Quem Foi Ziba?

Ziba foi um dos servos do rei Saul. A história de Ziba é conhecida na narrativa bíblica devido a sua conexão com Mefibosete. Quando o rei Davi desejou honrar a memória de seu amigo Jônatas, ele procurou saber se havia algum representante da casa de Saul ainda vivo. Davi queria agir com benevolência para com essa pessoa. É nesse contexto que Ziba aparece (2 Samuel 9:2).

Como um servo da casa de Saul, Ziba sabia da existência de Mefibosete que estava vivendo em Lo-Debar. Mefibosete era o filho de Jônatas, e desde pequeno havia ficado aleijado dos dois pés.

Davi mandou chamar o filho de Jônatas, e lhe deu uma posição na corte. Além disso, lhe entregou as propriedades de Saul, e colocou Ziba como seu servo responsável por administrar suas posses.

A perversidade de Ziba

Em dada ocasião, o rei Davi precisou fugir por causa da rebelião de Absalão que tentou usurpar seu trono. Foi nesse período que Ziba demonstrou ser um homem perverso. Mefibosete havia pedido que Ziba preparasse um jumento para que ele fosse ao encontro do rei levando alguma provisão. Mas Ziba tomou a iniciativa de ele mesmo levar as provisões para o rei, deixando Mefibosete para trás.

Ao se encontrar com Davi, Ziba aproveitou para acusar falsamente Mefibosete de traição. Ele disse que o filho de Jônatas havia abandonado o rei e apoiado de certa forma a revolta ao trono. Segundo Ziba, o neto de Saul estava esperançoso em poder assumir até mesmo o trono de Israel (2 Samuel 16:3). Davi acreditou nessa história contada por Ziba, e lhe entregou todas as propriedades que pertenciam a Mefibosete (2 Samuel 16:1-4).

Receber Estudos da Bíblia

Ziba é desmascarado

Depois da morte de Absalão, Davi voltou para Jerusalém. Por ocasião da volta do rei, Ziba mais uma vez se apressou em sair ao seu encontro (2 Samuel 19:17). Porém Mefibosete também foi ter com Davi. Nessa ocasião ele explicou tudo o que havia acontecido, desmascarando Ziba e revelando seu plano traiçoeiro, e reafirmando sua lealdade ao legítimo rei de Israel.

Após ouvir a versão dos fatos pelo filho Jônatas, Davi parece ter ficado numa posição difícil. Então ele simplesmente propôs a divisão das propriedades entre Mefibosete e Ziba. A Bíblia não fornece maiores informações sobre o porquê de Davi ter tomado essa decisão.

Alguns estudiosos sugerem que talvez o rei não estivesse disposto a convocar Ziba a prestar contas de sua traição. O motivo para isto pode ter sido o estado emocional fragilizado em que Davi se encontrava naquele momento. Outros intérpretes acreditam Davi possa ter ficado inseguro quanto à veracidade da explicação contada pelo neto do rei Saul. Seja como for, o rei resolveu adotar uma posição neutra como resolução daquele conflito.

O filho de Jônatas, no entanto, não questionou a decisão de Davi. Ele até sugeriu que Ziba, seu servo desleal, ficasse com tudo. Na verdade ele se mostrou satisfeito simplesmente com o fato de o rei escolhido por Deus estar novamente em paz em sua casa.

Tag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close