O Que Era o Reino Dividido em Reino do Norte e Reino do Sul?

O reino dividido na Bíblia refere-se ao período em que a nação israelita foi dividida em dois reinos: o Reino do Norte e o Reino do Sul. A partir dessa divisão, o Reino do Norte é referido na Bíblia como Israel, enquanto o Reino do Sul, como Judá.

A história do reino dividido dos israelitas está registrada principalmente em 1 Reis e 2 Reis (1 Reis 12:1 – 2 Reis 17:41). Mas há também os textos paralelos nos livros de Crônicas; além dos relatos presentes na literatura profética.

Como o surgiu o reino dividido de Israel?

O reino dividido surgiu após a morte do rei Salomão. Em 930 a.C., Roboão, filho de Salomão, ascendeu ao trono de Israel. A nação de Israel unificada era formada por doze tribos.

Mas naquele tempo havia um descontentamento muito grande entre os israelitas, especialmente daqueles que pertenciam às tribos do norte. Salomão havia sobrecarregado o povo com excessivas cargas de impostos.

Porém, quando Roboão assumiu o trono, ele se recusou a atender as reclamações dos cidadãos que eram totalmente justificáveis naquele contexto. Ao invés de ouvir a reivindicação do povo, o rei Roboão preferiu dar ouvidos aos seus jovens conselheiros.

Então com o desprezo da corte como pano de fundo, as tribos do norte se levantaram em rebelião lideradas por Jeroboão. A revolta rachou a nação de Israel em duas partes, dividindo as tribos do norte e as tribos do sul.

Inicialmente Roboão até uniu um exército para tomar o controle do até então recém formado Reino do Norte. Mas Deus proibiu a ação militar das tribos do sul dizendo que eles não podiam lutar contra seus próprios irmãos. Além disso, o Senhor ainda avisou que aquela divisão estava sob o Seu total controle e tudo estava acontecendo conforme a Sua soberana vontade (1 Reis 12:24).

O Reino do Norte

As dez tribos do norte se unirão a Jeroboão e fizeram dele seu rei, dando início ao Reino do Norte que frequentemente é chamado de Reino de Israel. Durante o reino dividido a capital do Reino do Norte passou a ser Samaria. Foi justamente nesse período que tiveram início a tensão que com o tempo se tornou numa grande rivalidade entre judeus e samaritanos.

Ao longo de sua breve história, o Reino do Norte teve nove dinastias, totalizando dezenove reis. No geral os reis do Reino do Norte fizeram muitas coisas que desagradaram ao Senhor. Inclusive, muitos desses reis chegaram ao trono por meios violentos e perversos.

Politicamente o Reino do Norte foi marcado por muita conspiração, e religiosamente foi marcado por muita idolatria. O próprio Jeroboão, o primeiro rei do Reino do Norte, tão logo já esteve envolvido em idolatria e chegou a criar centros de adoração ilícitos em seu território. Apesar de a divisão política ter sido legítima, a divisão religiosa era errada. Os israelitas deveriam ter continuado adorando no Templo em Jerusalém.

Talvez o auge da idolatria no Reino do Norte aconteceu durante o reinado do rei Acabe que foi profundamente influenciado por Jezabel. Nesse período Deus levantou o profeta Elias e o profeta Eliseu para denunciar a idolatria em Israel.

A corrupção política, social e religiosa do Reino do Norte também são claramente percebidas na profecia do profeta Amós. Outro profeta levantado por Deus para profetizar ao Reino do Norte foi Oseias. Inclusive, através das próprias experiências pessoais do profeta Oseias com sua esposa adúltera, Deus exemplificou o adultério religioso do Reino do Norte.

O Reino do Sul

A capital do Reino do Sul continuou sendo Jerusalém. Diferentemente dos reis do reino de Israel que vinham de diferentes dinastias, os reis do reino de Judá eram todos descendentes da casa de Davi. A única exceção foi o período de pouco mais de seis anos em que Atalia usurpou o trono de Judá após Acazias, seu filho, ter sido assassinado.

De modo geral o Reino do Sul teve reis que foram mais comprometidos com a vontade do Senhor. A adoração continuou centralizada no Templo em Jerusalém, conforme havia sido nos dias de Davi e Salomão. Mas ainda assim o reino de Judá também teve problemas com a idolatria. Então por várias vezes o impenitente Reino do Sul foi avisado pelo Senhor através dos profetas acerca do juízo iminente que seria derramado por causa do pecado.

Joel, Isaías, Miqueias, Sofonias, Jeremias e Habacuque foram os profetas do Reino do Sul antes de sua queda. Durante o tempo do exílio, Deus também levantou os profetas Daniel e Ezequiel, e após o exílio, Ageu, Zacarias e Malaquias.

Receber Estudos da Bíblia

O fim do Reino do Norte e do Reino do Sul

O reino dividido em dois estados independentes durou por pouco tempo. O Reino do Norte durou apenas dois séculos e acabou caindo sob o domínio assírio. Em 721 a.C. Samaria foi invadida pelo exército assírio e a população israelita foi exilada.

Já a autonomia do Reino do Sul também não durou muito mais do que isso. Cerca de um século e meio depois da queda do Reino do Norte, o Reino do Sul caiu diante do Império Babilônico. Em 586 a.C. o rei Nabucodonosor invadiu Jerusalém e levou sua população ao exílio. Mas conforme as promessas do Senhor, um remanescente fiel foi restaurado após o cativeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close