Quem foi Maria Madalena na Bíblia?

Maria Madalena foi uma seguidora de Jesus Cristo mencionada na narrativa bíblica do Novo Testamento. Ela foi uma das mulheres curadas pelo Senhor, e também foi a primeira a vê-lo após a ressurreição. Ela aparece na Bíblia como “Maria, chamada Madalena”, e provavelmente essa designação seja uma referência ao seu local de origem, a saber, a aldeia de Magdala na Galiléia.

A história de Maria Madalena

A Bíblia não fornece praticamente nenhuma informação específica sobre quem foi Maria Madalena, ou seja, nada é dito sobre sua família ou outras informações biográficas. Apenas somos informados de que ela era originária da região da Galiléia.

Além disso, a Bíblia também relata que Maria Madalena era uma das mulheres curadas de possessão demoníaca pelo Senhor Jesus. O evangelista Lucas fornece um interessante detalhe ao afirmar que dela “saíram sete demônios” (Lucas 8:2; cf. Marcos 16:9).

Após ter sido curada por Jesus, Maria Madalena passou a segui-lo e ser uma das pessoas que contribuíam com o seu ministério itinerante, ou seja, ela estava entre as mulheres que colocavam seus bens como auxílio no sustento de Jesus e seus doze apóstolos (Lucas 8:3).

Maria Madalena e a ressurreição de Jesus

Após ser mencionada no episódio em que foi curada por Jesus tornando-se uma de suas seguidoras e mantenedoras, Maria Madalena reaparece no episódio que envolve a morte a ressurreição de Cristo.

Receber Estudos da Bíblia

O apóstolo Mateus registra que Maria Madalena estava entre as mulheres que tinham seguido Jesus desde a Galiléia, e que acompanharam a crucificação (Mateus 27:55,56; cf. Marcos 15:40). O apóstolo João também escreve que em determinado momento Maria Madalena era uma das mulheres que “estavam em pé, junto à cruz de Jesus” (João 19:25).

Quando José de Arimatéia se encarregou de sepultar o corpo de Jesus, o evangelista Marcos nos informa que Maria Madalena e Maria, mãe de José, ficaram observando onde o punham (Marcos 15:47). Mateus relata que ela e a outra Maria estavam “assentadas defronte do sepulcro” (Mateus 27:61).

No domingo da ressurreição, Maria Madalena foi juntamente com as outras mulheres visitar o sepulcro de Jesus com a intenção de ungir seu corpo (Mateus 28:1; Marcos 16:1; Lucas 24:10). É possível que ela tenha sido a primeira a chegar ali (João 20:1). Além disso, também somos informados de que Jesus apareceu primeiramente a ela após a ressurreição (Marcos 16:9; João 20:14).

Maria Madalena foi uma prostituta?

A Bíblia em nenhuma parte diz que Maria Madalena foi uma prostituta. Na verdade essa conclusão tem origem numa interpretação popular do Evangelho de Lucas, a qual relaciona Maria Madalena com a mulher que aparece portando um vaso de alabastro com unguento e ungindo Jesus no capítulo 7 de Lucas. Essa mulher anônima é designada apenas como “pecadora”.

O grande problema com essa interpretação é o de que não há uma explicação plausível sobre o porquê de Lucas não ter revelado o nome dessa mulher no capítulo 7 se ela realmente fosse Maria Madalena, visto que no capítulo seguinte ele a mencionou nominalmente. Lucas era um historiador e escritor meticuloso que dificilmente deixaria passar um detalhe como esse.

Além disso, não há evidências de que mesmo essa mulher do capítulo 7 realmente tenha sido uma prostituta, pois o termo grego empregado originalmente nesse texto, e traduzido como “pecadora”, pode não indicar exclusivamente uma meretriz.

Maria Madalena era uma adúltera?

É comum encontrar quem pense que Maria Madalena era uma mulher adúltera, também devido a uma interpretação sem evidências de uma passagem do Evangelho de João, na qual uma mulher que havia sido flagrada em adultério foi traduzida pelos escribas e os fariseus à presença de Jesus (João 8:1-11).

Nesse texto a identidade da mulher não é revelada, e não há qualquer indício que aponte para Maria como sendo tal mulher. Também é verdade que muito dessas interpretações que designam Maria Madalena como uma prostituta ou adúltera, se apoia na fama da aldeia de Magdala, seu provável local de origem, como sendo um lugar corrupto e imoral.

Maria Madalena teve um relacionamento com Jesus?

Alguns antigos escritos apócrifos sugerem um tipo de relacionamento conjugal entre Jesus e Maria Madalena. No entanto, tais escritos nunca foram aceitos pelos cristãos como Escritura, ao contrário, eles foram produzidos por adeptos de doutrinas completamente hereges, e confrontam explicitamente o conteúdo inerrante da Bíblia.

Apesar de alguns desses escritos trazerem nomes conhecidos da narrativa bíblica, tais nomes foram apenas utilizados como pseudônimos por seus autores, de modo que eles não possuem qualquer ligação verdadeira com os personagens bíblicos referidos. Na verdade esses escritos foram produzidos muito tempo depois do período apostólico.

Portanto, de modo algum a Bíblia afirma que Maria Madalena foi casada com Jesus. A narrativa bíblica é explicita o bastante quando o assunto é o círculo familiar de Jesus. Ela nos informa sobre Maria de Nazaré, sua mãe; fala de José, o carpinteiro, como sendo seu pai de criação; e fala até mesmo de seus irmãos. Logo, se Jesus tivesse tido qualquer relacionamento conjugal, certamente estaria relatado na Bíblia. Saiba mais sobre quem eram os irmãos de Jesus.

De certo, o que se sabe sobre a biografia de Maria Madalena, é que ela foi uma mulher que havia sido oprimida por possessão demoníaca, mas tendo sido curada pelo Senhor Jesus, passou a segui-lo fervorosamente, inclusive contribuindo com recursos necessários em seu ministério itinerante. Com sua devoção sincera, ela esteve presente na crucificação e foi a primeira a vê-lo ressurreto.

Tag
Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close