Quem Foi Rúben na Bíblia, Filho de Jacó e Lia?

Rúben foi o filho primogênito de Jacó e ancestral dos rubenitas que formavam uma das doze tribos de Israel. A história de Rúben na Bíblia ficou conhecida por sua inconstância. Se por um lado ele demonstrou piedade e dignidade, por outro ele demonstrou fraqueza quando esteve envolvido numa imoralidade com Bila, a concubina de seu pai, Jacó.

Rúben era filho de Jacó com Lia. A Bíblia diz que quando Jacó foi a Padã-Harã para buscar uma esposa entre sua parentela enquanto fugia da ira de seu irmão Esaú, ele se apaixonou por Raquel, irmã de Lia e filha de Labão.

Então Jacó fez um acordo com Labão para poder se casar com Raquel. Mas Labão o trapaceou, e ao invés de lhe dar como esposa Raquel, lhe deu Lia. Depois de um novo acordo, finalmente Jacó pôde se casar com Raquel, mas ele teve de continuar casado também com Lia.

A vida conjugal das duas irmãs foi de intensa rivalidade. A Bíblia diz que Jacó amava Raquel, enquanto Lia experimentava a rejeição emocional do seu marido. Mas por outro lado, o texto bíblico diz que Deus fez com que Lia fosse fértil, enquanto Raquel não podia ter filhos. E foi nesse contexto que Rúben nasceu.

O início da vida de Rúben

O nascimento de Rúben ocorreu em Padã-Harã. O nome Rúben, no hebraico, significa literalmente “veja, um filho”, e está em conexão com a declaração feita por Lia no momento do seu nascimento: “Porque o Senhor viu a minha aflição. Por isso, agora me amará o meu marido” (Gênesis 29:32).

Depois de seu nascimento, Rúben é citado novamente na Bíblia num episódio que também envolveu a disputa entre sua mãe, Lia, e sua tia, Raquel. O texto bíblico informa que Rúben estava no campo durante a colheita de trigo, quando encontrou algumas mandrágoras e resolveu dá-las à sua mãe.

Naquele tempo, as mandrágoras eram usadas como um afrodisíaco, e as pessoas acreditavam que ela possuía certas propriedades que podiam favorecer à fertilidade das mulheres.

Então quando Raquel viu as mandrágoras que Rúben tinha encontrado, na condição de esposa favorita ela fez um acordo para que Lia lhe entregasse as mandrágoras em troca de poder passar uma noite com Jacó.

Obviamente Raquel estava errada, pois o poder sobre a vida estava nas mãos de Deus, e não nas supostas propriedades afrodisíacas das mandrágoras. Inclusive, nesse episódio quem acabou engravidando foi Lia, não Raquel.

O relacionamento de Rúben e Bila

Tempos depois, quando Rúben já era um homem formado e a família de Jacó estava vivendo em Migdal-Éder, ele cometeu um erro muito grave e ficou marcado de forma negativa por isso. A Bíblia diz que Rúben se envolveu num relacionamento torpe e ilícito com Bila, a concubina de Jacó (Gênesis 35:21).

O texto bíblico não traz detalhes sobre esse episódio, mas deixa claro que Rúben dormiu com Bila. Os estudiosos argumentam que talvez a atitude de Rúben tenha sido motivada muito mais por propósitos estratégicos e políticos dentro do clã de Jacó, do que simplesmente por desejo.

Pode ser que ao se deitar com Bila, Rúben quisesse garantir que a serva pessoal de Raquel não tivesse qualquer chance de suplantar sua mãe, Lia, como esposa principal de Jacó; uma vez que Raquel, a esposa a quem Jacó amava, havia morrido.

Outra possibilidade é a de que Rúben pretendia assumir a liderança da família de Jacó; visto que no antigo Oriente Próximo às vezes um filho se apoderava da liderança da família ao tomar a concubina de seu pai.

Seja como for, o escritor do livro de Gênesis apenas informa que Jacó ficou sabendo do que Rúben havia feito, mas não registra suas emoções imediatas. Aparentemente Jacó ouviu em silêncio, mas ele não se esqueceu do pecado de Rúben, e isso teve grandes implicações em sua bênção final.

Rúben e José

Se Rúben agiu de forma desprezível ao dormir com Bila, pelo menos ele foi o mais sensato no episódio do atentado contra José. Quando os seus irmãos resolveram matar José por inveja, foi Rúben quem os persuadiu a não cometer esse crime. Ao invés disso, Rúben aconselhou que seus irmãos colocassem José numa cova, com a intenção de mais tarde poder libertá-lo.

Depois, quando os outros irmãos de José o venderam aos ismaelitas, Rúben não estava presente. Inclusive, ele ficou muito angustiado quando mais tarde encontrou vazia a cova em que José estava (Gênesis 37:21-29).

Depois, quando Rúben e seus irmãos estavam no Egito adquirindo cereais durante o tempo de fome, ao serem pressionados na trama armada por José — a quem não tinham reconhecido —, Rúben interpretou que aquela situação complicada era resultado do juízo de Deus pelo que eles tinham feito contra José (Gênesis 42:22).

Inclusive, quando os irmãos de José precisaram levar Benjamim ao Egito, Rúben ofereceu seus próprios filhos a Jacó como garantia da segurança de Benjamim (Gênesis 42:37).

Então quando finalmente José revelou sua verdadeira identidade e levou toda a família de seu pai para o Egito, Rúben imigrou para as terras egípcias com seus quatro filhos (Gênesis 46:8,9).

Receber Estudos da Bíblia

A descendência de Rúben

Quando Jacó abençoou os seus filhos antes de morrer, Rúben acabou recebendo um tipo de antibênção. Por causa de seu pecado com Bila, ele foi privado da liderança que o primogênito tinha direito.

Naquela ocasião, o texto bíblico diz que Jacó declarou sobre Rúben: “Rúben, tu és meu primogênito, minha força e o princípio de meu vigor, o mais excelente em alteza e o mais excelente em poder. Inconstante como a água, não serás o mais excelente, porquanto subiste ao leito de teu pai. Então, o contaminaste; subiste à minha cama” (Gênesis 49:3,4).

Como Simeão e Levi também perderam a liderança por causa de seus pecados, Judá foi quem assumiu a proeminência entre seus irmãos (Gênesis 49:8-12).

Mas a descendência de Rúben não foi privada de receber uma herança na distribuição das terras quando o território de Canaã foi conquistado pelos filhos de Israel. Assim, os descendentes de Rúben, organizados em quatro clãs principais, formaram a tribo de Rúben e habitaram o território a leste do Mar Morto que fazia fronteira com o território ocupado pela tribo de Gade.

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico
Fechar