Quem Foi Judas Tadeu?

Judas Tadeu foi um dos doze apóstolos de Jesus. Embora esse apóstolo tenha ficado conhecido dentro da tradição cristã como “Judas Tadeu”, seu nome nunca aparece dessa forma no texto bíblico.

Ele é mencionado nas quatro listas de nomes dos discípulos de Jesus encontradas no Novo Testamento. No Evangelho de Mateus ele é mencionado como Tadeu, ou então como “Lebeu, apelidado Tadeu” em algumas variantes do texto de Mateus 10:3.

O evangelista Marcos também o menciona simplesmente como Tadeu (Marcos 3:18), enquanto que o evangelista Lucas o menciona pelo nome de Judas (Lucas 6:16; Atos 1:13). O apóstolo João também o mencionou como Judas, fazendo questão de diferenciá-lo de Judas Iscariotes, na expressão “Judas, não o Iscariotes” (João 14:22).

Como obviamente os nomes “Judas” e “Tadeu” que aparecem nas listas de nomes dos apóstolos se referem à mesma pessoa, então este discípulo ficou conhecido entre os cristãos como Judas Tadeu. É verdade que alguns estudiosos tentam sugerir que Judas e Tadeu sejam pessoas diferentes, alegando, inclusive, uma suposta substituição no colégio apostólico durante o ministério de Jesus, mas não há qualquer argumento convincente a favor desta teoria.

A história de Judas Tadeu

Pouco se sabe sobre quem foi Judas Tadeu. A única informação sobre sua vida é fornecida por Lucas ao dizer que ele era filho de Tiago (Lucas 6:16). No original grego a expressão indica “Judas de Tiago”, e embora seu significado mais provável seja denotar uma relação de pai e filho, isto é, “Judas, filho de Tiago”, alguns estudiosos sugerem que talvez tal expressão indique uma relação entre irmãos, ficando “Judas, irmão de Tiago”.

Receber Estudos da Bíblia

Com base nessa possibilidade algumas tradições cristãs, especialmente a tradição Católica, identificam Judas Tadeu como sendo o filho de Alfeu e parente do Senhor Jesus, e lhe atribui também a autoria da Epístola de Judas.

A Igreja Reformada, porém, mantém a posição de que Judas, também chamado Tadeu, não é a pessoa de mesmo nome que é mencionado como sendo um dos irmãos de Jesus ao lado de José, Tiago e Simão (Mateus 6:3), e, portanto, também não deve ser identificado como sendo o autor da Carta de Judas. Assim, é aceito que Judas, conhecido como Tadeu, era realmente filho de Tiago, uma tradução que se harmoniza muito mais ao sentido original da expressão presente nos manuscritos gregos.

Judas, Tadeu e Lebeu

O nome “Judas” era bastante comum entre os judeus do primeiro século. Este nome é uma variante grega do nome hebraico Judá, que deriva de uma raiz que significa “render graças”. Já o nome “Tadeu” provavelmente tem origem em um termo aramaico que sugere um sentido de “afeto materno”. Com relação ao nome “Lebeu”, é provável que este seja derivado da palavra hebraica que significa “coração”. De qualquer forma, ambos os nomes transmitem um sentido de “pessoa amável”.

Umas das principais explicações sobre o motivo de Judas ser chamado de Tadeu ou Lebeu, indica que se trata da grande preocupação de os escritores bíblicos deixarem bastante clara aos seus leitores a distinção entre Judas Tadeu e Judas Iscariotes, o discípulo que traiu Jesus.

Esta explicação parece se harmonizar com o modo com que também o apóstolo João faz questão de distingui-lo do traidor (João 14:22). Ainda nessa mesma passagem, lemos sobre a pergunta que Judas, o Tadeu, fez ao Senhor Jesus: “Senhor, por que razão que estás para manifestar-te a nós, e não ao mundo?” (João 14:22b).

Naquele momento Judas não havia entendido que Jesus estava prometendo se manifestar em Espírito àquele que o ama (João 14:21), e por isso ele fez tal pergunta pensando numa manifestação pública de Jesus com o objetivo de mostrar seu poder ao mundo. Aqui vale lembrar que os discípulos demoraram em se desprender de seus objetivos terrenos e nacionalistas (cf. Atos 1:6).

Além destas poucas passagens bíblicas sobre Judas Tadeu, nada mais se sabe acerca de sua história. Existem algumas tradições confusas que o relacionam a algumas missões evangelísticas e a um possível martírio, mas nenhuma delas fornece elementos que realmente comprovem tal especulação.

Tag
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close