Cristo é a Nossa Reconciliação com Deus

Cristo é a nossa reconciliação com Deus. Isso significa que a única forma de o homem se reconciliar com Deus é através dos méritos do Senhor Jesus Cristo que através de sua obra redentora satisfez as exigências da justiça de Deus e trouxe paz aos redimidos.

A Bíblia diz de uma forma muito clara que Jesus Cristo é único mediador entre Deus e o homem (1 Timóteo 2:15). Cristo nos deu acesso ao Santuário Celestial; por causa de sua justiça hoje podemos nos achegar com confiança com trono da graça de Deus (Hebreus 4:16). Então Cristo é a nossa reconciliação com Deus; à parte d’Ele não há outra forma de nos aproximarmos de Deus.

Além disso, a Bíblia deixa claro que todos os homens, independentemente de sua raça, língua, nacionalidade ou qualquer característica – absolutamente todos – necessitam ser reconciliados com Deus. Por isso que na Carta aos Efésios o apóstolo Paulo explica que tanto os judeus quanto os gentios são reconciliados com Deus por meio de Cristo (Efésios 2:16).

O pecado nos separou de Deus

O pecado trouxe sérias consequências para a humanidade. A mais grave delas – e de onde todas as outras consequências resultam – foi a separação entre o homem e Deus. Isso significa que por causa do pecado o relacionamento entre Deus e o homem foi destruído. É fácil entendermos isso quando sabemos que basicamente o pecado é a transgressão da Lei de Deus.

Deus é totalmente santo e justo e não pode tolerar o pecado. Então isso quer dizer que a culpa pelo relacionamento ter sido quebrado é inteiramente do homem. Foi o homem quem se tornou desobediente e preferiu ser inimigo de Deus ao ter prazer em transgredir sua Lei.

Portanto, depois de ter sido corrompido pelo pecado, o homem se tornou incapaz de, por sua própria vontade, fazer qualquer bem espiritual em relação a Deus. O que realmente dá prazer ao homem morto em suas ofensas e pecados não é fazer a vontade de Deus e andar em seus caminhos, mas é fazer a vontade de sua própria carne e andar segundo o curso deste mundo. Logo, a paz foi perdida e o homem desobediente passou a ser merecedor da justa ira de Deus (Efésios 2:1-3).

Pela cruz de Cristo houve reconciliação com Deus

Reconciliar significa “fazer as pazes”, ou seja, “restabelecer a paz”. Na Bíblia o verbo “reconciliar” e seus cognatos traduz um termo grego que era empregado inclusive para se referir a um ajuste de valor numa transação comercial, ou para falar da troca de moedas de valor equivalentes. Passando ao contexto de relacionamento, esse termo traz o sentido de “voltar a ter o favor de alguém” ou “restabelecer um estado de harmonia anterior” no sentido de restaurar uma condição favorável que foi perdida.

Então fica claro que o homem precisava de reconciliação com Deus. Por causa do pecado ele havia perdido o favor divino e passou a estar debaixo da Sua ira. Mas ainda havia um grande problema: a situação do homem era tão terrível que não havia nada que ele pudesse fazer para restaurar novamente o seu relacionamento com Deus. Havia um valor a ser ajustado que o homem jamais poderia pagar. Então a única forma para que houvesse reconciliação com Deus novamente, era se o próprio Deus providenciasse esse pagamento.

É nesse ponto que entra o sacrifício expiatório de Cristo. Jesus Cristo assumiu o lugar dos pecadores diante do juízo de Deus pagando a dívida que lhes era devida. Ele se fez “pecado por nós” e assumiu a punição que cabia ao homem por ter transgredido a Lei de Deus (2 Coríntios 5:21; Gálatas 3:13). Então Ele cancelou “o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-na cruz” (2 Coríntios 2:14).

Por isso que o apóstolo Paulo escreve que a história da redenção provém de Deus, “que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação” (2 Coríntios 5:18,19).

Cristo é a nossa reconciliação com Deus e por isso temos paz

Quando falamos que Cristo é a nossa reconciliação com Deus, estamos afirmando que em Cristo a graça de Deus é restaurada aos pecadores que se arrependem e colocam sua confiança n’Ele ao compreender sua morte expiatória.

O Filho de Deus morreu por nós quando ainda éramos pecadores (Romanos 5:8). Então uma vez tendo sido reconciliados, os redimidos agora têm paz com Deus. É isso que a Bíblia diz: “Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus por nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5:1).

O motivo e a fonte dessa paz é o próprio Cristo. Por isso o apóstolo Paulo escreve: “Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derribando a parede da separação que estava no meio, na sua carne, desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, e, pela cruz, reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades” (Efésios 2:14-16).

Perceba que Paulo não apenas diz que Cristo restabeleceu a paz entre Deus e os homens, mas também uniu em um só corpo dois povos que estavam separados – judeus e gentios. Cristo derrubou a “parede da separação que estava no meio” desses dois povos. Agora pelo Evangelho de Cristo, o Espírito Santo reúne, na presença do Pai tanto judeus quanto gentios. A reconciliação com Deus pela obra de Cristo foi completa. Definitivamente nenhum povo foi excluído.

Assim, todos aqueles que recebem a Cristo como seu redentor mediante a fé, fazem parte de um novo templo espiritual edificado para a habitação de Deus no Espírito (Efésios 2:20-22). Reconciliados com Deus por sua união com Cristo, aqueles que eram inimigos de Deus agora são chamados “amigos” (cf. João 15:15); aqueles que eram filhos da desobediência agora são chamados “filhos de Deus” (cf. 1 João 3:1). Essa reconciliação é tão perfeita que em Cristo, pelo Espírito, o próprio Deus habita naqueles que foram reconciliados (1 Coríntios 3:16).

Que tal fazer Bacharel em Teologia sem mensalidades? Clique aqui! Pergunta Estudo Bíblico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar