Qual o Significado de Raiz de Davi e Raiz de Jessé?

Raiz de Davi é um título atribuído a Jesus Cristo no livro do Apocalipse. Quando a Bíblia diz que Jesus é a Raiz de Davi, isto significa que nele se cumpre verdadeiramente a promessa de governo dos povos feito à casa de Davi. Além disso, a expressão “Raiz de Davi” também aponta para a eternidade do Filho de Deus. Cristo é anterior a Davi, o pai do qual ele descende em sua encarnação.

Nos capítulos 4 e 5 do livro do Apocalipse, João teve a maravilhosa visão do trono de Deus e sua glória, e a exaltação do Cordeiro. Num determinado momento, João contemplou que nas mãos de Deus Pai havia um livro. Este livro estava escrito por dentro e por fora, selado com sete selos.

O livro visto por João era o livro da História, contendo o plano eterno de Deus. Então quando João percebeu que não havia ninguém digno de abrir esse livro, ele ficou muito abalado. Na visão de João, abertura do livro significava exatamente a realização dos propósitos e decretos do Senhor sobre todas as coisas.

Mas então um dos vinte e quatro anciãos vistos por João anunciou que havia alguém capaz de tomar o livro da História em suas mãos. Somente Ele poderia abrir o livro selado e conduzir todas as coisas segundo os propósitos do Pai. O ancião diz que esse alguém é o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos (Apocalipse 5:5).

Receber Estudos da Bíblia

Jesus é a Raiz de Davi

A declaração do ancião no livro do Apocalipse de que Jesus é a Raiz de Davi, está fundamentada nas profecias dos profetas do Antigo Testamento acerca do ministério do Messias. O profeta Isaías profetizou que um rebento brotaria da raiz de Jessé, e de suas raízes um renovo frutificaria (Isaías 11:1).

A mesma profecia ainda fornece mais detalhes sobre o ministério do Messias. Por isto lemos: “Naquele dia as nações buscarão a Raiz de Jessé, que será como um estandarte para os povos, e o seu lugar de descanso será glorioso” (Isaías 11:10). Quando o profeta diz “raiz ou tronco de Jessé”, ele está se referindo a casa de Davi. Jessé era o nome do pai do rei Davi. Mais tarde, o apóstolo Paulo interpretou essa mesma profecia ao falar da obra de Cristo (Romanos 15:12).

O profeta Jeremias também profetizou dessa mesma forma. Através do profeta, o Senhor declarou: “Dias virão em que levantarei a Davi um Renovo justo, um rei que reinará com sabedoria e fará o que é justo e correto na terra” (Jeremias 23:5; cf. 33:15). Através do ministério do profeta Zacarias, a mesma promessa foi renovada (Zacarias 3:8).

Portanto, o texto do livro do Apocalipse interpreta as declarações dos profetas veterotestamentários e as aplica a Cristo. Jesus, o Filho de Deus, o Cordeiro que foi morto, o Leão da tribo de Judá que venceu, é também a Raiz de Davi anunciada nas Escrituras.

Raiz e Senhor de Davi

Jesus nasceu da descendência de Davi, da tribo de Judá, segundo a carne (Mateus 1; Atos 2:3; Romanos 1:3; Hebreus 7:14). Por isso Ele é chamado de Filho de Davi no Novo Testamento (Lucas 18:38). Mas não apenas isto, Ele é também a Raiz de Davi. Isso significa que Ele é o Senhor de Davi, a Raiz que antecede o próprio Davi (cf. Mateus 22:41-45).

Portanto, o título “Raiz de Davi” também se refere a sua divindade. Conforme W. W. Wiersbe escreve, Jesus é a Raiz de Davi porque Ele mesmo é Aquele por meio de quem Davi veio. O próprio Jesus deixa este significado claro nas palavras finais do Apocalipse. Ele diz: “Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã” (Apocalipse 22:16).

Tag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close