Quem Foi Bate-Seba na Bíblia?

Bate-Seba, ou Batseba, foi uma das esposas de Davi e mãe do rei Salomão. A história de Bate-Seba ficou conhecida na Bíblia no contexto do pecado do rei Davi. Antes de se casar com o rei de Israel, Bate-Seba era esposa de Urias, o heteu.

A Bíblia diz que Bate-Seba era filha de Eliã e neta de Aifoel, o gilonita (2 Samuel 11:3; 23:34). O seu nome provavelmente significa “filha de um juramento” ou “sétima filha”. Ela também é chamada no texto bíblico de Bate-Sua, que significa “filha de abundância” (1 Crônicas 3:5).

Bate-Seba e Urias

Antes de seu envolvimento com Davi, Bate-Seba era mulher de Urias, um soldado heteu do exército de Davi. A Bíblia não traz qualquer informação ou detalhe da vida pessoal de Bate-Seba e Urias.

Tudo o que se sabe é que num certo dia Bate-Seba foi vista por Davi enquanto se lavava. Como ele a viu do terraço de seu palácio, de alguma maneira o lugar em que Bate-Seba estava se banhando não era totalmente reservado. Naquele tempo Urias estava no campo de batalha a serviço do exército de Israel. Qualquer intimidade conjugal entre ele e Bate-Seba ocorreu antes desses acontecimentos.

Davi ficou impressionado com a beleza de Bate-Seba e não conseguiu subjugar seus desejos pecaminosos. Inicialmente ele não sabia quem era Bate-Seba, mas logo foi informado por seus servos que tratava-se da esposa de um de seus guerreiros. Mesmo assim Davi ordenou que a mulher fosse levada ao seu palácio. Ali ele se deitou com Bate-Seba e concretizou seu pecado de adultério.

Após ter seduzido Bate-Seba, o rei Davi descobriu que ela havia engravidado dele. Então ele tentou a todo custo fazer com que Urias pensasse que o filho era dele. Para tanto, ele mandou que Urias retornasse à cidade de Jerusalém na tentativa de convencê-lo a ir para casa e se deitar com Bate-Seba. Caso isso acontecesse, ele não suspeitaria da gravidez dela.

Mas Urias não aceitou ir para sua casa e se deitar com a sua esposa enquanto seus companheiros estavam engajados numa guerra. Inclusive, Davi chegou até a embriagá-lo, mas ele não cedeu. Foi então que Davi se afundou ainda mais no pecado ao ordenar que Urias fosse colocado na frente da batalha para ser morto (2 Samuel 11).

Davi e Bate-Seba

Depois de ter passado o luto de Bate-Seba pela morte de seu marido, Davi a tomou como esposa. Talvez em sua cabeça naquele momento ele pensava que tinha resolvido todos os problemas e sua reputação e a honra de Bate-Seba estavam preservadas. Tudo parecia quieto e escondido, mas Deus havia visto o que Davi fez e definitivamente não se agradou.

O Senhor enviou o profeta Natã para denunciar o pecado de Davi e expor sua miséria. Primeiro Natã contou a Davi um tipo de parábola e tudo isso aconteceu de tal forma que antes mesmo de cair em si Davi ficou revoltado com a situação descrita pelo profeta e declarou que era digno de morte o homem que tivesse cometido tal pecado. Então quando soube que tratava-se de seu próprio caso, o rei de Israel se lamentou profundamente.

Mas Davi era um homem segundo o coração de Deus. Ele temia ao Senhor e tinha verdadeiro zelo e compromisso com a vontade de Deus. O Salmo 51 mostra toda sua contrição ao entender que havia transgredido a Lei do Senhor que ele tanto amava e se deleitava.

Contudo, apesar do arrependimento genuíno e sincero de Davi, o filho de seu adultério veio a morrer (2 Samuel 12). Depois, já legalmente casados, juntos Davi e Bate-Seba foram pais de outros quatro filhos: Salomão, Siméia, Sobabe e Natã (1 Crônicas 3:5).

Receber Estudos da Bíblia

A rainha mãe

De todos os filhos de Bate-Seba e Davi, sem dúvida Salomão foi o mais ilustre. Inclusive, a coroação de Salomão aconteceu num momento em que havia uma conspiração para que seu meio irmão, Adonias, assumisse o trono de Israel. Então Bate-Seba, juntamente com o profeta Natã e o sacerdote Zadoque, foram importantes para que Adonias não tivesse sucesso em sua reivindicação. Eles conseguiram fazer com que rapidamente Davi proclamasse Salomão como rei. Quando isso aconteceu, Bate-Seba se tornou rainha mãe em Israel.

Mais tarde o mesmo Adonias se empenhou em persuadir Bate-Seba para que ela pedisse que o rei Salomão lhe desse Abisague como esposa. Abisague havia sido esposa de Davi. Nesse contexto Adonias acabou sendo morto (1 Reis 1-2). Por fim, como a mãe de Salomão, Bate-Seba é mencionada no Novo Testamento ao ser incluída na genealogia de Jesus (Mateus 1:6).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Botão Voltar ao topo
Fechar