Quem Foi Zorobabel? Qual é a História de Zorobabel na Bíblia?

Zorobabel foi um príncipe de Judá, descendente de Davi. A história de Zorobabel registrada na Bíblia acontece no período em que os judeus retornaram da Babilônia. Não é possível determinar com exatidão o significado do nome Zorobabel.

Zorobabel era filho de Salatiel, e neto de Jeoaquim o rei de Judá que ficou prisioneiro na Babilônia (Esdras 3:2; Ageu 1:1; Mateus 1:12). Mas o texto de 1 Crônicas 3:19 diz que ele era filho de Pedaias, irmão de Salatiel. Na tentativa de explicar esta diferença, alguns estudiosos sugerem que possa ter ocorrido um erro de copista no texto hebraico.

Já outros apontam para um provável casamento levirato na família de Zorobabel. Neste caso, Salatiel teria morrido e seu irmão, Pedaías, teria se casado com a viúva e se tornado pai de Zorobabel. Então de acordo com a lei do levirato, Salatiel é quem deveria ser reconhecido legalmente como o pai do menino. Há ainda aqueles que acreditam que Pedaías deve ter se tornado simplesmente o chefe da família após a morte de Salatiel e adotado seu filho, sem que necessariamente tenha ocorrido um casamento levirato.

Alguns estudiosos identificam Zorobabel com o Sesbazar citado em Esdras 1:8. Nesse caso Sesbazar seria a versão persa de seu nome. Outros sugerem que Sesbazar talvez tenha sido o líder persa designado por Ciro, enquanto Zorobabel era o líder popular por parte dos judeus. Há ainda aqueles que simplesmente pensam que Sesbazar era o tio de Zorobabel que em 1 Crônicas 3:18 é chamado de Senazar.

A história de Zorobabel

Zorobabel desempenhou um papel muito importante durante o tempo de retorno dos judeus do exílio. Quando retornou com o grupo principal dos exilados em 537 a.C., Zorobabel foi o líder responsável pela edificação dos alicerces do Templo (Esdras 3:8-10).

Os judeus retornaram a Jerusalém muito esperançosos acerca da reconstrução do Templo. Essa reconstrução foi iniciada em vários estágios. Eles começaram restaurando o altar do holocausto, a fim de que pudessem oferecer sacrifícios a Deus. Voltar a observar os sacrifícios regulares em Jerusalém era algo realmente significativo, pois isso não acontecia desde que a cidade havia sido destruída.

Mas Esdras informa em seu livro que o trabalho de edificação e restauração sofreu oposição e foi impedido de continuar. O trabalho ficou parado até o ano de 520 a.C., quando foi retomado novamente sob a liderança de Zorobabel e Josué.

Receber Estudos da Bíblia

A importância de Zorobabel

Zorobabel era o responsável pelos assuntos civis da região de Judá sob o governo Persa. Por isso Zorobabel é designado na Bíblia como “governador de Judá” (Ageu 1:1; 2:2). Já Josué era o sumo sacerdote que cuidava dos assuntos religiosos. Josué era filho de Jozadaque e descendente de Zadoque, o sacerdote (cf. 1 Crônicas 6:8,15).

Zorobabel foi contemporâneo dos profetas Ageu e Zacarias. As profecias de Ageu e as visões do profeta Zacarias serviram de grande encorajamento para Zorobabel, indicando que ele completaria sua obra. Esses profetas tiveram participação fundamental na retomada da reconstrução do Templo. Através de seu ministério, Deus falou ao povo e reavivou neles a vontade e dedicação em concluir o trabalho.

Mais uma vez houve oposição, mas a obra de reconstrução não foi frustrada. O rei Dario teve ciência do decreto de Ciro acerca da reconstrução e deu ordens que garantiam ajuda aquela importante obra (Esdras 6:1-12). Então em 516 a.C. a reconstrução do Templo liderada por Zorobabel foi concluída 516 a.C. Zorobabel iniciou e concluiu as obras, apesar de todas as oposições, cumprindo-se a promessa do Senhor (Zacarias 4:9).

Em certo momento o povo chegou a ficar triste pelo fato de que o Templo de Zorobabel era bem menos imponente que o antigo Templo de Salomão. Mas através do profeta Ageu, Deus garantiu que a glória dessa segunda casa seria maior do que a da primeira (Ageu 2:9). Essa é uma promessa que encontrou seu cumprimento final em Cristo.

Zorobabel foi ancestral de Jesus

Depois da festa de dedicação do Templo, nada mais se sabe sobre Zorobabel. Ele citado no Novo Testamento na genealogia de Jesus (Mateus 1:12,13; Lucas 3:27). Como descendente do rei Davi, Zorobabel também pertencia à linhagem do Senhor Jesus.

Nos dias de reconstrução após o exílio, Zorobabel prefigurou o Messias. Ele foi objeto de esperança referente à reconstrução do Templo e a vitória da casa de Davi. Porém, o cumprimento final de tudo o que Zorobabel representou ocorreu somente em Cristo. No Messias se cumpre plenamente as promessas feitas a Zorobabel (cf. Ageu 2:23).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close