro de Samuel pode ter sido escrito durante o período do cativeiro babilônico, em algum momento antes do início da composição do livro de Reis — que basicamente é sua continuação natural.

Receber Estudos da Bíblia

Um autor anônimo foi quem escreveu o livro de Samuel

Portanto, realmente o mais correto é afirmar que quem escreveu o livro de Samuel foi um escritor anônimo que viveu provavelmente entre o tempo do reino dividido e a primeira metade do cativeiro babilônico.

Isso, no entanto, não significa que Samuel não tenha tido qualquer participação na composição do livro bíblico. Na verdade, a própria Bíblia dá testemunho de que o profetas Samuel, Natã e Gade, escreveram sobre os acontecimentos do reinado de Davi (1 Crônicas 29:29).

Portanto, é possível que um ou mais autores posteriores não apenas usaram como base os materiais escritos por Samuel, Natã e Gade, mas continuaram a narrativa de onde eles pararam, dando assim a forma final de 1 Samuel e 2 Samuel conforme conhecemos hoje no Antigo Testamento. Se isso estiver correto, então o profeta Samuel pode ter sido o autor de parte importante do conteúdo presente em 1 Samuel.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar